Internet

11/03/2015 11h15 - Atualizado em 11/03/2015 11h26

Gordo? Facebook remove a opção ‘feeling fat’ de status após reclamações

João Kurtz
por
Para o TechTudo

Atendendo ao pedido de várias petições online, o Facebook decidiu na terça-feira (10) remover a opção “se sentindo gordo” (“feeling fat”, no original). Segundo vários usuários que protestaram online, o emoji no status servia para reforçar visões negativas de corpo e não representava um sentimento verdadeiro.

Como marcar pessoas em posts de uma página de fãs no Facebook

Após protestos, Facebook remove opção 'se sentindo gordo' no status de posts (Foto: Reprodução/#FatisNotaFeeling)Após protestos, Facebook remove opção 'se sentindo gordo' no status de posts (Foto: Reprodução/#FatisNotaFeeling)


Mesmo com a remoção da opção da lista de sentimentos possíveis em atualizações de status, o emoji ligado a a ela continua sendo usado. Ele pode ser encontrado com o nome de “se sentindo empanturrado” (“feeling stubby”, no original). Porém, não refere mais à palavra "gordo", como antes.

Opção estava disponível como atualização de status (foto: Reprodução/Facebook) (Foto: Opção estava disponível como atualização de status (foto: Reprodução/Facebook))Opção estava disponível como atualização de status de posts na rede social (foto: Reprodução/Facebook)

O movimento contra o emoji foi iniciado no final de fevereiro pelo grupo Endangered Bodies (endangeredbodies.org), que lançou várias petições no site Change.org como parte dos eventos da Semana Nacional de Consientização para Distúrbios Alimentares nos Estados Unidos.

O objetivo dos pedidos era fazer com que o Facebook removesse a opção “se sentindo gordo”. Os ativistas do grupo apontam que a gordura não é um sentimento e a opção poderia ser problemática com pessoas que possuem distúrbios alimentares.

Como fazer as "curtidas" das fotos do Instagram aparecerem no Facebook? Veja a dica no Fórum do TechTudo.

O texto da petição reforça que a prática não é boa. “Quando os usuários do Facebook colocam esse status, eles estão rindo de pessoas que se consideram com sobrepeso, o que pode incluir muitas pessoas com distúrbios alimentares”, diz a estudante Catherine Weingarten, que criou a versão americana da petição, com mais de 16 mil assinaturas.

O Facebook respondeu em nota oficial: "Ouvimos as críticas da comunidade que marcar “se sentindo gordo” como opção de status podia reforçar imagens de corpo negativas, especialmente com pessoas que sofrem de distúrbios alimentares. Então nós vamos remover esta opção da lista", explica.

Emoji ainda pode ser usado em nova opção (foto: Reprodução/Facebook)Emoji ainda pode ser usado em nova opção (foto: Reprodução/Facebook)

"Nós pretendemos continuar a ouvir o feedback enquanto pensamos em formas de ajudar as pessoas a se expressarem no Facebook”, conclui a nota.

Via Washington Post e The Next Web

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Alisson Santos
    2015-03-11T16:34:01

    Acho que nem foram os gordos que se ofenderam, foram as feminazis, elas se ofendem com tudo.

  • Thales Ribas
    2015-03-11T11:31:07

    Deviam ir fazer um regime ao invés de ficar reclamando na internet