Internet

03/10/2014 09h33 - Atualizado em 03/10/2014 16h44

Facebook muda regras para fazer pesquisas com usuários; entenda

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

O Facebook prometeu endurecer o controle das pesquisas que utilizam dados dos usuários da rede social. Em nota oficial, Mike Schroepfer, diretor executivo de tecnologia da empresa, admitiu na quinta-feira (2) que o site não esperava que houvesse tanta polêmica em seus estudos, mas que entende preocupações sobre privacidade e que, por isso, mudanças estão sendo feitas sobre a coleta de dados.

Facebook estuda mudar política de nomes após apagar perfis de usuários

Pesquisa com usuários está diferente no Facebook (Foto: Reprodução/Pond5)Pesquisa com usuários está diferente no Facebook (Foto: Reprodução/Pond5)

No início do ano, o Facebook divulgou um estudo que falava sobre as emoções dos usuários. Segundo Schroepfer, o estudo foi motivado por um dado de 2011 que mostrava que as pessoas ficavam infelizes com posts positivos de seus contatos na rede social. A empresa quis verificar isso e acabou descobrindo o oposto (posts positivos deixam pessoas mais felizes), e decidiu publicar a pesquisa.

Entretanto, como a análise dos dados foi feita sem autorização dos usuários, e teve manipulação do feed deles, isso gerou uma grande polêmica. O próprio Schroepfer diz que o Facebook “não estava preparado para aquela reação” e que “ficou claro que as coisas deveriam ter sido feitas de outra forma”. À época, houve um esclarecimento, e desde então, a rede social vêm tentando melhorar a questão dos estudos com dados.

Segundo o executivo, agora há regras mais claras e específicas para os pesquisadores, uma equipe para revisar estudos, um programa de treinamento para quem for trabalhar com isso e também um site único para publicação de pesquisas (research.facebook.com). O executivo afirma que a rede social acredita nos métodos de pesquisa para construir um site melhor, mas quer fazer isso com a confiança do usuário.

Qual é a sua rede social favorita? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo. 

Em entrevista ao jornal USA Today, Ryan Calo, professor da Escola de Direito da Universidade de Washington, analisou a nova iniciativa do Facebook e deu os parabéns à companhia pela transparência. Segundo ele, no entanto, o ideal seria que a rede social revelasse quais são estas novas regras para estudos e pesquisas.

Via FB Newsroom e USA Today

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Natanael Fraga
    2014-11-03T11:48:52  

    O Facebook tem decepcionado cada vez mais os usuários, já está na hora de uma nova rede social ganhar espaço. Eu estou apostando na Tsu, pois a ideia de remunerar seus usuários é fantástica. Para quem quiser um convite, basta colar esse link no seu navegador: tsu.co/natanael

    recentes

    populares

    • Natanael Fraga
      2014-11-03T11:48:52  

      Verdade!

    recentes

    populares

    • Natanael Fraga
      2014-11-03T11:48:52  

      Concordo plenamente!