14/08/2015 07h00 - Atualizado em 14/08/2015 07h00

Vale a pena comprar um notebook com o novo processador ‘top’ Xeon?

Gabriel Ribeiro
por
Para o TechTudo

Na última segunda-feira (10), a Intel anunciou de forma tímida que ia lançar processadores Xeon para notebooks. A linha é reconhecida pelo seu alto desempenho, sendo adotada em estações de trabalho e tendo seu uso mais comum em servidores. Mas será que vai valer a pena investir em dispositivo portátil com a CPU? Confira.

Overclockers fazem processador 'monstro' Skylake rodar a 6.8 GHz

Ainda não se tem muitos detalhes do Intel Xeon que virá nos notebooks (Foto: Divulgação/Intel)Ainda não se tem muitos detalhes do Intel Xeon que virá nos notebooks (Foto: Divulgação/Intel)

A primeira coisa que tem que ser pensada é que os processadores Xeon não são projetados para iniciantes. A ideia por trás da linha sempre foi ser um ponto fora da curva, oferecendo maior desempenho do que os outros chips da Intel.

Tirando o pessoal entusiasta, é muito difícil ver um PC de uso pessoal com um Xeon. Seu uso mais comum é em aplicações que demandam uma capacidade maior de processamento, como em servidores. Um dos pontos que contribuem para isso é a tecnologia diferenciada, como ser capaz de gerenciar uma maior quantidade de memória RAM.

Notebook da Lenovo com novo processador deve chegar até o final do ano (Foto: Divulgação/Lenovo)Notebook da Lenovo com novo processador deve chegar até o final do ano (Foto: Divulgação/Lenovo)

O modelo para notebooks será o Xeon E3 1500M v5, fabricado no processo 14 nm. Ele contará com suporte a Thunderbolt 3, e algumas tecnologias de proteção de hardware e correção de erros. Ainda não foi divulgado informações importantes como clock e quantidade de núcleos.

Dicas para montar um PC Gamer em 2015. Participe no Fórum do TechTudo.

A primeira fabricante a anunciar notebooks com o novo processador foi a Lenovo. Os ThinkPads P50 e P70 têm configuração robusta e, como já era esperado, preço nada convidativo: o mais barato sai por mais de R$ 5 mil, na conversão direta e sem impostos. Os modelos devem chegar aos EUA até o final do ano. 

Afinal, vale a pena?

Se você é um usuário casual, que usa PC apenas para navegar na internet e para trabalhar com programas leves, como editores de texto, esqueça: notebooks com processador Xeon não são para você.

Mesmo para quem utiliza o PC para jogos, notebooks com o novo processador podem ser considerados um investimento desnecessário. Hoje há opções satisfatórias no mercado e com um preço melhor. 

Agora se você trabalha com programas pesados, como renderização de vídeo ou modelagem 3D pode considerar um modelo com o novo processador.

Entretanto, é preciso levar em consideração a bateria. Quem compra um notebook não quer viver com ele plugado à tomada, não é mesmo? Por isso, é necessário esperar como o processador vai se comportar, já que por ser de alto desempenho a tendência é que ele consuma mais energia e tenha o tempo de autonomia prejudicado.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares