17/01/2015 06h30 - Atualizado em 17/01/2015 06h30

Veja se vale a pena ‘forçar’ a atualização do Android no Galaxy Ace

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O Galaxy Ace foi um dos mais populares smartphones da Samsung e, embora já tenha saído de linha há algum tempo, continua tendo uma base fiel de usuários. O problema é que as atualizações pararam de chegar, se limitando ao antigo Android 2.3, o que abre espaço para updates não-oficiais. Se você está pensando em uma alternativa de software para seu Ace, veja quais os prós e contras em fazer o procedimento manualmente.

Veja como saber se o Galaxy S4 é original para não cair em golpes

Primeiro, vale ressaltar que uma atualização forçada de qualquer smartphone requer alguns conhecimentos básicos sobre o Android: como fazer root, instalar uma recuperação customizada, fazer backup no Android e instalar uma ROM nova a partir do cartão microSD. Se você não se sente seguro com essas tarefas, a dica é ficar com o Android 2.3, já que um erro procedimental pode ser fatal para seu aparelho.

Galaxy Ace, smartphone Android lançado em 2011 pela Samsung (Foto: Stella Dauer/TechTudo)Veja se vale a pena forçar a atualização do Galaxy Ace, smartphone Android lançado em 2011 pela Samsung (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

Pontos positivos

Após ler bastante e decidir por se arriscar a instalar uma ROM customizada em seu Galaxy Ace, saiba que as vantagens podem ser enormes. Isso porque o aparelho tem uma comunidade muito ativa no XDA Developers, fórum americano que reúne desenvolvedores, tornando possível que versões recentes do Android sejam adaptadas para o smartphone com alguma regularidade.

O CyanogenMod é uma dessas versões não-oficiais do Android disponíveis para o Ace. O sistema deixa o smartphone como novo, principalmente porque se trata da experiência quase pura do Android, sem o problemático TouchWiz da Samsung. Aliás, não será surpresa se a comunidade conseguir adaptar o CyanogenMod 12, com Android 5.0 (Lollipop), para o antigo aparelho da Samsung dentro de algumas semanas.

Já há, por exemplo, uma variante do CyanogenMod 11, com Android 4.4 (KitKat), especialmente dedicada para o Galaxy Ace. Com isso, ele ganha uma cara totalmente renovada, com cores e animações de transição de telas diferentes, tudo com um bom desempenho graças ao Project Butter, que otimiza o uso da memória RAM.

Celular entra na Internet 'sozinho'? Entenda o porquê no Fórum do TechTudo

Há também pesquisa por voz no Google Now, um novo discador com uma espécie de Páginas Amarelas para encontrar números de estabelecimentos comerciais, e uma câmera mais ágil. Além disso, talvez a mudança mais importante seja compatibilidade com muito mais aplicativos na Play Store, cuja oferta não se limitaria mais ao finado Android 2.3 (Gingerbread).

Pontos fracos

Apesar das vantagens, há várias falhas que podem vir com a atualização manual do Galaxy Ace, especialmente se você optar por uma ROM experimental. Nesse caso, a primeira coisa a se fazer é obter a imagem de fábrica do aparelho, ou seja, o arquivo de instalação do sistema original, que pode ser muito útil se algo der errado.

O CyanogenMod 11, com Android 4.4, ainda não tem uma versão completamente sem bugs para o Galaxy Ace, o que pode ser obtido com mais facilidade usando versões anteriores da ROM, que oferecem o Android 4.0 ao 4.3. Se você quer melhorar o desempenho e experiência de gráficos do seu Ace, a dica segura, portanto, é optar pelo CyanogenMod 9 ou 10.

Alguns bugs reportados pelos usuários do CyanogenMod 11 no Ace envolvem erro na câmera, na galeria de fotos e queda do sinal Bluetooth. Vale, então, fica de olho por versões que resolvam essas questões.

Fique atento também a dois detalhes básicos. Mudar a ROM do seu smartphone significa também perder a garantia de fábrica. A boa notícia é que isso não deve ser problema para donos de Galaxy Ace, já que o aparelho provavelmente foi comprado há bem mais de um ano e a garantia já se foi de qualquer maneira. Além disso, não precisa ficar inseguro quanto a aspectos legais: ninguém irá puni-lo por mudar o software de um produto que você adquiriu, afinal, o sistema usado como substituto é de código aberto, não uma versão pirata como acontece em computadores com Windows.

No final, a decisão por fazer root e instalar uma ROM diferente no Galaxy Ace depende unicamente da sua confiança em realizar os procedimentos e paciência para separar um dia inteiro para isso. Se esse for seu caso, vá em frente: depois de atualizado, a vida útil do Galaxy Ace nas suas mãos pode aumentar consideravelmente.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Felipe Fernandes
    2015-01-18T00:31:16  

    NAO VOTEI NO 1 E 2 TURNO PARA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEF MAS VI QUE ERREI , POI ESTA MULHER TEM GARRA E DEFENDE OS CIDADAOS DESTA NAÇAO CUSTE O QUE CUSTA COMO UMA VERDADADEIRA MAE , MUITO OBRIGADO

    recentes

    populares

    • Felipe Fernandes
      2015-01-18T00:31:16  

      SE A DILMA É SUA MÃE, ENTÃO VOCÊ É UM GRANDE FILHODILMAPUTA!!!

  • Douglas Castro
    2015-01-17T11:38:13  

    Android KitKat estava ótimo no meu Nexus4, rodava lisinho, nunca travou! Desde que atualizei para o Loolipop, 5.0, é só dor de cabeça! Trava muiiiito!! Já teve mais umas 2 atualizações depois disso que melhoraram bastante o problema, mas ainda é mais lento que o kitkat e ainda trava as vezes! Se eu pudesse imaginar não teria atualizado!

    recentes

    populares

    • Douglas Castro
      2015-01-17T11:38:13  

      5.0.2 lisinha e sem bugs no moto g 16gb

    recentes

    populares

    • Douglas Castro
      2015-01-17T11:38:13  

      PATRICK ANTONIOLI, obrigado pela dica. Realmente nao realizei todo esse procedimento. Mas vou tentar!!

  • Marcos Alves
    2015-01-17T23:08:13  

    So comprar um iphone novo e seus problemas acabam.

    recentes

    populares

    • Marcos Alves
      2015-01-17T23:08:13  

      Tente rodar o iOS 8 em um iPhone 4S que você verá o quanto ele vai travar.

  • Elson Melaceta
    2015-01-17T22:27:08

    Tem que colocar na balança, se atualizar vai ficar mais lento e vai travar mais, mas em contra partida poderá usar apps mais recentes. Se pro uso atual não interfere nada, o melhor é não atualizar. Agora se quer usar um monte de app pesado aí o melhor mesmo é comprar um aparelho novo com configuração maior.

  • Carlos Basan
    2015-01-17T17:43:59

    O maior problema esta simplesmente na memoria, que e baixa 1G .!!!

  • Rivelino Ortega
    2015-01-17T15:16:56

    Vale a pena fazer atualização? Sempre que atualizo fica mais lerdo.... Só atualizo por imaginar que eles corrigiram falhas de segurança, mas me arrependo de cada atualização....

  • Ludmila Bringston
    2015-01-17T12:43:09

    Smartphones em promoção ! agregadordeofertas. net

  • Tulio Moraes
    2015-01-17T10:15:23

    TENHO UM S3 FAZIA AS ATUALIZAÇOES E AÍ COMEÇOU A TRAVAR! TIVE Q FORMATAR O CELULAR ! E NÃO FAÇO MAIS ATUALIZAÇÕES DO ANDROID, ASSIM FICOU MELHOR!