Internet

05/08/2015 14h38 - Atualizado em 05/08/2015 14h38

Facebook registra função de 'análise de crédito' com base nos amigos

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

Bancos poderão, no futuro, verificar se seus amigos têm débitos pendentes antes de conceder um empréstimo a você. Isso é o que sugere uma nova patente do Facebook, registrada nos Estados Unidos, que poderá permitir que instituições financeiras acessem o "histórico social" de seus contatos mais próximos na hora de fazer uma análise de crédito. Entenda a polêmica da 'análise de crédito'.

Facebook muda algoritmo para quem oculta muitos posts no feed; entenda

Bancos poderão rastrear situação financeira de seus amigos no Facebook antes de conceder empréstimos (Foto: Reprodução/Creative Commons)Bancos poderão rastrear situação financeira de seus amigos no Facebook antes de conceder empréstimos (Foto: Pond5)

A invenção menciona um sistema de bloqueio de spam teoricamente mais eficiente que, graças ao rastreio de uma rede de contatos, consegue determinar a validade de um e-mail suspeito. O problema é que a patente também engloba o mesmo sistema de rastreamento de contatos para outros fins, entre eles a concessão de empréstimos baseado nas suas conexões de amizade.

“Quando um indivíduo pede um empréstimo, o credor analisa o poder de crédito dos contatos da rede social (...). Se a classificação de crédito média desses contatos atender a uma pontuação mínima de crédito, o credor dá prosseguimento ao pedido de empréstimo. Caso contrário, o pedido é rejeitado”, descreve a patente.

Como em qualquer caso de documento de patente, dificilmente já há um produto pronto para ser lançado que use a tecnologia registrada ali. Portanto, ainda não se sabe quando e onde esse rastreio de crédito vai ser utilizado, muito menos que tipo de autorização do usuário ele deverá requerer para funcionar. 

Via The Next Web

Qual sua rede social favorita? Comente no Fórum do TechTudo.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares