Internet

15/10/2014 14h58 - Atualizado em 15/10/2014 14h58

ebola.com: domínio é posto à venda por US$ 150 mil; preço ainda pode subir

João Kurtz
por
Para o TechTudo

É comum no ramo farmacêutico o registro de domínios de Internet com nomes de doenças como forma de alcançar um público maior, e a nova epidemia de ebola não é uma exceção. A boa notícia para as empresas farmacêuticas interessadas é que o dono do ebola.com está disposto a vender o domínio por US$ 150 mil (cerca de R$ 365 mil), mas o preço ainda pode subir conforme a epidemia se alastra.

Como registrar um domínio?

Vírus Ebola ganha destaque na Internet: domínio é vendido por US$ 150 mil (Foto: Pond5)Vírus Ebola ganha destaque na Internet: domínio é vendido por US$ 150 mil (Foto: Pond5)


O nome pertence a uma empresa de domínios chamada Blue String Ventures. O presidente, Jon Schultz, conta que recebeu várias consultas nos últimos anos. “Ebola.com é um ótimo domínio para empresas que estejam trabalhando em uma vacina ou cura, que vendam recursos relacionados ou mesmo uma empresa médica que queira dar informações ou anunciar serviços”, explica.

O domínio foi adquirido em 2008 por uma quantia não revelada. A Blue String Ventures também é dona de outros nomes relacionados à doenças, como BirdFlu.com, sobre a gripe aviária. A estratégia da empresa é comprar domínios genéricos "com potencial" e que possam ser revendidos no futuro.

Schultz informa que o preço de US$ 150 mil pode aumentar. “Este valor não é alto por um domínio como este. O fato dele ser relacionado a uma notícia atual, faz com que ele seja valorizado e muitos outros domínios são vendidos por um preço mais caro”, justifica. Ele lembra que URLs Whisky.com e MI.com foram vendidos por mais de US$ 3 milhões (R$ 7,31 milhões) cada.

Lista mostra os 15 nomes de domínios .com mais caros da Internet

Como fazer um e-mail com o domínio próprio? Veja no Fórum do TechTudo. 

A DigitalDNA, que representa o Ebola.com, entrou em contato com companhias do ramo, grandes e pequenas, para sondar o interesse em comprar o domínio. Segundo ela, o mais interessados, entretanto, foram os especuladores. As empresas não estariam interessadas porque têm a preocupação de que, ao comprá-lo, deem a impressão que estão tentando lucrar em cima de uma tragédia.

Outro motivo para o baixo interesse é que comprar o nome na Internet não faz parte de uma estratégia das empresas de gerar receita tratando de doenças em larga escala, aponta o especialista de marketing e marcas Rob Frankel. “Doenças como câncer, diabetes e gripe são medidas por escala e as farmacêuticas não estão se movendo de acordo com a mídia. Elas se mexeriam se fosse algo sustentado por números”, explica. 

No momento, a página ebola.com possui links para o site de doação dos Médicos Sem Fronteiras, além de outros para notícias sobre a epidemia e diversos anúncios.

'Ebola.com for sale', afirma tela incial do site (Foto: Reprodução/Ebola.com)'Ebola.com for sale', afirma tela incial do site (Foto: Reprodução/Ebola.com)


Via CNBC

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rafael Pereira
    2014-10-15T23:09:10

    quantos vão morrer 150 mil affffff