Notebook

13/04/2015 06h00 - Atualizado em 13/04/2015 06h00

Notebook ou Ultrabook? Veja em qual aparelho vale mais a pena investir

Elson de Souza
por
Para o TechTudo

Os ultrabooks estão roubando o espaço dos notebooks ultimamente e conquistam cada vez mais usuários. Com a promessa de portabilidade, esses aparelhos prometem ser ideal para quem precisa levar um equipamento para todos os lugares, mas não gosta de tablets. Se você está na dúvida se vale a pena investir em um ultrabook ou comprar um notebook simples, o TechTudo traz um comparativo com todos os prós e contras dos dispositivos.

HP ou Dell: qual das marcas oferece os ultrabooks com melhor performance?

Afinal, o que é um ultrabook?

O conceito de ultrabook ainda é confuso para muitos usuários e é importante defini-lo antes de começar a análise. Criado pela Intel em 2011, o termo é usado para batizar notebooks com Windows com um design mais portátil em relação aos convencionais.

Yoga Pro 2 é um ultrabook fino da Lenovo e que pode ser usado em diversas posições (Foto: Divulgação/Lenovo)Yoga Pro 2 é um ultrabook fino da Lenovo e que pode ser usado em diversas posições (Foto: Divulgação/Lenovo)

Em uma comparação, os ultrabooks são os concorrentes do Macbook Air, da Apple, enquanto os notebooks concorrem com os Macbooks Pro. Confira mais informações sobre o que é um ultrabook e como a categoria surgiu nesse artigo.

Portabilidade e design

Por serem mais finos e leves, os ultrabooks são uma escolha mais adequada para profissionais que precisam carregar seus computadores para baixo e para cima. Estes aparelhos se encaixam facilmente na mochila e não devem causar incômodos aos serem transportados por várias horas.

Já aqueles que utilizam computadores apenas no escritório ou em casa, sem grandes deslocamentos, podem optar por um notebook. Com um peso que varia entre dois e três quilos, esses aparelhos oferecem uma maior liberdade em relação aos computadores de mesa e não devem incomodar em trajetos curtos e esporádicos.

Entradas do modelo S451LA, da Asus (Foto: Larissa Ferrari/TechTudo)Apesar de mais grossos, notebooks podem ser opção para quem trabalha em casa (Foto: Larissa Ferrari/TechTudo)

Há ainda duas categorias de ultrabooks híbridos que devem ser levadas em consideração. A 2-em-1 é composta por modelos com a capacidade de destacarem suas telas do teclado e funcionar como um tablet. Já o conversível pode ser girado e dobrado de forma que se transforme em um tablet ou possa ser utilizado na forma tenda ou stand.

Dell XPS 12 é um ultrabook com versões conversível e 2-em-1 (Foto: Divulgação/Dell)Dell XPS 12 é um ultrabook com versões conversível e 2-em-1 (Foto: Divulgação/Dell)


Desempenho

Embora tragam chips de última geração, como o Core i7 e o Core M, os ultrabooks costumam largar atrás quando o assunto é potência. Por serem muitos finos, as fabricantes optam por não incluir alguns hardwares importantes, como placas de vídeos. Isso pode causar certa decepção nos usuários.

Além do baixo peso, notebook gamer da Asus tem apenas 0,8 polegadas de espessura (Foto: Divulgação/Asus) (Foto: Além do baixo peso, notebook gamer da Asus tem apenas 0,8 polegadas de espessura (Foto: Divulgação/Asus))<b>Notebook tendem a apresentar melhor desempenho em jogos que ultrabooks</b> (Foto: Divulgação/Asus)

No geral, os ultrabooks se saem bem para tarefa do dia a dia, como edição de documentos do Office, navegação na Web e Adobe Photoshop, por exemplo. Já atividades que exigem muito da máquina, como jogos com gráficos no máximo e edição de vídeos em alta definição, prometem ser aquém do esperado.

Portanto, opte por um ultrabook apenas se você não tem grandes pretensões para jogos e ferramentas de edição muito avançadas. Caso contrário, dê preferência a um notebook mais potente ou voltado para o público gamer, que trazem todos os hardwares necessários para tarefas pesadas.

Dicas para montar um PC Gamer compatível em 2015! Comente no Fórum do TechTudo.

Armazenamento

Outro ponto em que os ultrabooks “derrapam” é o espaço. Por usarem discos SSD, esses aparelhos trazem armazenamento que variam de 64 GB a 512 GB. Isso não deve ser um problema se você não costuma instalar muitas coisas no computador e nem guarda muitos arquivos. Um HD externo ou cartão SSD devem ajudar, mas representem gastos adicionais.

Notebooks possuem mais armazenamento para quem quer guardar filmes e jogos (Foto: Divulgação/CCE)Notebooks possuem mais armazenamento para quem quer guardar filmes e jogos (Foto: Divulgação/CCE)

O SSD dos ultrabooks tem ainda a vantagem de serem mais rápidos do que um HD comum. Com isso, o Windows tende a iniciar rapidamente nesses dispositivos, chegando a três segundos em alguns casos.

Já os notebook são a melhor alternativa para quem deseja guardar filmes, jogos, fotos e músicas no computador. Atualmente, é possível encontrar aparelhos acessíveis com HDs que variam de 500 a 700 GB. Além disso, modelos mais avançados apresentam discos híbridos SSHD, que misturam a velocidade dos SSD com a capacidade dos HDs tradicionais.

Como saber a geração do processador do meu notebook? Comente no Fórum do TechTudo.

Bateria

Se você precisa trabalhar por horas longe da tomada, os ultrabooks tendem a ser a melhor opção. Esses aparelhos são desenvolvidos para reduzir o consumo de energia, podendo chegar até 10 horas sem pedir carga. No entanto, é preciso ficar atento aos processadores presentes no mesmos.

Lenovo Yoga Pro 3 é um ultrabook superfino com processador Core M (Foto: Divulgação/Lenovo)Lenovo Yoga Pro 3 é um ultrabook superfino com processador Core M (Foto: Divulgação/Lenovo)

Ultrabooks com chips Core i5 ou i7 de quarta ou quinta geração prometem oferecer um melhor equilíbrio entre a potência e a duração da bateria. Já os aparelhos como os novos chips Core M, como o Lenovo Yoga Pro 3, são melhores na portabilidade e consumo de energia, já que dispensam a ventoinha, mas perdem em performance.

Se você for optar por um notebook, dê preferência aos modelos com chips de quarta ou quinta geração da linha Core i, da Intel, bem como componentes atualizados. Assim, é possível garantir que estes terão autonomia.

Driver de CD/DVD

Os CDs, DVDs e até mesmos os Blu-rays caíram em desuso nos últimos anos, após a popularização de serviços como o Netflix e de lojas online de programas e jogos. No entanto, se estes componentes ainda forem importante para você, opte por um notebook.

Drivers de DVD externos podem ser necessários para donos de ultrabooks (Foto: Divulgação/Samsung)Drivers de DVD externos podem ser necessários para donos de ultrabooks (Foto: Divulgação/Samsung)

Para se manterem finos e portáteis, os ultrabooks não trazem leitores de discos, assim como o Macbook Air, da Apple. Uma alternativa para os donos desses aparelhos, no entanto, é comprar um driver externo, que pode ser conectado com o computador através da porta USB. De novo, mais um gasto extra.

Preço

Toda a inovação dos ultrabooks tem um preço, bem pesado, aliás. Atualmente, é possível encontrar modelos mais simples de ultrabooks a partir de R$ 1.8 mil em lojas online. No entanto, esses dispositivos chegam a ter peso e espessura quase iguais aos de notebooks convencionais, o que elimina sua principal vantagem. Já os tops de linha podem chegar a valores astronômicos de R$ 9 mil.

Ultrabooks apresentam preço elevado em relação aos notebooks convencionais (Foto: Divulgação/Dell)Ultrabooks apresentam preço elevado em relação aos notebooks convencionais (Foto: Divulgação/Dell)

Os notebooks, por outro lado, são bem mais acessíveis. Um modelo mais simples e com configurações bem modestas pode ser encontrado por a partir de R$ 600.  Já aparelhos mais completos podem ser encontrados com preços iniciais de R$ 2.2 mil, o que não é nada mal em comparação com os ultrabooks. Quando falamos de modelos gamers, aí os preços podem ir para as alturas.

Conclusão

Se você é um usuário que busca portabilidade e duração de bateria, opte por um ultrabook. A nova categoria de produtos é ideal para ser carregada para todos os lados, mas é preciso preparar o bolso. Afinal, um bom modelo vai passar facilmente dos R$ 3 mil.

Notebooks ainda são a melhor opção para quem quer pegar menos por mais potência (Foto: Divulgação/Dell)Notebooks ainda são a melhor opção para quem quer pegar menos por mais potência (Foto: Divulgação/Dell)

Já os notebook são ideais para quem está à procura de aparelhos para jogos de última geração, tarefas pesadas, grande armazenamento e que dispensem a compra de acessórios. Além disso, é preciso destacar que o custo-benefício desses modelos no Brasil é bem melhor do que os ultrabooks. 

A partir dos prós e contras das duas tecnologias, pense no seu perfil de usuário e vá em frente na sua escolha. Boa compra e boa sorte com o novo "brinquedinho"!


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Observador
    2016-05-25T10:17:03

    Falou bobagem, Renato. Ultrabook é marca registrada da Intel. Para usar esse nome tem que ser da Intel e tem que rodar windows. É que nem champagne. Só pode ter esse nome na garrafa se for fabricado na região de Champagne na França. Senão, tem que chamar de espumante ou de outra coisa qualquer. Informe-se antes de criticar, mané !

  • Observador
    2016-05-25T10:15:59

    Falou bobagem, Renato. Ultrabook é marca registrada da Intel Para usar esse nome tem que ser da Intel e tem que rodar windows. É que nem champagne. Só pode ter esse nome na garrafa se for fabricado na região de Champagne na França. Senão, tem que chamar de espumante ou outra de coisa qualquer. Informe-se antes de criticar, mané !

  • Renato
    2015-04-13T16:29:44  

    "o termo é usado para batizar notebooks com Windows". Então se eu instalar o Linux em um ultrabook, ele deixa de ser ultrabook? Pra que ler o resto da "notícia" se na primeira definição já começou errado?

    recentes

    populares

    • Renato
      2015-04-13T16:29:44  

      Eu pensei a mesma coisa.

  • Marco Antonio
    2015-06-15T11:19:44

    num conjunto geral e principalmente se vc tiver algum problema e hp, so nao compre nunca um equipamento LENOVO, vai se arrepender amargamente ate o fim da sua vida

  • Renan Miotto
    2015-04-13T16:14:37

    Tbm estou satisfeito com meu Dell, como diz a matéria passa facilmente dos 3 mil.

  • Antonio Souza
    2015-04-13T14:01:56

    Enfim. Estou muito mais satisfeito usando um notebook de 1700 reais de boa qualidade.