21/11/2014 08h00 - Atualizado em 21/11/2014 10h45

Raspberry Pi: 5 inovações inusitadas feitas com o microcomputador

Diego Sousa
por
Para o TechTudo

Um microcomputador super potente tem dado o que falar nos últimos tempos. O Raspberry Pi surgiu para estimular crianças a explorar o funcionamento dos computadores e aprender linguagens de programação. Mas as possibilidades oferecidas por ele, que tem o tamanho de um cartão de crédito, atraíram engenheiros e programadores já crescidos que criaram experimentos inusitados e, na sua maioria, baratos - aproveitando que o PC custa cerca de US$ 25. O TechTudo listou cinco inovações criadas com o Raspberry Pi que inovaram e surpreenderam.

Novo Raspberry Pi é ainda menor e mais barato que modelos anteriores 

Novo Raspberry Pi ficou ainda menor e mais barato, mas com mais recursos (Foto: Divulgação) (Foto: Novo Raspberry Pi ficou ainda menor e mais barato, mas com mais recursos (Foto: Divulgação))O computador que cabe nas mãos já ajudou a inventar muitos aparelhos inovadores (Foto: Divulgação)

“Rickrolling” indesejado

É claro que um computador que visa o estímulo à criatividade atrairia “trolls”. Um deles foi o analista de segurança Dan Bishop, que utilizou o Raspberry Pi para criar o Rickmote Controller, aparelho que explora uma falha do Chromecast e invade o gadget do Google para exibir o clipe de “Never gonna give you up” sem a autorização do usuário. A música de Rick Astley virou referência em “trollagem” e ganhou até verbo: “rickrollear”.

rickmote-controllerRickmote Controller foi construído a partir do Raspberry Pi e impresso em 3D (Foto: Reprodução/Bishop Fox)

O Rickmote Controller custou menos de U$ 100 e consiste em um Raspberry Pi, uma tela sensível ao toque, um par de placas wireless e um corpo de plástico impresso em 3D.

Controle invade TVs via Chromecast e exibe clipe de Rick Astley

Toca-fitas com Spotify

O britânico Matt Brailsford adaptou um antigo aparelho de som para reproduzir playlists do Spotify. O desenvolvedor utilizou uma placa do Raspberry Pi para que fitas cassetes com etiquetas NFC realizem buscas no serviço de streaming. As músicas, então, são baixadas para um cartão microSD de 16gb e reproduzidas imediatamente no toca-fitas.

toca-fitas-spotifyRaspberry Pi faz com que toca-fitas antigo reproduza playlists do Spotify (Foto: Reprodução/Youtube)


Os apaixonados por aparelhos retrô com certeza irão se apaixonar pelo projeto, já que ele mantém todas as características de um toca-fitas antigo, inclusive os botões físicos, que funcionam normalmente. Ou seja, você pode dar play, pausar uma faixa ou aumentar o volume como fazia antigamente. No entanto, Brailsford fez apenas um protótipo para reviver suas memórias de outros tempos e ainda não pretende comercializar sua ideia. Quem sabe no futuro, não é?

Raspberry Pi ao infinito e além

O primeiro telescópio feito com uma impressora 3D utiliza um módulo de câmera do Raspberry Pi e obteve sucesso em suas primeiras demonstrações, capturando boas imagens da lua.

pikonTelescópio com módulo do Raspberry Pi custa cerca de R$ 400 e amplia imagens em até 160 vezes (Foto: Divulgação)

O PiKon pode ampliar o tamanho dos objetos em até 160 vezes, ou seja, é possível ver planetas, constelações e galáxias distantes com ele. Segundo Mark Wringley, um dos desenvolvedores, seu principal diferencial é o preço: apenas 100 libras (cerca de R$ 400 em conversão direta).

lua-pikonRegistro da lua feito pelos desenvolvedores do telescópio (Foto: Divulgação)




Telescópio feito com impressora 3D e Raspberry Pi captura imagens da Lua

Laptop impresso em 3D

O primeiro laptop feito por uma impressora 3D também é equipado com o Raspberry Pi. O Pi-Top foi criado por desenvolvedores ingleses para  ensinar aos usuários como montar seu próprio computador.

pi-top-componentsLaptop com Raspberry Pi pode ser impresso e montado pelos próprios usuários (Foto: Divulgação)

Além dos componentes impressos em 3D, o Pi-Top conta com bateria recarregável com capacidade de carga de seis horas, antena para Wi-Fi, teclado, track-pad e tela de LCD TFT de 13,3 polegadas. O sistema operacional, claro, é o Raspbian OS. Até o momento o projeto já arrecadou mais de U$ 157 mil dólares no Indiegogo.

Minicomputador cai no samba

Para fechar a lista de inovações, vamos apresentar um projeto muito bacana que foi feito aqui no Brasil. No desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro no carnaval deste ano, a Grande Rio apresentou carros alegóricos interativos que exibiam fotos e vídeos enviados pelo público através das redes sociais. 

carro-carnaval-vcMonitores com chips Raspberry Pi de carro alegórico mostraram vídeos de internautas no desfile da Grande Rio no carnaval (Foto: João Kurtz/TechTudo)

O conteúdo foi exibido em monitores equipados com chips Raspberry Pi, que funcionavam com um sistema operacional desenvolvido exclusivamente para a ação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Druida Louco
    2014-11-29T11:02:44

    " ridiculo " ne, tinha que ter mulheres nuas ali, famosas de preferencia, times de futebol, cultura inutil tbem... curiosidades como essas muitos usuarios nao tiveram acesso e se nao fossem materias como essas jamais teriam!!!

  • Carlos Santos
    2014-11-21T12:34:55  

    Simples assim. Lixo.

    recentes

    populares

    • Carlos Santos
      2014-11-21T12:34:55  

      Discordo, lixo é o Arduíno kkkkk