Internet

10/02/2015 06h50 - Atualizado em 10/02/2015 06h50

Pesquisa aponta ‘falta de confiança’ faz 36% evitar compras pela Internet

Barbara Mannara
por
Para o TechTudo

Fazer compras pela Internet pode ser uma praticidade para muitos consumidores, no entanto uma pesquisa mundial indica que 36% das pessoas ainda tem receios de fazer pagamentos online. O principal motivo é a falta de confiança. O estudo foi elaborado pela AVG, desenvolvedora de produtos de segurança online, em parceria com MEF, a comunidade global de comércio mobile.

Golpistas enviam e-mails falsos para tentar roubar senhas do Netflix

Pesquisa aponta falta de confiança faz 36% evitar compras pela Internet (Foto: Pond5)Pesquisa aponta 'falta de confiança' faz 36% evitar compras pela Internet (Foto: Pond5)

Qual é o melhor antivírus grátis? Comente no Fórum do TechTudo

Com tantos vírus, malwares e golpes circulando pela web,os usuários ficam receosos de fornecer dados importantes para a compra online, como cartões de crédito e débito, por exemplo. Segundo a pesquisa Consumer Trust Report (Relatório de Confiança do Consumidor), esse receio tem algumas possíveis fontes, sendo que 23% dos internautas têm medo de que seus dados pessoais possam ser utilizados de forma inapropriada, sem autorização.

Já uma parcela de 22% afirmou que uma das preocupações é que as informações financeiras sejam roubadas, dando dor de cabeça mais tarde. Do total, 36% afirmaram não ter confiança pra realizar pagamentos online e por isso preferem não fazer. E apenas 15% dos internautas afirmaram que utilizam esse tipo de serviço ou pretendem usar algum dia.

Além desses motivos, ainda há uma falta de conhecimento sobre pagamento online, ocupando 18% dos usuários, falta de incentivo (15%), além de não conhecer mais ninguém que faça esse tipo de pagamento (15%). Por fim, 9% dos usuários afirmaram que a loja na qual costuma comprar não aceita esse tipo de pagamento.

Sobre a compra de aplicativos móveis e compartilhamento de dados pessoais e financeiros, há uma grande falta de confiança, já que muito serviços não oferecem muita clareza sobre o uso dessas informações. Elas podem servir tanto para colher informações sobre os gostos do usuário quanto para usar isso em benefício do mercado. Por isso, 72% dos entrevistados afirmou que não gosta de compartilhar dados com aplicativos, e esse número cresceu 7% deste o ano passado.

Para 66% dos brasileiros a transparência no uso de seus dados é fundamental para confiarem em um serviço online. Portanto é importante que as empresas tenham uma página de política de privacidade completa, informando aos usuários quais serviços de segurança garantem que os dados serão criptografados, por exemplo, ou para quais fins serão utilizados.

Com isso, os usuários estão buscando também se informar melhor sobre os riscos na Internet, e nesse estudo apenas 23% dos usuários afirmaram não saber direito do que se tratavam os malwares online, ou nunca ter ouvido falar deles. No ano passado, esse número era de 35%, sofrendo uma queda de 12%.

Para se proteger dos vírus e malwares na Internet vale manter o antivírus sempre atualizado, fazendo limpezas e verificações frequentes no computador. No mercado, estão disponíveis diversos serviços de antivírus gratuitos e basta escolher um deles para ficar menos vulnerável. Outra dica é não abrir e-mails ou anexos de empresas, com serviços que você não tenha solicitado. E por fim, buscar adicionar dados importantes somente em sites com proteção HTTPS e conduta de privacidade válida.

Via AVG

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares