Internet

04/02/2015 06h00 - Atualizado em 04/02/2015 06h00

Google oferece pagamento antecipado a quem descobrir bugs; entenda

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

Pesquisadores da área de segurança digital terão um novo incentivo para procurar bugs em produtos do Google. A partir de agora, a gigante das buscas oferecerá pagamentos adiantados aos cientistas da computação especializados na área, substituindo o modelo anterior que os recompensava só após a descoberta de alguma falha.

Versão Pro do Google Earth passa a ser gratuita; veja como ter acesso

Os três maiores descobridores de bugs em visita ao Google em Zurique, na Suíça (Foto: Reprodução/Google)Os três maiores descobridores de bugs em visita ao Google em Zurique, na Suíça (Foto: Reprodução/Google)

Como usar o Google Maps em 3D? Comente no Fórum do TechTudo

Segundo a empresa, os melhores profissionais da área de segurança estariam deixando de se dedicar a serviços como Gmail e Chrome justamente por sua eficiência: as falhas teriam diminuído tanto que se tornaram difíceis demais de serem encontradas.

Dessa forma, mesmo tendo pago mais de US$ 4 milhões em recompensas, o equivalente a mais de R$ 10 milhões em conversão direta, desde 2010 quando o programa começou, o Google espera investir ainda mais nos próximos anos com o novo modelo de incentivo.

Os interessados no financiamento devem se inscrever no Vulnerability Reward Program e registrar seu projeto para concorrer a premiações que variam entre US$ 500 e US$ 3 mil (R$ 1.330 e R$ 7.985) por projeto. Os selecionados receberão os valores assim que o trabalho começar e, garante o Google, “sem compromisso”.

A premiação por descoberta de bugs, dessa vez, também engloba todos os aplicativos da companhia feitos para Android e iOS, como Drive, Maps e YouTube, desde que estejam publicados na Google Play ou App Store.

Via Google

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares