12/04/2015 08h00 - Atualizado em 12/04/2015 08h00

Arduino ou Raspberry Pi? Saiba qual micro PC é melhor para seu projeto

Diego Sousa
por
Para o TechTudo

As plataformas Arduino e Raspberry Pi conquistaram os apaixonados por tecnologia por oferecerem praticidade na criação de invenções e por ajudar no ensino de linguagens de programação, eletrônica e robótica. Some a simplicidade dos dois computadores a seus preços acessíveis e tamanhos diminutos e o resultado final só poderia ser o sucesso. Mas qual aparelho é melhor e em qual você deve apostar caso esteja em busca de um minicomputador? O TechTudo comparou as principais características entre o Arduino e o Raspberry Pi e vai ajudá-lo a escolher entre as plataformas.

Micro PC Onion Omega roda Linux e promete ser concorrente do Raspberry Pi

O que, como, quando e por que?

Arduino é ideal para controle de hardware, já Raspberry é indicado para projeto com software (Foto: Divulgação)Arduino é ideal para controle de hardware, já Raspberry Pi é indicado para projeto com software (Foto: Divulgação)

O Arduino foi criado em 2005 na Itália como parte de um projeto educacional. A ideia era fazer com que a placa interagisse com aplicações escolares. Em sua fase inicial, 50 mil unidades da plataforma foram vendidas. Basicamente, o Arduino é um microcontrolador, ou seja, ele é indicado para projetos eletrônicos e elétricos de controle de hardware, como sensores e motores.

A placa básica do Arduino é composta por um controlador Atmel AVR de 8 bits (algumas versões chegam a 32 bits), conexões digitais e analógicas e entrada USB para ligação simples e direta a computadores. Os projetos do Arduino devem ser feitos através da linguagem C, que é compilada e executada pela própria placa, sem necessidade de sistema operacional. Como a plataforma trabalha diretamente com hardware, ela suporta e transmite uma corrente elétrica de até 40 mA. A placa possui memória RAM de 2 KB e consome 175 mW.

O Rapsberry PI foi lançado em 2012 pela Raspberry Foundation para ajudar crianças no estudo de programação com baixo custo. A placa, do tamanho de um cartão de crédito, é um computador completo, com entrada para cabo de rede, áudio, vídeo e cartão microSD. O Raspberry Pi é, na verdade, um microprocessador ideal para desenvolvimento de software. A principal versão do minicomputador possui processador ARM Cortex-A7 quadcore de 900 MHz e 1 GB de memória RAM e suporta toda a gama de sistemas operacionais baseados em GNU/Linux e também trabalhará com Windows 10, que será lançado em breve pela Microsoft. Sua capacidade de transmissão de corrente elétrica vai de 5 a 10 mA e seu consumo é de 750 mW.

Utilização e projetos já criados

Arduino UNO: Microcontrolador suporta tensão de entrada de até 12 V (Foto: Divulgação) Arduino UNO: Microcontrolador suporta tensão de entrada de até 12 V (Foto: Divulgação)

Como já foi dito, o Arduino é um microcontrolador ideal para projetos com hardware. Como ele não possui sistema operacional e suporta uma grande carga elétrica, é a plataforma ideal para automação de casas, como abrir portas de garagem ou acender as luzes remotamente, ou projetos de robótica, para quem deseja explorar mais a fundo a capacidade do computador.

Existem diversas criações feitas com o Arduino em sites especializados, quase sempre com tutorial explicando o passo a passo para tirar o projeto do papel e fazê-lo funcionar. A fechadura eletrônica que abre com uma combinação de cores é baseada em uma placa Arduino, LEDs RGB e potenciômetros, que criam as variações no teclado onde se deve digitar a combinação correta para destrancar a fechadura.

Fechadura eletrônica desenvolvida com Arduino (Foto: Reprodução/Hackaday)Fechadura eletrônica desenvolvida com Arduino (Foto: Reprodução/Hackaday)

Outra invenção utilizando o Arduino é um sistema que também utiliza LEDs coloridos, dessa vez, para notificar a chegada de e-mails e, dependendo da cor, sinalizar se a mensagem é profissional, uma newsletter ou de outros tipos.

Onde comprar peças de computador baratas no Brasil? Opine no Fórum do TechTudo

Com uma placa de Arduino e alguns componentes simples, como LEDs, potenciômetros, transistores, jacks de áudio e resistores é possível montar um pedal de guitarra totalmente funcional que fará você economizar um bom dinheiro na loja de instrumentos.

Pedal de guitarra feito com Arduino (Foto: Reprodução/Instructables)Pedal de guitarra feito com Arduino (Foto: Reprodução/Instructables)

O Raspberry Pi também possui um grande portifólio de invenções, mas normalmente voltadas para o uso de softwares e com diversas linguagens de programação. O primeiro telescópio feito em uma impressora 3D é equipado com uma placa de Raspberry Pi e seu módulo de câmera é capaz de ampliar o tamanho dos objetos em até 160 vezes. É possível ter ótimas imagens da lua, ver outros planetas e galáxias distantes.

Telescópio com módulo do Raspberry Pi custa cerca de R$ 400 e amplia imagens em até 160 vezes (Foto: Divulgação)Telescópio com módulo do Raspberry Pi custa cerca de R$ 400 e amplia imagens em até 160 vezes (Foto: Divulgação)

Zach Freedman criou uma versão do Google Glass com o Raspberry Pi, provando que o minicomputador também pode fazer parte das tecnologias que serão utilizadas como acessórios fashion. Com uma placa, um par de óculos destinado para ver vídeos do iPod, um pequeno teclado e trackpad e um carregador, ele se tornou praticamente um ciborgue com conexão Wi-Fi.

Versão caseira do Google Glass feito com Raspberry Pi (Foto: Reprodução/Geeknizer)Versão caseira do Google Glass feito com Raspberry Pi (Foto: Reprodução/Geeknizer)

E o Raspberry Pi também funciona em projetos de hardware, só é necessário utilizar os componentes e a voltagem correta para não danificar a placa. O Sunrise/Sunset Timer for Christimas Light, criado por Robert Savage, é um sensor que acende ou apaga as luzes de Natal da casa, de acordo com a hora do dia, e é baseado em código Java escrito no microprocessador.

Versões e complementos

Até o momento, o Arduino possui 21 versões. As diferenças entre elas estão na capacidade de processamento, voltagem de funcionamento, memória e número de conexões. Todas elas podem ser conectadas a computadores e a maioria possui entrada USB. As placas podem ser modificadas livremente de acordo com a necessidade de cada projeto, mas é possível adquirir extensões chamadas Shields que, conectadas ao Arduino, o transformam. Existem Shields para conexão à internet com cabo de rede, Wi-Fi, para controle de motores, para aumentar o número de portas USB, entre outras.

Ligadas ao Arduino, Shields podem conectar microcontrolar à internet (Foto: Divulgação)Ligadas ao Arduino, Shields podem conectar microcontrolar à internet (Foto: Divulgação)

A versão básica do Arduino custa € 20 (cerca de R$ 68) e é possível importar para o Brasil. Também existem revendedores autorizados no país e há quem venda versões modificadas da plataforma.

A Raspberry Foundation anunciou, recentemente, a versão 2 do Raspberry Pi Model B que tem como principal diferencial a conexão via porta Ethernet e é recomendado para utilização escolar por sua versatilidade. Seu preço é US$ 35 (cerca de R$ 110). Além dele, existe o Model A+ que não conta com conexão direta para a internet, mas pode ficar online através de um adaptador Wi-Fi, e é indicado para projetos menos complexos e parrudos. O Model A+ custa US$ 20 (cerca de R$ 62). Ambas as versões são vendidas online e em lojas brasileiras. Pelo preço baixo e caráter educacional do produto, é possível importar a plataforma sem ser taxado.

O único complemento lançado oficialmente para o Raspberry Pi é seu módulo de câmera que fotografa em até 5 megapixels, faz vídeos até 1080p e filma em slow-motion e timelapse.

Módulo de câmera é o único complemento lançado para o Raspberry Pi (Foto: Divulgação)Módulo de câmera é o único complemento lançado para o Raspberry Pi (Foto: Divulgação)

É preciso avaliar qual tipo de projeto você quer fazer antes de decidir entre o Arduino e o Raspberry Pi. Ambos são ferramentas extremamente poderosas e podem até trabalhar em conjunto. Tudo depende da sua capacidade de criar.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Dj Maya
    2017-09-04T16:01:07

    Me impressiono com o saber dos comentaristas até hoje...

  • Diego Silva
    2015-11-09T17:13:08  

    por favor tensão OK voltagem nao ,tensão !!!!!

    recentes

    populares

    • Diego Silva
      2015-11-09T17:13:08  

      vdd ! mas voltagem ainda é usada pela velha guarda !

  • Diego Silva
    2015-11-09T17:16:35

    lendo os comentários abaixo é a prova que as pessoas nao entenderam para quem servem os dois e em que caso voce pode usar eles !!!!

  • Roberto Alam
    2015-11-11T09:34:13  

    arduino não é um computador!!!

    recentes

    populares

    • Roberto Alam
      2015-11-11T09:34:13  

      claro que é, dá uma pesquisada antes de comentar.

  • Gleydson Pantoja
    2015-04-12T15:12:08  

    Em uma era em que tudo eh em chip isso ae eh pre-historico ... windows

    recentes

    populares

    • Gleydson Pantoja
      2015-04-12T15:12:08  

      se voce soubesse o que um chip voce acharia que toda a nossa tecnologia é pré-histórica !!!

  • Eduardo Almeida
    2015-05-07T14:59:24

    Ótima matéria, completa e bem escrita! Sabia um pouco de cada, agora está tudo interligado na cabeça :-)

  • Darlington Ribeiro
    2015-04-12T23:53:41  

    hahahaha O melhor da reportagem é postar uma foto de um conversor de mídia da Allied Telesis e informar ser um pedal de guitarra. Ri muito.

    recentes

    populares

    • Darlington Ribeiro
      2015-04-12T23:53:41  

      kkkkkkkk

  • Dickloko
    2015-04-13T09:54:02

    gozando litros aqui

  • Flavio Kazuo
    2015-04-12T17:20:15

    Esses que parecem ai não prestam testei.. lento e trava...!

  • Gleydson Pantoja
    2015-04-12T15:14:42

    ja existem melhores em chip ...!!

  • Jones Silva
    2015-04-12T13:57:46

    Diego Sousa, no seu título informou Micro PC e no conteúdo Minicomputador. O certo é minicomputador, mesmo!

  • Carlos Santos
    2015-04-12T12:07:05

    E Poderia ser melhor. Bom Zinho.

  • Geraldo Gomes
    2015-04-12T09:21:03

    Para sistemas de controle o Arduino é muito mais fácil de usar. Para projetos mais complexos é indicado o Raspberry, mas para usa-lo também será mais complexo.