11/10/2014 05h30 - Atualizado em 11/10/2014 05h30

Cientistas criam prótese de braço controlada por cérebro mais avançada

João Kurtz
por
Para o TechTudo

Cientistas suecos desenvolveram um tipo de prótese de braço que interage diretamente com osso, músculos e nervos. A tecnologia, mais avançada do que outros modelos, está em teste para ser aprimorada e foi implantada em um sueco em janeiro de 2013, mas resultados de estudo só foram revelados recentemente. O homem, que perdeu o braço direito há dez anos, pôde voltar a trabalhar como motorista de caminhão.

Próteses infantis impressas em 3D chegam ao Brasil com baixo custo

Eletrodos introduzidos nos nervos melhoram estabilidade de prótese (foto: Reprodução/CNet)Eletrodos introduzidos nos nervos melhoram estabilidade de prótese (foto: Reprodução/CNet)

A técnica, chamada osseointegração, é capaz de eliminar interferências externas do ambiente e permitir maior controle do membro. “Ela é usada para criar uma fusão de longo prazo entre o homem e máquina, que são integradas em níveis diferentes”, explicou pesquisador da Universidade de Tecnologia deChalmers e autor do estudo, Max Ortiz Catalan.

A prótese é composta por titânio e é implantada diretamente no osso do paciente. Uma série de eletrodos também são conectados aos nervos e músculos para ler os sinais elétricos enviados pelo cérebro, que são traduzidos nos movimentos feitos pelo braço. “O sistema biológico humano também faz parte da interface e do sistema de controle da prótese, o que cria uma união entre o corpo e a máquina, biologia e mecatrônica”, esclareceu Catalan.

A inserção dos eletrodos nos nervos é a grande diferença entre a osseointegração e outras próteses. Ela diminui a interferência causada por sinais elétricos que vêm de outras partes do corpo, como músculos, permitindo maior controle e estabilidade. A prótese também é capaz de fazer movimentos mais complexos e gerar um feedback sensorial maior através de vibrações no osso.

Desde que fez a cirurgia, o paciente, que é motorista de caminhão, conseguiu voltar a fazer atividades rotineiras como operar máquinas e carregar peso. Além disso, ele consegue executar tarefas que requerem mais precisão, como segurar ovos e amarrar cadarços.

Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo.

Segundo os cientistas, o próximo passo é desenvolver a sensação de toque. Por enquanto, todas as informações são enviadas diretamente do cérebro para a prótese, mas os eletrodos também são capazes de enviar informações de volta. “Até agora, nós demonstramos que o paciente tem a habilidade em longo prazo de perceber toques em locais diferentes na mão perdida. Feedback intuitivo e controle são cuciais para interagir com o ambiente e até agora ninguém possui uma prótese capaz de dar estas informações”, explicou. Confira o vídeo que mostra a prótese em ação:


Via CNET e The Telegraph

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Leonardo Costa
    2014-10-12T10:43:44

    Só espero que alguém invista no projeto e que essa prótese possa ser produzida em larga escala, reduzindo assim o custo para o consumidor final, favorecendo assim, muitas pessoas que não tem dinheiro para ter uma prótese moderna como essa.

  • Dimas Amorim
    2014-10-12T00:27:53

    Vai ajudar muita gente!! Muito legal. ...

  • Natasha Dukan
    2014-10-11T21:49:59

    Legal...........

  • Richard Wright
    2014-10-11T18:33:17

    A medicina avança a cada dia, se todos os seres humanos procurassem fazer o que estes médicos e engenheiros estão fazendo, o mundo sem dúvida teria muito menos sofrimento. Parabéns aos idealizadores deste projeto.

  • César Silva
    2014-10-11T17:25:16

    Muito legal!!!!

  • Augusto Souza
    2014-10-11T14:14:40

    ESTÃO DE PARABÉNS TODOS OS IDEALIZADORES DESTA PRÓTESE. SOU FISIOTERAPEUTA E SEI O QUANTO É IMPORTANTE OS RESULTADOS DESTE TRABALHO.

  • Antonio Oliveira
    2014-10-11T13:50:59

    PARABENS PARA MEDICINA E CIENTISTA --MUITO BOM - GENIAL