23/08/2015 06h00 - Atualizado em 23/08/2015 06h00

Aparelho fácil de usar equipa a sua bicicleta com motor ‘smart’

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

Um projeto lançado no Kickstarter procura resolver o problema daqueles ciclistas que desejam ter uma bicicleta inteligente, sem perder o hábito convencional de pedalar. A solução recebe o nome de ONwheel, um motor smart desenvolvido pela Go-e que transforma uma bike comum em inteligente. O motor pode ser controlado via smartphone e dá ao veículo até 800W de potência.

Saiba o que esperar do novo skate voador da Lexus

A base do motor é instalada facilmente entre os pedais e a roda traseira, apenas com parafuso. Segundos os desenvolvedores, a instalação inicial pode ser feita por qualquer um em cerca de 5 minutos. Também é preciso inserir um suporte para a bateria, alojada em um dos ferros da bicicleta.

Go-e ONwheel, motor que transforma bicicletas comuns em e-bikes (Foto: Divulgação)Go-e ONwheel, motor que transforma bicicletas comuns em e-bikes (Foto: Divulgação/ Go-e)

Depois que a placa de montagem – onde ficam os sensores, botões de pressão para regulação de velocidade e um conector USB – está fixa na bike, o ciclista pode encaixar e desencaixar o ONwheel, que pesa 850 g, em apenas 5 segundos. Assim, o usuário pode escolher quando ter uma bicicleta normal e quando usá-la na forma de e-bike.

Pilha para controle remoto, qual marca escolher? Comente no Fórum do TechTudo.

Os sensores presentes na engrenagem detectam quando a pessoa está pedalando. Se houver pedalada, o motor impulsiona a roda traseira com potência adicional; caso contrário, ele sequer toca a roda. O dispositivo sai da fabricação com a potência definida em 250W e a velocidade em 25 km/h, mas o usuário pode ajustar para até 800W e 45 km/h, respectivamente. Com velocidade moderada, a bateria tem autonomia média de 60 km.

Pesando 850 g, motor tem potência de 800W e chega a 45 km/h (Foto: Divulgação)Com peso de 850 g, motor tem potência de 800W e chega a 45 km/h (Foto: Divulgação/ Go-e)

O aparelho ainda se conecta a smartphones via bluetooth, contando com aplicativo próprio para Android – os desenvolvedores afirmam estar trabalhando para torná-lo disponível para iOS e Windows Phone em breve. Pelo app, é possível definir velocidade e potência máximas, configurar os níveis de velocidade, visualizar a velocidade real, consultar o nível de carga da bateria e distância restante estimada. Além disso, o ciclista pode carregar o smartphone na porta USB.

Tantas vantagens fizeram com que os pacotes de venda no Kickstarter esgotassem rapidamente. Os dois mais baratos, de €399 e €449 (cerca de R$ 1.530 e R$ 1.730, respectivamente), já acabaram. Há ainda o pacote de €499 (cerca de R$ 1.920), que da direito ao kit completo de suplementos. A entrega será feita em outubro e, para o Brasil, é cobrada taxa adicional de €22 (cerca de R$ 85).

Via Kickstarter e Go-e

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Antonio Souza
    2015-08-23T22:08:21

    Esse sistema tem o inconveniente de gastar muito o pneu.