Internet

06/03/2015 00h01 - Atualizado em 06/03/2015 07h56

Dia Internacional da Mulher: Amazon corta preço de Kindle e livros de autoras

Maria Clara Pestre
por
Da redação

Especial para o Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, a Amazon oferecerá descontos de até 60% em livros impressos e e-books de autoras, além de cortar em R$ 60 o preço do Kindle, seu e-reader. A iniciativa pretende estimular o consumo de livros digitais pelo público feminino, assim como a sua presença no mercado editorial. Confira abaixo os detalhes da promoção. 

Kindle Box permite enviar e-books do Dropbox para o Kindle 

Amazon dá R$ 60 de desconto no Kindle corta preços de e-books em 60% no Dia Internacional da Mulher (Foto: Divulgação/Amazon)Amazon dá desconto no Kindle corta preços de e-books  no Dia Internacional da Mulher (Foto: Divulgação/Amazon)

Livros impressos e e-books

A comemoração com corte de preços da loja brasileira da Amazon começa no próximo sábado (7) e dura até a sexta-feira (13) de março. Uma página especial será composta somente com obras escritas por mulheres (amazon.com.br/autoras). O desconto será válido para apenas títulos selecionados.

Kindle, Kobo ou Lev? Debate sobre qual é o melhor esquenta no Fórum do TechTudo.

O best-seller “Eu sou Malala”, sobre a garota que foi baleada pelo Talibã após defender o direito a educação, é apenas um dos nomes inclusos na promoção. Além disso, também terão descontos os livros: “Peça-me O Que Quiser Ou Deixe-me”, de Megan Maxwell; “Americanah”, de Chimamanda Ngozi Adichie; “Invencível”, de Laura Hillenbrand e muitas outras obras.

Kindle mais barato

Já para comprar o Kindle com preço reduzido o prazo é outro: o desconto é válido entre os dias 6 (sexta-feira) e 8 (domingo) de março. O e-reader da Amazon, que custa normalmente R$299, sairá por R$239 na promoção.  

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares