Internet

11/11/2014 06h00 - Atualizado em 11/11/2014 06h00

Veja 3 alternativas para o gerenciador de tarefas do Windows

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

O Gerenciador de Tarefas do Windows permite lidar com todos os processos em segundo plano, serviços e aplicações e também mostra informações úteis em relação ao desempenho, redes e usuários registrados. Mas mesmo com todos esses recursos, ele é ainda é limitado. Se você também acha isso e está a procura de um gerenciador de tarefas melhor, o TechTudo mostra a seguir algumas das alternativas poderosas que podem ser usadas para gerenciar todos os processos do Windows.

Como acessar páginas abertas no navegador IE do Windows 8 pelo celular?

Microsoft disponibilizará Windows 10 para testes em breve (Foto: Divulgação/Microsoft) (Foto: Microsoft disponibilizará Windows 10 para testes em breve (Foto: Divulgação/Microsoft))Conheça alternativas poderosas que podem ser usadas para gerenciar todos os processos do Windows (Foto: Divulgação/Microsoft)

1. Process Explorer

A Microsoft tem algumas das melhores ferramentas em sua Suite Sysinternals e o Process Explorer é um deles. O aplicativo é muito mais avançado do que o Gerenciador de Tarefas padrão do sistema e possui uma série de características poderosas para lidar com os processos do Windows de forma mais eficiente. O programa nem mesmo precisa ser instalado. Sendo uma aplicação portátil, você simplesmente baixa e já pode começar a usá-lo.

Conheça três alternativas ao gerenciador de tarefas do Windows (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Conheça três alternativas ao gerenciador de tarefas do Windows (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)

Na interface do Process Explorer, todos os processos são organizados em um agradável formato de árvore, onde são exibidas informações importantes como o ID do Processo, descrição, tamanho, consumo de CPU e etc.

Process Explorer mostra os processo do Windows em formato de arvore (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Process Explorer mostra os processo do Windows em formato de arvore (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Para gerenciar os processos do Windows no programa, o usuário só precisa clicar com o botão direito em qualquer um deles e será exibido um menu com muitas opções como a que permite definir afinidade, definir a prioridade, matar, suspender, reiniciar e etc. Além disso, você pode ver as propriedades de um processo específico clicando duas vezes sobre ele. Também é possível verificar a integridade do mesmo, selecionando a opção “Check Virus Total” no menu de contexto do botão direito. Além de processos de gestão, você também pode usá-lo para desbloquear arquivos, encontrar quais arquivos estão sendo usados por qual processo.

Usando o Process Explorer para ver as propriedades do processo (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Usando o Process Explorer para ver as propriedades do processo (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)


Process Explorer é realmente poderoso e exibe um monte de informações a respeito de um determinado processo. Pode levar algum tempo para se adaptar a interface dele, mas quando isso acontecer, você descobrirá porque ele é muito melhor que o Gerenciador de Tarefas padrão do Windows.

Vale a pena trocar Windows 7 pelo Windows 8? Opine no Fórum do TechTudo.

2. System Explorer

System Explorer é bastante semelhante ao gerenciador de tarefas do Windows normal, mas oferece muito mais informações do que o padrão. Uma vez baixado, você pode instalar o System Explorer como qualquer outro software do Windows. Na primeira execução, o programa perguntará se você deseja digitalizar todos os processos e DLLs. Se “sim” for selecionado, ele irá verificar todos os processos usando seu banco de dados de segurança online. Uma vez que a verificação for concluída, ele exibe os resultados em seu navegador padrão.

System Explorer pronto para verificar todos os processos (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)System Explorer pronto para verificar todos os processos (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

A própria interface do usuário é bastante simples, mas todas as ferramentas avançadas ficam no menu do botão direito. Você pode facilmente filtrar os processos de usuários, sistema e etc., escolhendo os botões na barra superior. Se você acha que há um processo suspeito rondando, basta apertar o botão “Security Scan” para o programa verificar novamente todos os processos usando seu banco de dados de segurança online.

Acessando o menu de opções do System Explorer (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando o menu de opções do System Explorer (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Além de gerenciar todos os processos do Windows, você também pode obter estatísticas detalhadas a respeito do desempenho do sistema, conexões TCP/IP, serviços, itens de inicialização, Drivers e etc, a partir da aba “Performance”. Resumindo tudo, o System Explorer é muito valioso, principalmente por causa da seus poderosos recursos e de sua  interface do usuário fácil de entender.

Informações que o System Explorer pode mostrar (Foto: Reprodução/Make Tech Easier)Informações que o System Explorer pode mostrar (Foto: Reprodução/Make Tech Easier)


3. Process Hacker

Process Hacker é semelhante ao Process Explorer em conjuntos de recursos, e exibe a mesma visualização em árvore de todos os seus processos em execução. Na verdade, a única diferença perceptível entre os dois é que o Hacker Processo é um aplicativo de código aberto e também está disponível com instalador e formatos portáteis. Além disso, Process Hacker tem uma interface mais refinada e é mais fácil de manusear para iniciantes. Por uma questão de fato, é apenas uma preferência pessoal para escolher entre estes dois aplicativos. Se você gosta de usar um gerenciador de tarefa alternativa que é de código aberto e vem com uma interface de usuário melhor, então o Process Hacker é a opção certa para você.

Process Hacker parece com o Process Explorer (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Process Hacker parece com o Process Explorer (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Concluindo

Como é possível ver, existem boas alternativas ao Gerenciador de Tarefas do Windows. Experimente todas elas e descubra qual a que é melhor para você. Depois que você começar usar uma das opções, o único diferencial do aplicativo padrão será somente o fato dele estar integrado ao sistema.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares