Internet

24/10/2014 15h32 - Atualizado em 24/10/2014 15h32

Após investimento, Ello nega quebra de promessa aos usuários em carta

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O Ello, nova rede social "concorrente do Facebook", seguirá sem anúncios. Quem garante são os próprios fundadores do site que se popularizou justamente “por não fazer do usuário um produto”. Entretanto, após receber uma doação de mais de US$ 5 milhões (R$ 12,5 milhões) de outras empresas, a preocupação dos internautas sobre a rede social estar se rendendo à publicidade cresceu.

Testamos o Ello! Saiba como é a rede social sem anúncios rival do Facebook

"Há alguma especulação desde o lançamento há 11 semanas de que a Ello, um dia, será forçada a permitir anúncios em nossa rede social ...", inicia o comunicado. "A Ello existe para seu bem, e nunca irá mostrar anúncios ou vender os dados do usuários", completam. Ainda de acordo com a rede social, "mesmo no caso de a Ello ser vendida, os novos proprietários terão de cumprir com esses termos".

Foto dos desenvolvedores do Ello com logo da rede social (Foto: Divulgação) (Foto: Foto dos desenvolvedores do Ello com logo da rede social (Foto: Divulgação))Foto dos desenvolvedores do Ello com logo da rede social (Foto: Divulgação)

O grupo de 17 criadores do Ello assinou tal comunicado oficial, enviado para a imprensa para esclarecer o caso. Na nota, liderada por Paul Budnitz, o desenvolvedor explica que a rede social foi transformada em PBC (Corporação de Benefício Público) - um novo tipo de companhia nos Estados Unidos que visa o bem público, e não somente fazer dinheiro para dar retorno aos investidores.

De acordo com a Ello, este tipo de financiamento é diferente dos tradicionais, e não exige lucro ou retorno imediato dos valores investidos. Além disso, os termos de uso garantem que a rede social nunca irá ganhar dinheiro com anúncios ou informações de usuários.

O que você acha da rede social Ello? Comente no Fórum do TechTudo.

Fundadores garantem: Ello continuará sem anúncios (Foto: Reprodução)Fundadores da Ello 'assinam embaixo' em comunicado sobre rumores de anúncios (Foto: Reprodução/Ello)

Mesmo que o site seja vendido no futuro, os novos donos terão que se comprometer com a promessa. Por isso, os fundadores garantiram, mais uma vez, que a rede social não irá exibir publicidade e nem comercializará dados dos internautas. O comunicado foi enviado por e-mail a todos os usuários com um carta em PDF que você pode ler na íntegra (ello.co/downloads/ello-pbc.pdf).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares