Internet

17/07/2015 10h57 - Atualizado em 17/07/2015 11h45

Neil Young quer tirar músicas de Spotify, Deezer e outros: ‘Falta qualidade’

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O astro do new age Neil Young usou seu perfil oficial no Facebook na quinta-feira (16) para atacar os serviços de streaming e anunciar que irá retirar toda sua discografia do Spotify, Deezer, Apple Music e outros similares. Segundo o cantor e compositor canadense, que defende o áudio de alta qualidade e é dono do player PonoPlayer, que só toca músicas baixadas, “o streaming tem o pior áudio da história”.

Spotify lança Musical Map: veja mais tocadas em SP, RJ e no mundo todo

A decisão de retirar suas músicas do streaming se deve pelo áudio, mesmo considerando que há também perdas financeiras nos acordos fechados entre Apple Music e seus rivais com as gravadoras.

Neil Young (Foto: Divulgação/New Young)Neil Young (Foto: Divulgação/New Young)


“É a qualidade do som. Eu não preciso ter minha música desvalorizada graças à pior qualidade na história da radiodifusão ou outras formas de distribuição. Eu não me sinto bem permitindo que isso esteja sendo vendido aos meus fãs. É ruim para minha música”, desabafou Young na rede social.

Young se refere mais precisamente ao áudio comprimido oferecido pela maioria dos serviços de streaming. Com exceção do Tidal, que ainda não funciona no Brasil com seu áudio sem perda de qualidade (lossless), todas as outras ofertas de música via streaming reduzem o tamanho da música – e, consequentemente, a qualidade – para que não haja demora no download ou stream online.

Confira o que oferece cada serviço em termos de qualidade de áudio:

Neil Young defende vinil e música de alta qualidade ao anunciar retirada de sua discografia do streaming (Foto: Reprodução/Facebook)Neil Young defende vinil e música de alta qualidade ao anunciar saída do streaming (Foto: Reprodução/Facebook)

Spotify

O mais popular de todos, o Spotify usa compressão no formato Ogg Vorbis a uma taxa de 320 Kbps para tentar manter a qualidade de áudio sem precisar aumentar o tamanho do arquivo. O resultado é um som nítido que, mesmo comprimido, é melhor do que o popular MP3.

Apple Music

Já Apple optou por uma compressão diferente para sua biblioteca de músicas, escolhendo o padrão mais recente AAC (Advanced Audio Coding, ou Codificação Avançada de Áudio). A uma taxa de bits de 256 Kbps, ele pode parecer de menor qualidade do que os 320 Kbps oferecidos pelo Spotify, porém, no final, eles se equiparam porque a compressão usada por ambos é muito diferente.

Deezer

O som do Deezer se equipara no papel ao Spotify, oferecendo os mesmos 320 Kbps de áudio em Ogg Vorbis. No entanto, o streaming francês também oferece opção de alta qualidade, ou seja, sem compressão alguma. O Deezer Elite é uma versão exclusiva que traz qualidade de CD para quem tem o player Sonos e, por enquanto, está disponível em 150 países, menos no Brasil.

Rdio

Desde outubro de 2014, o Rdio oferece áudio codificado em AAC, assim como no Apple Music, porém com uma taxa de bits mais alta, chegando a 320 Kbps. Assim, músicas tocadas nele conseguem mais qualidade e, ao mesmo tempo, economia de dados – embora, vale ressaltar, não seja tão perceptível a ouvidos pouco treinados. A vantagem é oferecida somente para assinantes do serviço pago.

'Nunca diga nunca'

O streaming vem ganhando tração por preço e comodidade, já que muitos consideram mais vantajoso pagar uma mensalidade para ter acesso a um acervo de 30 milhões de faixas, ao passo que em serviços como o oferecido pelo PonoPlayer é preciso comprar cada música e, é claro, adquirir o player por US$ 400, ou R$ 1254 em conversão direta, ainda sem taxas.

Mesmo o Pono também é alvo de fortes críticas quanto à sua qualidade de áudio, que muitos especialistas garantem não estar a par com outras alternativas de som sem compressão, como o próprio streaming do Tidal. Talvez por isso Neil Young tenha deixado o futuro em aberto. Por mais que tenha iniciado um de seus posts com “O streaming acabou para mim”, terminou com “Quando a qualidade voltar, vou dar mais uma olhada. Nunca diga nunca”.

Os fãs, no entanto, não foram todos de acordo com Yung. Muitos lembraram que começaram a ouvir suas músicas no rádio, com frequência ruim e muitos ruídos. O que não impedir de torná-los fãs.

Via Facebook

Qual é o melhor streaming e por quê? Comente no Fórum do TechTudo.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Bruno Ramos
    2015-07-22T15:51:47

    Interessante o OGG Vorbis chega a 500 kbps de taxa mantendo um arquivo com o tamanho de um arquivo de 320 kbps de taxa por causa do VBR com qualidade superior e eles não utilizam este recurso, e pode ser transmitido na Web de forma muito leve e sem travamentos.

  • Murilo Carvalho
    2015-07-17T13:26:31

    Besteirada, o problema é só o dinheiro, não pagaram o que ele queria e ele caiu fora.