E-reader

11/09/2015 10h00 - Atualizado em 11/09/2015 10h00

iPad Pro tem 12,9 polegadas e 'canetinha'; veja evolução desde o iPad Air 2

Elson de Souza
por
Para o TechTudo

Apple lançou o tablet "gigante" iPad Proalém da nova linha dos novos iPhone 6S e iPhone 6S Plus, nessa quarta-feira (9). O novo gadget chega equipado com iOS 9, telona de 12,9 polegadas e a polêmica Apple Pencil, que lembra bastante a caneta S-Pen, da Samsung. O gadget conta ainda com uma capa com teclado smart acoplado e especificações potentes. 

Apple diminui preços dos iPhones 6 e 6 Plus; valores dos iPads aumentam

Mas, será que o novo iPad evoluiu tanto assim? Veja abaixo quais são as principais diferenças entre o iPad Pro e o iPad Air 2, lançamento anterior da Apple no mercado de tablets. 

Ipad Pro tem 'telona' de 12,9 polegadas e configurações potentes (Foto: Reprodução/Apple)Ipad Pro tem 'telona' de 12,9 polegadas e configurações potentes (Foto: Reprodução/Apple)


Design

Os materiais usados no iPad Pro mantêm o mesmo padrão apresentado nas versões iPad Air 2 e iPad Mini, com traseira em alumínio e frente em vidro. A maior diferença fica por conta das medidas: o iPad está muito maior. O novo tablet tem altura de 305,7 mm, contra 240 mm no modelo anterior. A espessura do gadget também aumentou, indo de 6,1 mm para 6,9 mm. Já o peso saltou de 437 gramas para 713 gramas na versão Pro. 

iPad Pro teve aumento de tamanho e de espessura (Foto: Reprodução/Apple)iPad Pro teve aumento de tamanho e de espessura (Foto: Reprodução/Apple)

Tela

Umas das principais evoluções no iPad Pro é a tela. Além do tamanho, que foi de 9,7 para 12,9 polegadas, o novo tablet da Apple ganhou em resolução. Enquanto o iPad Air possui 2048 x 1536 pixels, um pouco acima da qualidade QHD (1440p), o iPad Pro traz 2732 x 2048 pixels, chegando perto do 4K (2160p).

iPad Air 2 conta com tela com resolução superior à QHD, mas inferior à do iPad Pro (Foto: Divulgação/Apple)iPad Air 2 conta com tela com resolução superior à QHD, mas inferior à do iPad Pro (Foto: Divulgação/Apple)

O iPad Pro também ganhou uma camada extra de proteção antirreflexo, que deve melhorar a visualização de imagens em ambientes muito claros. Por fim, a tela do novo iPad conta com o suporte ao Apple Pencil, lápis digital feito especialmente para o desenho e anotação no tablet.

Desempenho

Por dentro, o iPad Pro recebeu um upgrade significativo. Para começar, o novo gadget vem equipado com o processador A9X, que promete bater os PCs portáteis tanto em processamento como em gráficos. Além disso, o aparelho teve a memória RAM dobrada em relação ao iPad Air 2, passando de 2 GB para 4 GB. 

Ipad Pro vem equipado com processador A9X (Foto: Reprodução/Apple)Ipad Pro vem equipado com processador A9X (Foto: Reprodução/Apple)

O novo tablet tem, também, quatro alto-falantes embutidos, contra os dois do modelo anterior. No armazenamento interno, estão disponíveis somente duas opções: 32 ou 128 GB - ambos sem entrada para cartão microSD. No Air 2, as opções incluíam 16 GB, 64 GB e 128 GB, também sem capacidade de expansão.

No que diz respeito à conectividade, nada mudou: ambos possuem versões 4G e Wi-Fi equipadas com Bluetooth e cabo lightinging. Embora seja um tablet voltado para profissionais, o iPad Pro ainda não traz uma entrada USB ou USB-C para a entrada de acessórios. A duração de bateria também continua a mesma: são 10 horas de uso moderado.

Acessórios

O iPad Pro chega com uma opção oficial de capa com teclado físico, semelhante ao que a Microsoft oferece com o Surface. O acessório, pode ser conectado através de entrada magnética, dispensando o uso do Bluetooth e do Wi-Fi.

iPad Pro tem capa-teclado oficial da Apple com botões físicos (Foto: Reprodução/Apple)iPad Pro tem capa-teclado oficial da Apple com botões físicos (Foto: Reprodução/Apple)

Mas, o que chamou mesmo atenção nos acessórios foi a Apple Pencil, um lápis digital que parece bastante com a caneta tipo Stylus, usada pela Samsung e LG. O produto se integra totalmente ao tablet, que e é capaz de reconhecer a pressão exercida na tela e até mesmo a inclinação do lápis.

O que vocês acharam do iPad Pro? Comente no Fórum do TechTudo

Já o iPad Air 2, por sua vez, pode ser usado tanto com teclado físico como com canetas digitais, mas nenhum dos dois é oferecido diretamente pela Apple e não devem ter uma conexão tão satisfatória com o sistema. 

Sistema e funcionalidade

O iPad Pro foi desenvolvido especialmente para aproveitar as novidades do iOS 9. A principal delas é o recurso multitarefa, capacidade de dividir a tela entre dois aplicativos e trabalhar com ambos simultaneamente, inclusive transferindo conteúdo. Com a atualização de sistema, o iPad Air 2 também poderá fazer isso, mas sem a vantagem da tela grande do Pro. 

iPad Pro tem suporte a caneta Apple Pencil para desenho (Foto: Divulgação/Apple)iPad Pro tem suporte a caneta Apple Pencil para desenho (Foto: Divulgação/Apple)

Mas, o maior ganho de funcionalidades fica por conta da Apple Pencil, que dá ao usuário a capacidade de fazer anotações na tela e trabalhar tarefas gráficas com maior precisão. Além disso, a fabricante garantiu que o iPad Pro terá um conjunto de aplicativos já adaptados ao lápis digital, como o Microsoft Office e o Adobe Photoshop

Câmera

Na hora de tirar fotos, os dois tablets estão no mesmo nível. Tanto o iPad Air 2, como o Pro têm um sensor traseiro iSight de 8 megapixels, com função HDR, capacidade de gravar em Full HD (1080p) e em câmera lenta HD (720p). Na parte frontal, há também 1,2 megapixels com FaceTime em HD.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Massanando
    2015-09-11T10:52:29

    Procurem na Amazon pelo livro "A verdade sobre as impressoras 3D" Recomendo para quem quer ter uma boa ideia do que essas impressoras realmente são capazes de fazer, pois a mídia muitas vezes distorce as coisas. É para iniciantes, se vc já tem entendimento ou experiência na área de impressoras 3D este livro NÃO lhe será útil.