26/08/2014 07h00 - Atualizado em 26/08/2014 07h00

Projeto Robo Brain é como busca do Google para robôs entenderem humanos

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

Robo Brain é um projeto para desenvolver uma espécie de grande "cérebro" online para robôs. Pode ser comparado ao sistema de busca Google. O objetivo da iniciativa é permitir uma comunicação mais fluida e intuitiva entre homens e robôs. Dessa forma, as máquinas inteligentes poderiam procurar compreender melhor os hábitos humanos. O modelo recebe financiamento de empresas como Microsoft, Qualcomm e o próprio Google.

Mordomo robô será implementado em hotel americano para atender clientes

Site do Robo Brain já está no ar (Foto: Reprodução)Site do Robo Brain já está no ar (Foto: Reprodução)

O projeto se trata de um sistema computacional em grande escala que, a partir do conteúdo disponibilizado pela Internet, ensina aos robôs como eles devem pensar. Atualmente, o Robo Brain está processando um bilhão de imagens, 120 mil vídeos do YouTube e 100 milhões de tutoriais e manuais de informações. O teor será “traduzido” e salvo em formatos “amigáveis” para os robôs. Assim, eles podem fazer “buscas” e “ler” quando necessitarem.

Ashutosh Saxena, especialista em robótica e pesquisadores das universidades americanas Cornell, Stanford, Brown e UC Berkeley foram os responsáveis pela criação do projeto. O site do Robo Brain já está no ar, e qualquer pesquisador, de qualquer lugar do mundo, poderá acessá-lo para transferir o conteúdo publicado a seus robôs.

Hoje, se um desenvolvedor quiser que seu robô sirva café, por exemplo, o programador tem que criar um novo software. O esquema funciona como um modo de armazenamento em nuvem, que permite que os conhecimentos de cada robô sejam compartilhados com todos.

Sistema de entrega com drones pode dar certo? Comente no Fórum do TechTudo.

Obviamente, o projeto não é nada fácil e ainda está em andamento. Uma das dificuldades é justamente desenvolver um serviço de armazenamento que não só faça o papel de guardar os arquivos como também de unificar todos os formatos utilizados na criação de programas que configurem tarefas para os robôs.

Percepção, planejamento e linguagem

O Robo Brain apresenta, por enquanto, dois softwares básicos para percepção, planejamento e linguagem, que são os pilares do seu funcionamento. Um deles é o PlanIt, um simulador para ensinar ações e movimentos aos robôs. O outro é o Tell Me Dave, para que os robôs entendem programações feitas pelos pesquisadores.

Gráfico mostra como funciona o sistema (Foto: Reprodução)Gráfico mostra como funciona o sistema (Foto: Reprodução)

A ideia, aliás, não é somente adicionar possibilidades do que os robôs podem fazer. Outra preocupação dos desenvolvedores é de garantir que eles também tenham os sensores mais apurados quanto ao comportamento humano.

Via Gizmodo, WiredTech Crunch e Phys

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares