Áudio e Vídeo

03/03/2015 17h30 - Atualizado em 04/03/2015 07h23

Netflix mostra novo layout no MWC e explica como são feitos seus testes

Fabrício Vitorino
por
Do MWC 2015

A Netflix aproveitou o MWC para mostrar um pouco de seus segredos e do que vem por aí. Mas nada de novas superproduções ou anúncios técnicos: a gigante de conteúdo via streaming planeja algumas revoluções em seu visual. "Estamos testando muita coisa para facilitar a vida do usuário. Desde a interface até o algoritmo, tudo é pensado para melhorar a experiência", diz Todd Yellin, vice-presidente de inovação da Netflix, em entrevista exclusiva ao TechTudo.

Acompanhe os lançamentos ao vivo do MWC 2015

Netflix mostra novo layout no MWC (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Netflix mostra novo layout no MWC (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

E, de fato, enquanto algumas mudanças são praticamente imperceptíveis para a massa, a reformulação visual que a Netflix promete em 2015 tem tudo para ser a maior dos últimos anos, e deve atingir todas as plataformas. Essencialmente, a interface do serviço deixa de ter cara de "prateleira de locadora" e assume sua vocação de serviço online. 

Nas smart TVs, o conteúdo ganha uma "superimagem" no topo da tela, com as explicações e um carrossel de fotos e stills importantes do filme. As informações, que antes apareciam em uma cortina, agora ficam no topo da tela. E caso você aperte o "play", o filme já começa, com os detalhes sobre a tela, desaparecendo após alguns segundos. Não é preciso um segundo "ok" para assistir: tudo fica mais fluido. 

Conteúdo do Netflix ganha mais destaque, imagens relevantes e menos passos  (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Conteúdo do Netflix ganha mais destaque, imagens relevantes e menos passos (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

"É muito importante eliminar os passos, as interações do usuário, para que a experiência seja fluida. Neste teste, avaliamos se os usuários 'rejeitavam' o conteúdo. E o resultado foi muito positivo", explica Yellin. Com isso, a Netflix dá menos trabalho ao usuário e, de fato, a experiência fica muito mais simples. A mudança, ao que parece, foi aprovada e deve ser disponibilizada ainda no primeiro semestre de 2015.

Antes e depois no tablet: Netflix deixa de ter cara de "prateleira de locadora"  (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Antes e depois no tablet: Netflix deixa de ter cara de "prateleira de locadora" (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Os testes também são conduzidos em outras plataformas da empresa, como celulares e tablets, dispositivos com interação touch. As fileiras de capinhas ganham imagens mais importantes, que são escolhidas por um time de profissionais da empresa, que ficam girando em carrossel. Entre elas, sempre uma sugestão da Netflix em tamanho maior. O botão "play" agora ganha mais importância: fica centralizado e basta que seja apertado uma vez para que o conteúdo inicie.

Netflix antes e depois no celular: conteúdo passa a tirar mais proveito do touch (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Netflix antes e depois no celular: conteúdo passa a tirar mais proveito do touch (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Já nos desktops, onde a interação com o mouse é necessária, basta clicar no conteúdo para ver uma janela com mais informações, em tamanho grande. A partir daí, com apenas um clique, o conteúdo já é iniciado. Ao contrário das mudanças na plataforma de smart TVs, o novo visual para mobile ainda está em testes. Se os resultados forem negativos, sem problemas: vão para o lixo. E a Netflix passa para a próxima ideia.

Yellin explica ainda que as avaliações da empresa são conduzidas de forma muito controlada, para apenas um pequeno grupo de usuários, para que se compreenda seu impacto:  "É preciso ter em mente que estamos lidando com big data. E cada mercado tem sua característica. Precisamos avaliar para saber se o resultado foi positivo, se conseguimos nosso objetivo, que é manter as pessoas o máximo de tempo possível no nosso ambiente", explica.

No desktop, basta clicar no conteúdo do Netflix para ver uma janela com mais informações (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)No desktop, basta clicar no conteúdo do Netflix para ver uma janela com mais informações (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)


E para ganhar o consumidor no "momento da verdade", a Netflix trabalha com matemáticos, estatísticos, engenheiros e times multidisciplinares, constantemente, para acertar o máximo possível. "A hora decisiva é quando você tem tempo. Você pode fazer muitas coisas, surfar na internet, zapear na televisão, ler um livro… Mas a partir do momento em que você liga o Netflix, precisamos acertar. Você tem que olhar para a tela e ver conteúdo relevante", explica Yellin. 

Qual o produto mais esperado do MWC 2015? Opine no Fórum do TechTudo.

Aliás, sobre o algoritmo, o executivo é enfático ao dizer que há espaço para "surpresas". Para Yellin, é preciso sempre testar coisas novas, mostrar conteúdo diferente para saber se o cliente quer experimentar. "Estamos constantemente tentando inovar. Antigamente, havia um modelo de negócio, que te permitia descobrir do que o cliente gosta e explorar isso até o fim. Hoje, tentamos entender seus gostos para oferecermos mais, por mais tempo", finaliza Yellin. Afinal, uma empresa que começou como uma "locadora" e revolucionou o mercado pode até se dar ao luxo de falhar, mas nunca pode abrir mão de inovar.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • José Camargo
    2015-07-09T09:46:48

    Gostaria de parabenizar a Netflix, está de nota 10, ótimos seriados, filmes estão sendo adicionado a todo momento, espero que continuem evoluindo desta forma aqui no Brasil.

  • Geraldo Gomes
    2015-03-03T19:07:14  

    Minha vida de pirataria acabou quando conheci o Netflix. Quando temos preços justos e boa qualidade, todos saem ganhando. O mesmo vale para o Steam.

    recentes

    populares

    • Geraldo Gomes
      2015-03-03T19:07:14  

      somos dois!

    recentes

    populares

    • Geraldo Gomes
      2015-03-03T19:07:14  

      Agradeça a Pirataria esse fato dos preços justos na área de entretenimento. Ou era isso ou nada pra eles camarada.

  • Vicente Meneses
    2015-03-06T17:38:40

    Sou assinante NETFLIX e não passo mais sem. Nota 10 pra mim...

  • José Camargo
    2015-03-06T13:15:38  

    Bom, sou assinante do Netflix, e sinceramente não é isso tudo o que dizem, pois cancelei minha assinatura na NET, para assinar o Netflix e estou arrependido, raramente você recebe os catálogo de filmes atuais, somente filmes que você já assistiu, e filmes antigos, e deveriam se espelhar no Telecineplay, levantando um questionamento que o presidente da Netflix comentou que os brasileiros eram burros, e não aprenderam a usar o Netflix, para escolher filmes não precisa ter um super QI, simplesmente precisa ter filmes, pois mesmo fazendo busca por nomes de filmes,

    recentes

    populares

    • José Camargo
      2015-03-06T13:15:38  

      Tenho TV paga e Netflix. Uma coisa não exclui a outro brother, vc vacilou em ter cancelado a NET.

  • Luiz
    2015-03-03T18:29:45

    Digite cuponizado no googe