Internet

06/01/2015 12h58 - Atualizado em 06/01/2015 12h59

'OK, Facebook': rede social compra startup de reconhecimento de voz

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

O ano mal começou e o Facebook já fez a sua primeira aquisição de 2015: a rede social comprou a startup de reconhecimento de voz Wit.ai. Criada há 18 meses, a plataforma da permite que desenvolvedores externos incorporem a funcionalidade em aplicativos, aparelhos eletrônicos domésticos e até mesmo robôs. Os valores da negociação não foram divulgados. Entretanto, a compra é valiosa e pode originar uma nova era para, quem sabe, o "OK, Facebook", como diria o Google.

Polaroid relança Blipfoto; rede sem oversharing libera uma foto por dia

Startup de reconhecimento de voz Wit.ai foi comprada pelo Facebook (Foto: Reprodução/Wit.ai)Startup de reconhecimento de voz Wit.ai foi comprada pelo Facebook (Foto: Reprodução/Wit.ai)

A tecnologia pode dar à rede de Mark Zuckerberg novas formas de comunicação verbal entre os usuários. Não está claro como isso irá acontecer, mas é possível que a ideia seja criar um mecanismo de busca por voz para competir com Siri e Google Now. Incorporá-la aos mensageiros – incluindo aí o WhatsApp – para transformar voz em texto é outro uso bastante provável e muito útil.

O núcleo principal do Wit.ai irá se juntar ao Facebook em sua sede no Menlo Park, Califórnia (EUA). Apesar disso, o sistema de reconhecimento de fala não será exclusivo da rede social. Ele permanecerá aberto para sua comunidade, que já conta com mais de seis mil pessoas e parceiros, e ainda irá se tornar inteiramente livre para desenvolvedores externos com outros objetivos.

Como ficar invisível no Facebook pelo celular? Confira no Fórum do TechTudo.

Em um comunicado oficial, o Facebook explicou a aquisição dizendo que a Wit.ai construiu uma incrível e simples API de processamento de linguagem natural, que ajudou desenvolvedores a transformar voz e texto em dados acionáveis.

Via Wit.ai e PCWorld 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares