Placas

27/08/2015 12h15 - Atualizado em 27/08/2015 12h15

Nova placa de vídeo poderosa da AMD promete ser a mais rápida do mundo

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

A AMD revelou oficialmente as especificações técnicas da aguardada R9 Nano. A placa, que havia aparecido numa apresentação da fabricante durante a E3, chega agora com configurações que a fazem, de longe, a placa de vídeo mini-ITX mais rápida do mundo. A nova R9 Nano começa a ser vendida em setembro por preços ainda não divulgados no mercado brasileiro.

Guia de placas de vídeo: saiba como comprar a melhor para o seu PC

O mais interessante na proposta da placa compacta é que gamers e entusiastas terão como montar Pcs muito pequenos, no formato mini-ITX, sem sacrificar a performance. 

Cercada de expectativa, a nova placa da AMD promete ser ideal para máquinas compactas e poderosas (Foto: Divulgação/AMD)Cercada de expectativa, a nova placa da AMD promete ser ideal para máquinas compactas e poderosas (Foto: Divulgação/AMD)

Usando GPUs construídas em torno da arquitetura Fiji, presente nas super placas Fury, lançadas pela AMD há alguns meses. Prova disso é que o processador gráfico da placa usa os mesmos 4096 núcleos stream encontrados na Fury X.

O grande diferencial da R9 Nano em relação às placas maiores é o foco maior em eficiência energética. A nova GPU deve dissipar, no máximo 175 watts de energia quando em alta demanda, o que é um contraste enorme em relação às placas de vídeo mais poderosas do mercado na atualidade, que ultrapassam com facilidade a casa dos 200 watts.

Apesar do tamanho, a R9 Nano tem o mesmo processador usado na irmã maior, a AMD Fury X (Foto: Divulgação/AMD)Apesar do tamanho, a R9 Nano tem o mesmo processador usado na irmã maior, a AMD Fury X (Foto: Divulgação/AMD)

Para por em perspectiva o quanto a placa é poderosa, mesmo sendo tão pequena, na estimativa da AMD, ela deve ser até 30% mais rápida do que uma R9 290X. Na comparação com a rival Nvidia, a R9 Nano venceria com facilidade uma disputa contra a versão mini-ITX da GTX 970, ao menos de acordo com os dados liberados pela fabricante.

Segundo a AMD, o baixo consumo de energia foi conquistado graças a um gerenciamento bastante agressivo dos recursos de aceleração de processamento da placa. Enquanto uma Fury em tamanho comum está praticamente o tempo todo de pé em baixo, a R9 Nano alterna estados de alta velocidade e de funcionamento econômico conforme a demanda.

AMD defende a placa como a mais rápida do mundo no padrão mini-ITX (Foto: Divulgação/AMD)AMD defende a placa como a mais rápida do mundo no padrão mini-ITX (Foto: Divulgação/AMD)

Esse sacrifício representa em torno de 200 MHz da velocidade da placa. Enquanto a Fury normal vai funcionar o tempo todo perto de 1 GHz, a R9 Nano terá um clock que gira na casa dos 850 MHz na maior parte do tempo. Nos Estados Unidos, onde começa a ser vendida em setembro, a R9 Nano será encontrada por preços a partir de US$ 649 (R$ 2.310, em conversão direta).

Dúvidas para montar um PC gamer? Dê uma olhada no Fórum do TechTudo!

Via AMD e Tom’s Hardware

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Kalashnikov
    2015-09-19T01:12:31  

    Sinceramente não sei o que há na AMD e na NVIDIA, a cada 1 mês lançam 79878971 placas de vídeo e assim o consumidor tem dificuldades em escolher um modelo que satisfaça-o

    recentes

    populares

    • Kalashnikov
      2015-09-19T01:12:31  

      Fora que isso desvaloriza o próprio produto que mal é lançado e já substituído por um sucessor melhorado e que muito das vezes não entrega 10% de ganho na usabilidade e com orçamento acima dos 40%. Podendo às vezes acarretar na descontinuação do produto anterior, que é pior ainda.

  • Maicol Vieira
    2015-08-30T15:06:50  

    Infelizmente quem acompanha essa surra que a Nvidia da na AMD infelizmente vai continuar, por esse valor ai quem vai querer pegar ela perto da Fury X ou da 980Ti. Tomara que a AMD faça algo urgente, pois quem perde é o consumidor final.

    recentes

    populares

    • Maicol Vieira
      2015-08-30T15:06:50  

      Inclusive surra de preços quando comparado placas da mesma categoria... Após ter vendido minha GTX 660Ti para pegar a GTX 970 e só então a R9 290X. obtive um ganho no FPS e ainda peguei uma grana de volta... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Isso com um Phenom II X6 1100T (que não dá gargalo e está comigo desde 2009), e olha que tem "fanboy" de Intel dizendo que processador AMD queima fácil.

    recentes

    populares

    • Maicol Vieira
      2015-08-30T15:06:50  

      x6 não gargala com uma 970 hehehe, amigo se informe melhor, parei de ler seu comentário nesta parte.

  • Rodrigo Rocha
    2015-09-21T08:18:25  

    Tudo isso pra ter gráficos de PS3, jogar dinheiro fora!

    recentes

    populares

    • Rodrigo Rocha
      2015-09-21T08:18:25  

      kkkkkkkk ta maluco?

  • Hugo Souza
    2015-08-28T12:57:11  

    649 DOLARES ????? espero que a AMD ainda exista daqui a 2 meses ...

    recentes

    populares

    • Hugo Souza
      2015-08-28T12:57:11  

      mal tu sabe que esse preço tá perfeito

    recentes

    populares

    • Hugo Souza
      2015-08-28T12:57:11  

      Perfeito onde? vantagem pega até a Fury X, claro que a 980Ti e muito mais vantajosa. Mas tem modelos melhores com esse preço do que a Nano

  • Lafaiete Alves
    2015-08-31T16:11:45

    Nos Estados Unidos, onde começa a ser vendida em setembro, a R9 Nano será encontrada por preços a partir de US$ 649 (R$ 2.310, em conversão direta).... Palavra-chave Nos EUA, porque no BRASIL ela deve custar no mínimo umas 3.000 Dilmas!!

  • Murilo Carvalho
    2015-08-30T09:08:40

    eu ainda me divirto com meu xbox 360 comprado a 6 anos atrás kkkk, jogo é o que não falta

  • William Alvarenga
    2015-08-27T19:40:47

    A AMD precisa mesmo baixar a bola da Nvidia, é ótimo pra todo mundo essa concorrência, e pro mercado Gamer.