Jogos de raciocínio

04/06/2015 16h37 - Atualizado em 04/06/2015 17h04

Brasil Mega Arena une fãs de Minecraft, Crossfire e Mobas no RJ

Felipe Vinha
por
Do Brasil Mega Arena

O Brasil Mega Arena é um evento de games que ocorre no Rio de Janeiro entre os dias 4 e 7 de junho. Reunindo fãs de Minecraft, Crossfire, Hearthstone, League of Legends e outros jogos populares, ele traz ainda torneios oficiais com premiação em dinheiro, confraternização entre jogadores profissionais e o público, além de celebridades da Internet.

League of Legends: data final da segunda etapa brasileira é remarcada

Assista ao vídeo que mostra o "clima" do evento abaixo:


Dia de recepções

O primeiro dia do evento, em pleno feriado, contou com pouco mais de duas mil pessoas, além de torneio de DotA 2 e partida de apresentação de Heroes of the Storm, que acabou de ser lançado no mercado. CrossFire e League of Legends também tiveram seus momentos, ainda que as grandes finais desses jogos estejam agendadas apenas para o final de semana.

Brasil Mega Arena reuniu fãs de eSports e jogos no Rio de Janeiro  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Brasil Mega Arena reuniu fãs de eSports e jogos no Rio de Janeiro (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Estandes de grandes marcas ligadas aos games e “barraquinhas” com vendas de itens temáticos também estão presentes ao longo da feira, que ocupa todo o segundo andar da área de comercial do Centro de Convenções SulAmérica, no Centro do Rio.

Público se reuniu para conferir torneios de Dota, LoL e mais  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Público se reuniu para conferir torneios de Dota, LoL e mais (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

As cenas mais comuns eram as de pais e filhos entrando em filas para jogar games como Crossfire e Hearthstone, que contam com áreas próprias de jogo livre, além de brindes temáticos. O evento também apresenta uma área exclusiva de Minecraft, título que é febre no mundo todo e já vendeu milhões de cópias digitais e físicas nos consoles e PCs.

Hearthstone foi um dos jogos disponíveis para "free play" na BRMA  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Hearthstone foi um dos jogos disponíveis para "free play" na BRMA (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

A primeira vez no Rio

Segundo Felippe Corradini, criador e organizador do Brasil Mega Arena, esta primeira vez do evento no Rio de Janeiro foi um teste, mas que deve ser repetido em breve. “Fazer qualquer coisa aqui no Rio é mais caro, por isso fizemos esse primeiro para testar, mas gostamos do resultado, e devemos ter outro até o final do ano, a ser confirmado”.

Felippe Corradini, criador do evento, diz que a ideia é rodar o Brasil, com diversas sedes  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Felippe Corradini, criador do evento, diz que a ideia é rodar o Brasil, com diversas sedes (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Segundo Felippe, porém, a ideia não é substituir a Brasil Game Show, evento que começou no Rio de Janeiro, mas que hoje é organizado apenas em São Paulo. “Temos um outro alvo. O Brasil Mega Arena é focado em eSports, e não em games de console. Além disso, temos a ideia de correr o Brasil inteiro com ele, e não apenas no Rio ou em São Paulo”, explica.

O foco do Brasil Mega Arena é nos esportes, e não nos consoles  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)O foco do Brasil Mega Arena é nos esportes, e não nos consoles (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Qual é o melhor jogo: DotA ou LoL? Opine no Fórum do TechTudo.

Corradini garante que os esportes eletrônicos agradam o público da feira. Segundo ele, as pessoas chegam para assistir às partidas e também interagir com suas “celebridades”, como os jogadores profissionais ou YouTubers que comentam e narram partidas na Internet.

Famílias unidas pelos games

O Brasil Mega Arena também é local de reunião familiar. Pais e filhos de diversas idades estiveram no evento para conferir não apenas as atrações, mas para conhecer melhor o gosto do outro. “Trouxe meu filho pois eu sei que ele gosta. Trabalho com informática e sei que isso tem futuro, além de incentivar o gosto dele, o encorajo para que ele invista nisso no futuro”, disse Roberto Motta, de 53 anos, que veio com o filho João Felipe, de 11, além de outros amigos.

Roberto Motta veio com o filho João, de 11 anos (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Roberto Motta veio com o filho João, de 11 anos (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Já Haroldo Bulhosa veio com o filho Lucas, de 15 anos, para tirar foto com YouTubers e ver os campeonatos de Crossfire e Dota 2. “Tirei muitas fotos com os YouTubers que eu gosto e peguei autógrafos”, disse Lucas.

Lucas, filho de Haroldo, veio pegar autógrafos e fotos com YouTubers (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Lucas, filho de Haroldo, veio pegar autógrafos e fotos com YouTubers (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

A presença em maior quantidade de pessoas mais jovens e crianças não intimidou o público mais velho. Eles também curtiram e aproveitaram o que os games, e também esportes eletrônicos, tiveram a oferecer – seja com adereços de fantasia, chapéus extravagantes ou brincadeiras que rolavam também na área de jogo livre, com títulos como Just Dance, Dragon Ball, Naruto, Street Fighter e Cavaleiros do Zodíaco.

Torneios

Os participantes dos torneios prometem conseguir bons resultados no Brasil Mega Arena. A premiação do Crossfire, por exemplo, ultrapassa os R$ 50 mil. Já o de League of Legends vai pagar R$ 15 mil, sendo R$ 8 mil para o time vencedor. Equipes populares, como Jayob, Pain Gaming e Keyd Stars estão no páreo.

João "Zuao" é um dos jogadores que disputa o prêmio de League of Legends  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)João "Zuao" é um dos jogadores que disputa o prêmio de League of Legends (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

João “Zuao” Vitor, 17 anos, jogador da equipe Big Gods, comentou que está ansioso para tentar ganhar a premiação de League of Legends. “Treino 12 horas por dia, de segunda a sexta. Ganhar este torneio vai ser bom, pois poderei usar o dinheiro para investir no meu futuro e fazer uma faculdade”, conta.

A Big Gods é uma das quatro equipes participantes do torneio de LoL. Zuao espera ter uma boa chance com a Jayob, time adversário que deve dar mais trabalho. “Eles têm alguns jogadores mais famosos, conhecidos no cenário. Mas esperamos que o torneio traga mais visibilidade para a Big Gos e que nosso número de fãs cresça!”, apontou.

Torneios de Crossfire também prometem agitar todo o evento  (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Torneios de Crossfire também prometem agitar todo o evento (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

O jogador diz ainda que aprova a ideia de ter um grande evento de games no Rio de Janeiro, que há tempos não recebe algo com a mesma estrutura do Brasil Mega Arena. “Eu sou do Rio, então é sempre importante ter grandes eventos de jogos para quem mora aqui”, finaliza.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares