28/10/2014 09h10 - Atualizado em 28/10/2014 14h24

Lords of The Fallen: saiba o que esperar do aguardado game de RPG

Victor Alcaíde Teixeira
por
Para o TechTudo

Lords of the Fallen, um dos RPGs mais aguardados do ano, será lançado esta semana. Desenvolvido pela Deck13 Interactive e CI Games, e publicado pela Bandai Namco, o sanguinário game chega as lojas exclusivamente para os consoles Xbox One e PS4, além do PC. Confira o que esperar dessa nova franquia.

Qualidade digna de nova geração 

Desde os primeiros passos do projeto, Lords of the Fallen sempre foi tratado como um título multiplataforma, ou seja, estava previsto para chegar tanto aos consoles rotulados como “old-gen” como às plataformas da oitava geração, incluindo PC.

No entanto, durante o processo de produção, os desenvolvedores abandonaram as versões de Xbox 360PlayStation 3, justamente para obter um melhor desempenho com os novos hardwares.

Visual do game surpreende pela iluminação (Foto: Divulgação)Visual do game surpreende pela iluminação (Foto: Divulgação)

Por esse motivo, podemos esperar um visual digno de nova geração, com texturas caprichadas e cenários minuciosamente detalhados. Nos vídeos de gameplay que já circulam pela internet, é possível notar uma qualidade de iluminação impressionante.

Punitivo na medida certa 

É inevitável comparar Lords of the Fallen com os recentes sucessos da desenvolvedora japonesa From Software. Sim, estamos falando de Demon’s  Souls e, é claro, de seu sucessor espiritual, Dark Souls.

A CI Games não esconde que é uma grande fã da série Souls e, por isso, declara abertamente ter sido influenciada pelo alto nível de dificuldade e também pela mecânica de combate, cujo objetivo é fazer o jogador estudar a movimentação dos inimigos para finalizá-los.

O reino mundano é habitado por criaturas sanguinárias (Foto: Divulgação)O reino mundano é habitado por criaturas sanguinárias (Foto: Divulgação)

Apesar de beber da mesma fonte dos títulos da From Software, o que temos aqui é um jogo punitivo sem excessos, já que foi concebido para atingir um nicho mais abrangente de jogadores. Portanto, se você gostou de Dark Souls, mas não conseguiu progredir como gostaria, essa será a sua grande oportunidade de finalmente se divertir com uma experiência bem semelhante.

Ao menos você saberá o que fazer 

Diferentemente da série Souls, Lords of the Fallen irá conduzi-lo durante a aventura. Isso significa que você não terá que aprender a controlar o personagem na marra, visto que, logo no início da jogatina, você será devidamente instruído.

Tenha a certeza de que muitas mortes vão fazer parte de sua rotina, mas ao menos você saberá o que fazer e como lidar com determinado desafio. As dicas irão aparecer no canto da tela enquanto o jogador estiver jogando, porém os fãs já familiarizados com o gênero poderão facilmente desativar os tutoriais.

O jogo vai oferecer dicas para que o jogador não sofra demais (Foto: Divulgação)O jogo vai oferecer dicas para que o jogador não sofra demais (Foto: Divulgação)

Chefões colossais e um amplo arsenal de armas para derrotá-los 

Como todo bom RPG, você também vai se deparar com aberrações colossais e demônios poderosos que habitam o reino mundano. No entanto, não se sinta intimidado: haverá um grande arsenal de armas e equipamentos para você personalizar o protagonista de acordo com o seu estilo de combate predileto. Além disso, será possível dominar poderes mágicos proibidos, que certamente serão muito úteis para exterminar os inimigos.

Um toque de classe  

Se muitas pessoas estavam duvidando da qualidade da nova franquia, é bom que pensem duas vezes antes de criticá-la. Afinal, o diretor executivo é ninguém menos que Tomasz Gop, a grande mente por trás de The Witcher 2: Assassins of Kings, considerado por muitos especialistas como um dos melhores RPGs dos últimos tempos. Conhecendo o trabalho do produtor, é quase certo que teremos uma experiência imersiva e gratificante.

Lords of the Fallen tem todos os pré-requisitos para se tornar uma grande franquia (Foto: Divulgação)Lords of the Fallen tem todos os pré-requisitos para se tornar uma grande franquia (Foto: Divulgação)

É você e mais ninguém

De acordo com o produtor executivo, “a pequena equipe de desenvolvedores precisou priorizar a campanha single player”. Com a ausência de um modo multiplayer, a jornada será mais extensa e focada no desenvolvimento do personagem.

Além de tudo, suas escolhas poderão definir o destino da humanidade, o que acrescenta um fator replay bem interessante ao game, uma vez que você será capaz de jogá-lo novamente para seguir por outros caminhos, descobrindo novos segredos.


Qual o melhor game do ano?
 Opine no Fórum do TechTudo!

Via: Polygon, Gamespot 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rafael Naumann
    2014-10-28T09:41:56

    Estou baixando o meu, mas fiz isso depois de ler os reviews do jogo. Está dentro do que eu esperava... em torno de 75. A média no Metacritic até agora é 77. Alguns comentários negativos vêm de quem é fã incondicional do Dark Souls. Eu também sou, mas como não temos nada como o Souls no XBOX One... vou de LotF.