20/02/2015 17h58 - Atualizado em 20/02/2015 17h58

Apple promete consertar MacBooks Pro com defeitos no vídeo; veja modelos

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

A Apple anunciou um programa de extensão de reparo que vai beneficiar usuários de MacBooks Pro que apresentam problemas no vídeo, tais como distorções e ausências de imagens e até reiniciações inesperadas do sistema. A informação foi divulgada na página de suporte, no último dia 19/02. O programa começa a valer a partir da próxima sexta-feira, dia 27/02, para o Brasil.

Usuários de Mac e PC sofrem as mesmas ameaças online, diz especialista

MacBook Pro na Apple Store de Nova York (Foto: Allan Mello/TechTudo)O MacBook Pro que apresentar problema com vídeos será reparado (Foto: Allan Mello/TechTudo)


De acordo com a página de suporte da empresa, os produtos afetados são aqueles comprados entre 2011 e 2013. São eles: os MacBooks Pro de 15 e 17 polegadas fabricados em 2011 e também os MacBooks Pro com tela Retina de 15 e 17 polegadas fabricados no começo de 2012 e de 2013.

Para descobrir o ano de fabricação de seu modelo, basta ir até o menu Apple, que se encontra no canto superior esquerdo de seu monitor e depois clicar em “Sobre Este Mac” para checar as informações de modelo e ano de fabricação de sua máquina.

check_your_coverageConferindo a data de fabricação de um Mac (Foto: Divulgação/Apple)

Se o seu MacBook Pro tiver sido fabricado dentro do período acima mencionado e apresentar os sintomas descritos pela empresa, a saber, “vídeo distorcido ou embaralhado na tela do computador; ausência de vídeo na tela do computador (ou tela externa) apesar de o computador estar ligado; e reinicializações inesperadas do computador”; ele estará sim apto a fazer parte do programa de extensão de reparo.

Vale a pena o macbook com tela retina? Opine no Fórum do TechTudo.

Para tanto, você deve levar o aparelho para um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP) ou uma Apple Store. Para encontrar um Centro de Serviço Autorizado Apple próximo de sua residência, basta acessar esta página e preencher os dados de localização e do seu produto.

O programa de extensão de reparos estará disponível no Brasil até o dia 27 de fevereiro de 2016 ou 3 anos após a data da primeira venda, o período que for maior. Se você já tiver levado seu MacBook Pro a uma AASP para o reparo dos problemas mencionados e pagou pelo serviço, a Apple informa que pretende reembolsá-lo.

Para isso, ela está entrando em contato com esses clientes para colher informações e checar se você realmente está apto para receber o reembolso. Se não entrarem em contato com você, basta acessar esta página e contatar o suporte da empresa, explicando o ocorrido. É importante ter todos os seus documentos em mãos bem como a nota fiscal do produto. Nos EUA e Canadá, o programa estará disponível a partir do dia 20/02. 

Infelizmente, a Apple não se pronunciou sobre o quê pode ter causado tais defeitos no vídeo, ela apenas disse que tais problemas ocorreram apenas em pequenas porcentagens do volume total de MacBooks vendidos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares