Sistemas Operacionais

28/07/2015 16h10 - Atualizado em 28/07/2015 16h10

Google promete correção para brecha em 950 milhões de celulares Android

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O Google prometeu uma correção para a vulnerabilidade que afeta 950 milhões de celulares com Android no planeta. Engenheiros da empresa trabalham no update, que deverá sair na próxima semana para dispositivos da família Nexus, entre eles o Nexus 6. A informação foi confirmada em nota oficial enviada ao site Android Police.

Moto G 3 à prova d'água é revelado durante evento em São Paulo; saiba preço

Google promete começar a solucionar falha no Android pela família Nexus (Foto: Reprodução/Flickr)Google promete começar a solucionar falha no Android pela família Nexus (Foto: Reprodução/Flickr)

O Google nega que qualquer usuário tenha sido vítima de ataque devido ao problema. A empresa alega que a vulnerabilidade foi identificada em um ambiente de laboratório em dispositivos Android antigos.

“Até onde sabemos, ninguém foi afetado. Assim que fomos informados, tomamos imediatamente algumas medidas, como enviar uma correção aos nossos parceiros para proteger seus usuários”, informa a nota.

Problemas para baixar aplicativos na Google Play Store? Aprenda mais no Fórum do TechTudo

Detalhes mais aprofundados sobre a falha no Android só serão revelados pela consultoria de segurança Zimperium, responsável pela descoberta, na primeira semana de agosto, quando será realizado um encontro do setor. A Blackhat ocorrerá em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A atualização prometida para a linha Nexus, embora sirva para reparar a falha identificada no MMS, faria parte do calendário usual de atualizações do sistema. O Google prometeu também liberar as correções no Android Open Source Project. Desta forma, fabricantes que usam o Android como base dos sistemas usados em seus celulares – como a ASUS com a ZenUI e a Samsung com a TouchWiz – poderão também adotar a correção. 

Via Android Police

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares