06/03/2015 09h41 - Atualizado em 06/03/2015 09h49

Qualcomm anuncia Snapdragon 820 'Kryo' e parceria com Cyanogen no MWC

Fabrício Vitorino
por
Do MWC 2015

A Qualcomm, uma das maiores fabricantes de chips para dispositivos móveis do mundo, aproveitou o MWC para anunciar, basicamente, a chegada do Snapdragon 820, que conta com a nova plataforma Zeroth e a CPU Kryo, com arquitetura de 64-bit. Além disso, a gigante de San Diego também anunciou uma parceria com a fabricante de sistemas operacionais Cyanogen.

Acompanhe os lançamentos ao vivo do MWC 2015

Depois de perder Samsung, Qualcomm promete surpresas em 2015 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Depois de perder Samsung, Qualcomm promete surpresas em 2015 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

O anúncio do Snapdragon 820 acontece apenas alguns meses após a chegada do 810 ao mercado, e parece uma tentativa de recuperar terreno após o anúncio oficial de que a Samsung, com a nova linha Galaxy, deixa de lado os chips Qualcomm e usa exclusivamente sua arquitetura Exynos. O fim da parceria é um duro golpe para a companhia, que agora vai precisar buscar outros tops de linha - ou ao menos uma outra grande parceria - para compor seu portfólio, que hoje conta com Motorola, Sony, Oppo, LG, Xiaomi e Microsoft, principalmente.

Qual o produto mais esperado do MWC 2015? Opine no Fórum do TechTudo.

O Snapdragon 820, que ainda não tem previsão de chegada ao mercado, traz embarcada a plataforma Zeroth, que promete uma revolução na interação dispositivo x usuário, através da computação cognitiva. Ou seja, através do conjunto de hardware (que inclui GPU, modem, decoders de áudio e vídeo, sensores biométricos...), o Zeroth vai oferecer uma experiência completamente personalizada, adaptando funções e interagindo de forma completamente natural. 

Essa plataforma cognitiva será capaz de antecipar necessidades e ações de uma forma extremamente complexa (e assustadora), usando hardware e com uma precisão incrível. E será a base da companhia para dar poder a uma gama de dispositivos "vestíveis", usados para segurança, em carros ou na área da saúde. Vale lembrar que "Zeroth", dentro outros significados, corresponde à uma das leis da robótica criadas pelo escritor Isaac Asimov (autor, dentre outros livros, de "Eu, Robô"), que diz "Um robô jamais pode causar danos à humanidade ou, por inacção, permitir que ela sofra algum mal". 

O Snapdragon 820, por sua vez, traz os núcleos Kryo, de 64-bit, iniciando assim a sucessão dos famosos Krait, usados nos Snapdragons 800  e 600. Ainda sem data definida para chegar ao mercado, ou dispositivos onde será utilizado, o 820 deve chegar ainda em 2015 aos usuários. 

Além da nova plataforma e hardware, a Qualcomm anunciou uma importante parceria com a fabricante de sistemas operacionais Cyanogen (conhecida no Brasil pelas eficientes ROMs para Androids). A empresa, responsável pelo cultuado flagship OnePlus One, vai fornecer sistemas para pesquisa e desenvolvimento da Qualcomm, além de reformular sua marca. 

Nos bastidores, porém, o que se comenta é que a parceria entre as duas empresas deve se aprofundar nos próximos anos, e que pode evoluir para o desenvolvimento de dispositivos e até mesmo um sistema operacional independente. De qualquer modo, a Qualcomm, que chegou ao MWC ferida após "perder" o Galaxy S6, deixa no ar uma gama enorme de possibilidades. E promete surpresas em 2015.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares