Jogos de ação

05/09/2015 19h26 - Atualizado em 05/09/2015 19h53

Equipe brasileira vence desafio e vai ao mundial de League of Legends

Felipe Vinha
por
De Santiago*

League of Legends teve sua etapa final do Desafio Internacional realizada neste sábado, 5 de setembro, no Chile, na Movistar Arena. O embate entre os brasileiros da Pain Gaming e os chilenos da Kaos Latin Gamers (KLG) valia uma vaga para o Mundial, que será realizado na Europa.

Saiba como micrar e caitar em League of Legends e mandar bem no MOBA 

A equipe do Brasil saiu vitoriosa, mesmo sobre fortes vaias que recebeu ao entrar na arena, reforçando a superioridade vista nas partidas anteriores, em São Paulo.

Equipe Pain vence time chilen e vai para a final do mundial de League of Legends (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)Equipe Pain vence time chilen e vai para a final do mundial de League of Legends (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)

Embate com clima épico

De casa cheia, a arena recebeu 10 mil pessoas, com 300 brasileiros entre o público, em sua maioria vindos de Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, incluindo os amigos Victor Hugo, 24 anos, e Ian Cabral, 21 anos. Os dois vieram da capital carioca para ver a Pain de perto. Ambos estiveram em jogos de LoL no RJ e São Paulo e não ficaram decepcionados com o que viram em Santiago. “Viajamos 14 horas até aqui, não me decepcionei. A Pain ficou bem melhor, apresentou um jogo melhor”, comemorou Victor, depois do resultado.

Após a apresentação inicial produzida pela Riot Games com clima cinematográfico, mostrando os membros da cada equipe e o clima de competição entre eles como se fosse uma guerra de super-heróis, o público recepcionou cada um dos jogadores no local, mas com gritos exaltados em prol do time chileno.

Gabriel “Kami”, que joga na posição do meio pela Pain, comentou no vídeo que tinha certo receio de jogar no Chile, pois toda a torcida estaria a favor dos adversários. Contudo, apesar de acreditar que o público é o “sexto jogador” de cada time, ele garantiu que não seria um fator decisivo para a vitória.

Desafio de League of Legends no Chile (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)Kaos Latin Gamers enfrentou a Pain no Chile em League of Legends (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Melhor de cinco

Os embates ocorreram no esquema “melhor de cinco”. O primeiro time com três vitórias levaria a classificação do Mundial. As partidas começaram com grande emoção do público, que torcia pela KLG a todo o momento. Porém, a Pain Gaming conseguiu os primeiros resultados significativos – eliminou o primeiro Dragão, que é um dos objetivos centrais das partidas e que concede benefício à equipe, e também obteve a primeira eliminação de jogador adversário, ou melhor, o “First Blood”.

Além de conseguir os primeiros objetivos e vantagens, a Pain também dominou a partida por um bom tempo, com placar de eliminações superior ao da KLG. O ouro obtido ao eliminar personagens e minions também foi superior para os brasileiros, o que possibilitou uma melhoria mais rápida das habilidades e itens de cada um dos campeões, nome dado aos personagens em League of Legends.

A Pain Gaming seguiu muito bem por quase toda a primeira partida, com exceção de poucos momentos. Os brasileiros chegaram a abrir uma diferença de 15 abates no placar geral, e 20 mil em ouro, número considerados altíssimos em termos de uma partida profissional de LoL. Após a invasão derradeira na base inimiga, a KLG foi abatida e a primeira vitória ficou com a Pain, com apenas 32 minutos de jogo.

Desafio de League of Legends no Chile (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)Desafio de League of Legends no Chile (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)

O domínio Pain

O segundo embate começou com uma aparente empolgação na KLG, que pareceu voltar do intervalo com um belo incentivo da torcida e com a consciência que teria que virar o jogo, se quisessem ir para o Mundial. A Pain Gaming quase perdeu torres, defesas do caminho para suas bases, logo no início da partida, mas a situação foi controlada, ainda que não sem danos.

A superioridade da Pain continuou, apesar da KLG ter feito um pouco mais de pressão no segundo round. As torres da equipe brasileira foram destruídas com mais facilidade e o “First Blood” ficou por conta dos chilenos. Mas a vantagem de abates e ouro seguia em ascensão para Kami, BrTT, Mylon, Dioud e SirT.

Após muitos embates em equipe, com todos os jogadores engajados, a Pain voltou a dominar a partida, realizando objetivos e sempre mantendo o placar de abates em número bem superior ao dos adversários. O final do segundo round foi quase óbvio, já que os brasileiros não deixaram nenhuma brecha em suas defesas e apresentaram jogadas quase perfeitas constantemente.

Deco (FC Porto, FC Barcelona, Chelsea FC, Fluminense) (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)Kaos Latin Gamers enfrentou a Pain no Chile em League of Legends (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Depois deste combate, a equipe chilena estava visivelmente abalada. Julio “Juliostito” ficou por um tempo em seu computador chorando e precisou ser consolado pelo técnico, o brasileiro Alexandre "DrPuppet" Weber. A torcida também se compadeceu com a cena e tentou ajudar o jogador com seus gritos de guerra, recuperando sua moral para o próximo embate.

“Stomp”

É comum usar o termo “stomp” quando uma vitória muito fácil é obtida em League of Legends. O termo, que em português pode ser traduzido como “pisada”, é comumente falado no jargão de fãs, narradores e até jogadores profissionais. O que ocorreu na Movistar Arena pode ser tecnicamente classificado com o termo.

A terceira partida começou com uma KLG ainda abalada por ter sofrido duas derrotas em casa, na frente de sua grande torcida. O embate realmente ficou bem equilibrado por um bom tempo, e o público também parecia ter acordado para o fato de que é preciso incentivar mais a equipe favorita – até então, muitos estavam calados e só comemoravam lances em favor dos chilenos. Isso ajudou um pouco, mas não o bastante.

Desafio de League of Legends no Chile (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)Desafio de League of Legends no Chile (Foto: Felipe Vinha / TechTudo)

Mais lutas em equipe vieram pelo mapa e a Pain dominou a maioria. Mylon e BrTT, em especial, se destacavam nesses embates, que envolviam o engajamento de todos. Os dois, porém, estavam com dano bem elevado e tiravam boa parte da vida dos personagens oponentes, e com uma rapidez que garantiu a superioridade do placar.

O Desafio Internacional logo terminou com vitória da Pain Gaming, com pouco mais de 30 minutos de partida. Os brasileiros não levaram premiação em dinheiro desta vez, mas ganharam a vaga para o Mundial de League of Legends, este sim valendo prêmio de US$ 1 milhão.

* O repórter viajou para Santiago a convite da Riot Game

Qual é o melhor jogo: DotA ou LoL? Opine no Fórum do TechTudo!


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Raphael
    2015-09-06T00:42:21  

    Porcaria de jogo dos virj...

    recentes

    populares

    • Raphael
      2015-09-06T00:42:21  

      Segundo uma pesquisa, 90% das pessoas que chamam os outros de virgens ainda são virgens, de acordo com a pesquisa eles fazem isso para tentar suprimir e jogar nos outros para tentar burla o sub-consciente que ainda é.

  • Fabio Veira
    2015-09-06T12:31:54  

    Nerds não transam !!!

    recentes

    populares

    • Fabio Veira
      2015-09-06T12:31:54  

      Se eu tivesse uma irmã, eu até incentivaria Alessandro, mas nerds preferem video-games. Mulher assusta!

    recentes

    populares

    • Fabio Veira
      2015-09-06T12:31:54  

      Então manda as primas aqui pra casa...

  • Armandinho Junior
    2015-09-06T11:11:59  

    E ainda fica um monte de bobão na platéia assistindo um bando de nerds jogar joguinho! Satanás já pode levar todo mundo que já estamos retrocedendo!!!

    recentes

    populares

    • Armandinho Junior
      2015-09-06T11:11:59  

      Ih esse bruno se sentiu toda ofendidinha? ...

    recentes

    populares

    • Armandinho Junior
      2015-09-06T11:11:59  

      ih fabio veio defender seu marido?

  • CAYO CESARIS
    2015-09-05T20:07:43  

    Dota 2 ...... abismo.... LOL

    recentes

    populares

    • CAYO CESARIS
      2015-09-05T20:07:43  

      ahahahaha deve ser... por isso tem mais players... nao, pera!

    recentes

    populares

    • CAYO CESARIS
      2015-09-05T20:07:43  

      Apesar que, ter o apoio da Globo é tão bom quanto ter NADA rs Rede de alienados

  • Lucas Moraes
    2015-09-06T05:11:13  

    E sobre o Dota 2 nada se fala né?

    recentes

    populares

    • Lucas Moraes
      2015-09-06T05:11:13  

      Sim, manda informações do campeonato nacional e da seletiva pro mundial

  • Antoni Cunha
    2015-09-06T01:13:42

    Está em baixo da primeira foto

  • Antoni Cunha
    2015-09-06T01:10:37

    Gente da redação, "Equipe Pain vence time chilen e vai para ...", ajeita isso aeee, chileno deveria se. blzz

  • Rodrigo Alves
    2015-09-06T00:33:50

    Estádio lotado de virjão!

  • Antonio Souza
    2015-09-06T00:15:50

    Eu prefiro Super Mario World. Voar no Ioxi (Yoshi) Azul é o melhor que tem.

  • The Rocketeer
    2015-09-05T22:24:56  

    Eu fui campeão mundial no RIVER RAID. Lembro q meu Atari chegou fumacear pq a internet banda larga na decada de 80 esquentava os consoles. Quebrei 3 controles nas epopéia mas valeu a pena trazer o título pro Brasil....

    recentes

    populares

    • The Rocketeer
      2015-09-05T22:24:56  

      kkkkkkkkkkkkk

    recentes

    populares

    • The Rocketeer
      2015-09-05T22:24:56  

      Segura esse like seu doente kkkkk

  • Thiago Silveira
    2015-09-05T21:15:07

    Kami é 50% do time. Fato