Internet

14/05/2015 11h57 - Atualizado em 14/05/2015 11h57

Sob críticas, Internet.org alcança 1 bilhão de pessoas com o Facebook

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

Sob críticas de todos os tipos, o Internet.org chegou a Malawi, na África, e com isso alcança agora 1 bilhão de pessoas. O projeto do Facebook tem o objetivo de levar Internet de graça a usuários que não têm condições de pagar pelo serviço. Mesmo com uma meta nobre, o programa vem recebendo duras análise em diferentes países. Entenda a polêmica sobre os planos de Mark Zuckerberg e parceiros.

Facebook: 5 coisas que você precisa saber sobre a parceria Dilma e Zuckerberg

Internet.org (Foto: Reprodução/Internet.org)Projeto do Facebook planeja levar acesso a internet a dois terços do mundo (Foto: Reprodução/Internet.org)


Polêmica

A principal crítica ao projeto de Zuckerberg, acusa o CEO, de Palo Alto, de estar privilegiando alguns serviços em detrimento de outros. Isso acontece porque, por enquanto, somente algumas páginas podem ser acessadas gratuitamente através do Internet.org. A polêmica começou na Índia, quando várias empresas acusaram a campanha do Facebook de ir contra o conceito de neutralidade da rede. 

Em resposta as críticas, Zuckerberg convidou desenvolvedores a criar conteúdo para o Internet.org e reforçou a necessidade de expandir o acesso à Internet. "Todas as pessoas do mundo merecem ter acesso as oportunidades que a Internet possibilita. E todos nós podemos nos beneficiar pelas perspectivas, criatividade e talento das pessoas que ainda não estão conectadas", disse em seu perfil. 

Internet.org em números

Em meio a tudo isso, o projeto já chegou a 11 países, permitindo que mais de 9 milhões de pessoas acessem serviços básicos através da Internet pela primeira vez. Ao todo, o alcance da plataforma já é de cerca de 1 bilhão de pessoas, e Zuckerberg garante que o projeto não vai parar por aí. 

Zuckerberg comemorou alcance do seu projeto (Foto: Divulgação/Facebook)Zuckerberg comemorou alcance do seu projeto (Foto: Divulgação/Facebook)

“Com esse lançamento, o Internet.org está disponível para mais de 1 bilhão de pessoas no mundo. Dar acesso grátis às pessoas é a coisa certa a fazer. Vamos continuar conectando mais pessoas e países, e não vamos parar até que todos no mundo possam entrar na Internet”, escreveu o cofundador do Facebook.

Qual a sua rede social favorita? Comente no Fórum do TechTudo.

Iniciado em 2013, o Internet.org é um projeto ambicioso, que visa levar conexão para todos. Com a parceria de grandes empresas da tecnologia, o Facebook lidera a campanha que pretende alcançar os dois terços do mundo que ainda não estão conectados. No geral, o projeto garante acesso a serviços básicos como apps de mensagens, redes sociais e buscadores, de graça, em regiões pobres de várias partes do planeta. 

Via Facebook e Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Edmund Burke
    2015-05-14T17:55:35  

    Seria bom pra países fechados que os governos censuram os meios de comunicação, controlam as informações e manipulam as mentes da pessoas. Vide países comunistas, islâmicos e ditaduras de direita.

    recentes

    populares

    • Edmund Burke
      2015-05-14T17:55:35  

      Ditadura de esquerda não? O que é um país comunista?

  • Diego Almeida
    2015-05-14T15:36:46

    Agua e comida não tem... mas internet tem que ter... Legal!