22/09/2014 00h01 - Atualizado em 22/09/2014 11h00

Google Play Music chega ao Brasil apenas para usuários Samsung

Tassia Moretz
por
Para o TechTudo

Google e Samsung anunciaram a parceria de lançamento do Google Play Music no Brasil, serviço de streaming disponível em primeira mão, a partir desta segunda-feira (22), para quem comprar os aparelhos Galaxy S4, família Galaxy S5 e Galaxy Tab S da marca. Essa compra garante seis meses de assinatura gratuita do aplicativo. A partir do dia 1º de novembro, uma experiência de três meses grátis também será estendida para a linha Level da marca.

Vale a pena migrar do Android para o Windows Phone? Opine no Fórum do TechTudo

Interface do Google Play Music no Galaxy S5  (Foto: Reprodução)Interface do Google Play Music no Galaxy S5 (Foto: Reprodução)

O valor a ser cobrado pelo serviço não foi divulgado, mas de acordo o diretor de parcerias musicais para a América Latina do Google, Ady Harley, o preço não deve fugir da média de mercado. Lembrando que os serviços de streaming oferecidos por Rdio, Spotify e Deezer, por exemplo, cobram R$ 14,90 mensais pela assinatura.

“Se você pensar em outros serviços de assinatura, eles não têm loja à la carte própria e nem serviço de armazenamento de coleções de músicas da nuvem, sem custo. As outras lojas à la carte, de outros serviços, não têm assinatura nem armazenamento na nuvem. Nosso outro grande diferencial são os algoritmos da Google que garantem uma experiência muito personalizada e prazerosa”, disse Harley ao comparar o serviço do Google Play Music com a concorrência

Ady Harley, do Google (Foto: Tassia Moretz/TechTudo)Ady Harley, do Google apresenta o serviço de streaming na sede da Samsung. Ao lado dele estão o vice-presidente da área de dispositivos móveis da marca sul-coreana, João Pedro Flecha de Lima (no meio), e o assessor de imprensa do Google, Fabio Croitor (Foto: Tassia Moretz/TechTudo)


A versão brasileira do Google Play Music conta com 25 milhões de músicas, com selo de gravadoras internacionais, nacionais e independentes, como Sony Music, Universal Music, Warner, Som Livre, Coqueiro Verde e Tratore, por exemplo. É possível armazenar 20 mil músicas desse repertório em cache para ouvir offline. Também dá para ouvir músicas na versão web do aplicativo. Músicas e álbuns estarão à venda e custarão R$ 2 e R$ 20, em média, respectivamente.

A novidade surge após dois anos de estudos e a conclusão de que 96% das pessoas que usam aplicativos em smartphones fazem isso com a finalidade de escutar músicas – superando livros, filmes e games, entre outras finalidades. Com a chegada do Google Play Music no Brasil, esse serviço fica presente em 45 países.

Ady explica que, no Brasil, a escolha pela Samsung está ligada à parceria duradoura entre as empresas e à força que a sul-coreana tem no mercado nacional. “Não há parceria melhor do que com a Samsung, que tem o melhor do hardware e serviços de entretenimento alinhados com o Google”, disse.

Como funciona

É preciso baixar o aplicativo na Play Store do Google. O serviço é linkado à conta Google, por isso o Play Music tem acesso a informações do usuário que dão pistas dos possíveis gostos musicais de quem tem a conta. Com base nessas informações, provenientes do YouTube, por exemplo, o Play Music oferece recomendações. Há também os destaques – com músicas, álbuns e playlists escolhidos pela equipe de curadoria de música do aplicativo, e lançamentos.

Captura de telaGoogle Play Music para web (Foto: Captura de telaGoogle Play Music para web)Interface do Google Play Music para web (Foto: Reprodução)


Na página principal do aplicativo há um menu com cinco opções: “ouça agora”, “minha biblioteca”, “listas de reprodução”, “rádio” e “explorar” (mais sobre elas estão na lista abaixo). Basicamente, dá para buscar músicas, álbuns e artistas, de diversos gêneros, ouvir essas músicas localizadas em streaming e organizá-las em pastas em bibliotecas e listas de reprodução que facilitam o acesso para ouvir novamente depois, inclusive offline, depois de salvar em cache. Músicas em execução podem ser sinalizadas com os botões “curtir” e “não curtir”. As curtidas vão para a playlist. As não curtidas são removidas.

Essas listas podem ser compartilhadas no Google Play Music  para outras pessoas. Também há programa de rádio – com a playlist do próprio Google Play Music, oferecidas com base no gosto musical do próprio usuário, e com estações de artistas em específico.

Também dá para fazer o upload de faixas de dispositivos para o aplicativo. Inclusive do iTunes. Músicos independentes podem colocar músicas à venda, acessando este link.

Conheça as seções do Google Play Music

“Ouça agora” – nessa seção está a opção de rádio, que pode, entre outras coisas, reproduz as músicas com base no gosto musical do usuário. Dá para pular faixas, voltar para a faixa anterior, e ter acesso a playlist da rádio que está em execução, para ver o que vem a seguir e editar – mudando a ordem das músicas e removendo as que não interessam. Também nessa seção estão os álbuns, ou as faixas de álbuns, ouvidas recentemente pelo usuário, com ícones das capas desses álbuns. As músicas que o usuário subir para a nuvem estarão nessa seção.

Seção “ouça agora” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)Seção “ouça agora” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)


“Minha biblioteca” – nessa seção o usuário compila as músicas que quer encontrar de modo rápido e fácil, mais tarde, do serviço streaming. Também ficam na biblioteca as músicas trazidas por upload. Há quatro configurações que organizam o material por gênero, por artistas, por álbum e por faixas.

Seção “minha biblioteca” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)Seção “minha biblioteca” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)


“Listas de reprodução” – nessa opção do menu estão as músicas escolhidas pelo usuário para montar listas de reprodução. Dá para criar pastas e nomeá-las conforme for conveniente. Por exemplo, criar uma pasta “festa” e adicionar álbuns e faixas dentro dela, de artistas variados. Aqui também aparecem músicas em reprodução que o usuário sinalizou como “curtida” e também aquelas recentemente adicionadas na biblioteca. Além das listas salvas para ouvir em streaming, as músicas baixadas da nuvem para ouvir offline caem nessa seção.

Seção “listas de reprodução” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)Seção “listas de reprodução” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)



“Rádio” – É possível criar estações ilimitadas de rádio partir de músicas e artistas favoritos, e também ouvir estações de artistas. É possível ver acesso a playlist da rádio em execução e editá-la – mudando a ordem das músicas e removendo as que não interessam. As estações podem ser encontradas por gênero, por artista e pelas recomendações do aplicativo.

Seção “rádio” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)Seção “rádio” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)



“Explorar” – Seção do serviço que ajuda o usuário explorar o conteúdo do Play Music de modo organizado por gênero, por destaques, por recomendações e por lançamentos. Há 27 gêneros disponíveis, entre eles Rock, Reggae, Samba e Sertanejo. Os destaques mostram listas de reprodução populares, melhores álbuns e melhores músicas (a critério do Google). Dá para explorar as recomendações do Google, que mostra músicas de acordo com o gosto do usuário da conta Google. Os lançamentos apresentam as novidades musicais. 

Seção “explorar” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)Seção “explorar” do aplicativo Google Play Music para Android (Foto: Divulgação)
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Geraldo Neto
    2014-09-24T22:16:51  

    Olá TASSIA MORETZ, desculpe a pergunta, mas você adquiriu o telefone, que mostra a tela na primeira foto, recentemente (depois de 22/09)? A minha dúvida é a mesma do colega abaixo. Possuo dois dos aparelhos eleitos para esta promoção, uma S5 DUOS e um TAB S, mas nenhum dos dois me mostra as opções: RADIO e EXPLORAR. Nos meus, no lugar destas duas aparece COMPRAR. Saberia me ajudar???

    recentes

    populares

    • Geraldo Neto
      2014-09-24T22:16:51  

      Estou com o mesmo problema!!!!

    recentes

    populares

    • Geraldo Neto
      2014-09-24T22:16:51  

      Tassia Fernandes olha o que a Samsumg me respondeu: Olá, Evandro, Obrigada por acessar o site Samsung, é uma enorme satisfação tê-lo como cliente. Segue o protocolo do atendimento 2130215645, orientamos que utilize sempre que entrar em contato conosco. Em atenção ao seu e-mail, informamos que não prestamos suporte para aplicativos de terceiros, devido o mesmo não ser desenvolvido pela Samsung, nesse caso é necessário que entre em contato com o desenvolvedor do mesmo (através da Play Store) para maiores esclarecimentos. Sempre que precisar, estamos prontos para auxiliar!

  • Thiago Fernandes
    2014-09-22T12:21:13  

    Estou com uma duvida. E quem já tem um dos aparelhos citas na matéria, como faz para obter o aplicativo completo. Porque tentei baixar na loja do Google e a opção que tem la, e a mesma de sempre. Nao da nem uma alternativa para fazer download de musicas.

    recentes

    populares

    • Thiago Fernandes
      2014-09-22T12:21:13  

      Oi Thiago, estou apurando o que aconteceu. Em breve mando notícias! Obrigada!

    recentes

    populares

    • Thiago Fernandes
      2014-09-22T12:21:13  

      Tassia Fernandes , mesmo problema dos colegas

  • Raphael Pior
    2014-09-22T07:44:43

    Mas que sacanagem é essa, dona Gugou?