15/09/2014 06h45 - Atualizado em 15/09/2014 06h45

OS X Yosemite: como usar a nova e mais poderosa busca do Spotlight

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

Agora que a Apple liberou o beta do OS X Yosemite para o público, já é possível usufruir das novidades dele. Uma das mais importantes atualizações é novo reformulado Spotlight. O recurso mudou bastante e está bem mais completo. Conheça as novidades e saiba como elas mudaram a maneira de usar o OS.

Como personalizar a central de notificações do OS X Yosemite

Spotlight mudou: ficou mais simples e ao mesmo tempo completo (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Spotlight mudou: ficou mais simples e ao mesmo tempo completo no centro da tela (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

A boa notícia é que o Spotlight será o centro das atenções no OS X Yosemite, a próxima versão do sistema operacional da Apple para desktop. Embora ele tenha ficado como uma ferramenta secundária em versões anteriores dos OS X, nessa nova versão ele se tornará um recurso chave do sistema e central. Veja o que mudou e os motivos que tornaram essa ferramenta tão importante para os Macs.

Antes disso, já baixou o OS X Yosemite? Saiba como atualizar

Visualizando arquivos diretamente no resultado da busca

Além de repaginar a interface de busca com uma sobreposição translúcida no meio da tela, a mudança mais notável no Spotlight é a adição de um painel QuickLook ao lado dos resultados de busca. Clique em um arquivo do lado esquerdo da tela e, no lado direito, será exibida uma prévia dele.

Na prática, qualquer arquivo que puder ser visualizado usando o QuickLook poderá ser visualizado no Spotlight. Isso que  torna muito fácil e rápido encontrar o arquivo correto, já que evita o trabalho de ter que abrir o mesmo para conferir seu conteúdo.

Visualizando o conteúdo de arquivos na busca do Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Visualizando o conteúdo de arquivos na busca do Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Visualizando informações organizadas

Alguns resultados, como os da App Store ou Wikipedia, aparecem no painel de uma forma mais estruturada, com isso, em alguns casos nem é preciso abri o Safari para ver todo o conteúdo.

Por que o novo Mac OS X se chama Yosemite? Veja no Fórum do TechTudo.

Por exemplo, resultados da Wikipédia trazem o primeiro parágrafo do artigo, enquanto os resultados da App Store exibem dados como classificações do aplicativo e seu ícone.

Fazendo conversões diretamente no Spotlight

As funções de cálculo do Spotlight também foram melhoradas, adicionando uma série de novas conversões de unidades, tais como distância, temperatura e moeda. Todos os cálculos usam o painel de QuickLook para exibir os resultados, embora as conversões com mais de uma resposta possam usar um espaço extra.

Comparando medidas de temperaturas com o Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Comparando medidas de temperaturas com o Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

O suporte a conversão de moedas parece limitado, no entanto, nos testes ele converteu facilmente dólares, euros e ienes japoneses, mas não conseguiu reconhecer algumas moedas menos populares.

Comparando moedas com o Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Comparando moedas com o Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Mapas da Apple no Spotlight

Além das prévias de arquivos, de conteúdo web vindo da Wikipédia, AppStore e outras fontes, ao clicar em um resultado de Mapas será exibido um mapa. Por exemplo, se você buscou algo sobre uma comida, aparecerá um mapa com críticas Yelp para o restaurante na sua área que tenha relação com o termo. Juntamente com as criticas, você verá o site do restaurante, endereço e número de telefone.

Já na parte inferior, você encontrará botões que permitirão obter as direções. Na versão final, ao clicar sobre o número de um telefone, será possível efetuar uma chamada a partir do Mac, através de seu iPhone, se este estiver na mesma rede Wi-Fi.

Escolhendo o que ver

Como nas edições anteriores, os usuários podem escolher quais fontes desejam incluir em buscas do Spotlight e pastas específicas ainda podem ser excluídas.

A ordem de resultado padrão também pode ser alterada arrastando cada categoria para cima ou para baixo.

Escolhendo o que poderá ser exibido no Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Escolhendo o que poderá ser exibido no Spotlight (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

A nova versão do Spotlight funciona muito bem, mesmo na versão beta do OS X Yosemite. Os arquivos são indexados de forma extremamente rápida, os resultados aparecem em poucos segundos, e exibe uma ampla variedade de dados disponíveis, independentemente do que você digita. Além disso, ele ainda ocupa apenas uma pequena parte de seu desktop. Junte tudo isso, com os recursos citados anteriormente, e você terá em mãos uma ferramenta difícil de ficar sem.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares