04/09/2014 10h11 - Atualizado em 04/09/2014 17h08

Baidu mostra ‘pauzinhos’ inteligentes que dizem se a comida está estragada

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O Baidu resolveu inovar e criou um hashi inteligente. A empresa, considerada o "Google chinês", apresentou seus "smart chopsticks", chamados de Baidu Kuaisou, que são capazes de identificar se o alimento que os usuários irão pegar com eles é de boa qualidade. Hashi é como são chamados os "pauzinhos" usados por muitas culturas orientais para comer.

Baidu: jovem brasileiro de 18 anos vai passar 7 dias no 'Google chinês'

Hashis inteligentes verificam a condição do óleo e da água nos alimentos (Foto: Orin Zebest/Creative Commons)Hashis inteligentes verificam a condição do óleo e da água nos alimentos (Foto: Orin Zebest/Creative Commons)


A invenção tem este nome porque “Kuaisou” é o termo usado para se referir aos “pauzinhos” na China. De acordo com Robin Li, CEO do Baidu, a ideia é fazer com que os consumidores chineses possam identificar a origem do óleo e da água usados na produção dos alimentos, além de saber quais são os tipos de nutrientes que elas contêm.

Em um vídeo promocional, a empresa mostrou como o acessório funciona com um app próprio para smartphone. Em um dos testes, os “Kuaisou” foram submergidos em óleo e mostraram como o alerta poderia ser positivo ou negativo, baseando-se em informações como quão fresco está o óleo, seu nível de pH, temperatura e calorias.

Nos últimos anos, a China teve polêmicas envolvendo casos de comida estragada, como leites com conteúdo tóxico e carne de porco que brilhava no escuro, por exemplo. Neste mês, por exemplo, um chef de um hotel em Hangzhou foi identificado colocando tinta em alimentos para deixá-los mais atrativos para os turistas, segundo o WSJ.

Baidu apresentou novo produto inteligente (Foto: Reprodução/Pocket Lint) (Foto: Baidu apresentou novo produto inteligente (Foto: Reprodução/Pocket Lint))Baidu apresentou novo produto inteligente (Foto: Reprodução/Baidu)

De acordo com o Baidu, essa é uma ferramenta que poderá evitar esse tipo de situação, que é bem comum no país. Apesar de inovador, o projeto lembra um pouco a iniciativa da LG de criar um scanner de alimentos, utilizando um microondas para identificar os dados de comidas que forem aquecidas nele.

Baidu Pc Faster é seguro? Veja no Fórum do TechTudo.

Até o momento, ainda não há qualquer previsão de lançamento, ou preço dos “pauzinhos” inteligentes do Baidu. A própria empresa confirmou que ele ainda não está disponível para produção em massa por enquanto.

O Baidu Kuaisou não é a única novidade apresentada pelo "Google chinês" nesta semana. Na última quarta-feira (3), a companhia exibiu sua versão do Google Glass, o chamado Baidu Eye. O aparelho, diferente da versão norte-americana, não tem tela, permitindo acoplar um smartphone ou tablet para cumprir a função de display. O óculos, assim como os "pauzinhos" ainda são um protótipo, sem previsão de lançamento.

Via Pocket Lint e WSJ

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares