Internet

06/04/2015 16h21 - Atualizado em 06/04/2015 16h21

Microsoft 40 anos: ‘O que mais importa agora é o que fazer a seguir’

Juliana Pixinine
por
Para o TechTudo

Em comemoração aos 40 anos da Microsoft, completados no último sábado, dia 4 de abril, Bill Gates enviou uma carta aos funcionários da companhia, na qual refletiu sobre o passado e o futuro da gigante do software. Em tempos de pré-lançamento do Windows 10 e Office 2016, o recado é motivador.

Project Spartan: 10 coisas que você precisa saber sobre o sucessor do IE

A Microsoft foi criada em 4 de abril de 1975, em Albuquerque, no Novo México, Estados Unidos, pelo então estudante da Universidade de Harvard, Bill Gates, e Paul Allen, que havia largado a Washington State University para tentar ganhar dinheiro com programação. A companhia de software logo atingiu o sucesso e cerca de 85% dos PCs têm o Windows instalado. Agora, o Windows 10 bate à porta.

Bill Gates envia cartas aos funcionários pelos 40 anos da Microsoft (Divulgação/Gates Notes)Bill Gates envia cartas aos funcionários pelos 40 anos da Microsoft (Divulgação/Gates Notes)

Gates, hoje mais distante das funções executivas da Microsoft, inicia a carta relembrando suas ambições junto com Allen. “Nós definimos a meta de um computador em cada mesa e em cada casa. Foi uma idéia ousada e um monte de gente pensou que estávamos loucos para imaginar que isso era possível”, escreveu.

Logo depois, houve a explosão na popularização de computadores pessoais e é incrível pensar como a computação evoluiu nas últimas quatro décadas. Gates, que diz pensar mais no futuro, acredita que a evolução será ainda maior nos próximos 10 anos e afirma que o futuro é ainda mais "tech".

“Nós já vivemos em um mundo multiplataforma e a computação se tornará ainda mais penetrante”, acredita.

Na carta, Gates elogia Satya Nadella, atual CEO, e fala sobre seu papel de conselheiro. “Eu começo a juntar produtos avaliados e estou impressionado com a visão e talento que vejo. O resultado é evidente em projetos como Cortana, Skype Translator e HoloLens”, acrescentando que essas são apenas algumas das muitas inovações que estão a caminho.

Ao falar sobre a era “pós-PC”, com a proliferação de smartphones e tablets, Gates diz que os objetivos continuam semelhantes aos da fundação. “A tecnologia ainda está fora do alcance de muitas pessoas, porque é complexa ou cara, ou eles simplesmente não têm acesso. Então eu espero que você pense sobre o que pode fazer para tornar o poder da tecnologia acessível a todos”, propõe.

O fundador termina com um agradecimento aos funcionários, “obrigado por ajudar a tornar Microsoft uma fantástica empresa agora e para as próximas décadas”, e deixa um recado: “O que mais importa agora é o que fazer a seguir”.

A carta completa foi divulgada no Twitter, em inglês.

Via Mashable

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Antonio Souza
    2015-04-07T11:03:20

    Gosto muito do mundo Windows, mas também gosto muito do mundo Linux. Android, que pra mim é um Linux também, é um paixão. Ainda não me adaptei ao Windows Phone. Gostaria muito que houvesse um sistema Windows básico com código aberto. Seria uma plataforma de testes eterno que serviria de base para o Windows Full. Algo assim. Espero que a MS pense muito nisso. Todos sairiam ganhando. Obs: seria uma plataforma aberta, mas não gratuita. Mesmo que esse pagar fosse em termos de serviços.