Internet

09/09/2015 14h58 - Atualizado em 09/09/2015 14h58

Netflix dispensa download de filmes e séries de TV por falta de interesse

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

Durante a IFA 2015, maior feira de eletrônicos da Europa, que ocorreu em Berlim, Neil Hunt, CPO da Netflix, foi questionado sobre o motivo de não oferecer download de filmes e séries de TV. Esse é um recurso muito pedido pelos usuários e que, recentemente, foi implementado por concorrentes como o Amazon Prime Video, que ainda não está disponível no Brasil. A resposta do executivo, em outras palavras, é por que simplesmente não há interesse dos usuários.

Lista tem 12 apps e dicas que todo assinante de Netflix deveria saber

A visualização offline do acervo da Netflix seria um recurso excelente para quem viaja bastante ou simplesmente quer baixar os vídeos para consumo posterior, em momentos mais adequados. De acordo com Neil Hunt, a empresa não quer complicar o que precisa ser simples.

Nada de visualização offline para você (Foto: Divulgação/Netflix)  Nada de visualização offline para você (Foto: Divulgação/Netflix)

Hunt reconhece, porém, a utilidade do recurso e o apelo dos usuários. Mas, de acordo com as suas declarações, isso adicionaria uma camada extra de complexidade ao serviço, o que é desnecessário. Ele ainda afirma que a maioria dos assinantes não usaria tal função.

Netflix vale a pena? Comente no Fórum do TechTudo.

“Não acho que esta seja uma proposta atraente. É algo que muitos pedem, mas não tenho certeza de que tanta gente irá usar. Sem dúvida, [o recurso] acrescenta uma complexidade considerável à sua vida no Amazon Prime — você tem que se lembrar de que deseja baixar o vídeo. [A reprodução] não será instantânea, você precisa ter espaço disponível em seu dispositivo e precisa gerenciá-lo, e não tenho tanta certeza se as pessoas estão tão atraídas a passar por isso, e de que adicionar o recurso vale a pena”, declarou.

Paradoxo da Escolha

Além disso, Hunt explica que o chamado “Paradoxo da Escolha” acaba trazendo mais males do que benefícios. O que acaba criando dúvidas na mente dos usuários, que não se decide se baixa ou conteúdo ou assiste online. Por isso, eles preferem deixar apenas uma opção para o assinante escolher.

Em contrapartida, o executivo acredita que a Netflix não descarta totalmente a ideia, mas talvez a implemente de uma forma diferente. Por exemplo, os usuários que quiserem assistir ao acervo da Netflix em aeroportos, hotéis e trens poderiam contar com um servidor local com todo o acervo. Assim, bastaria conectar e desfrutar do conteúdo. Infelizmente, ele não deu maiores detalhes sobre esta ideia. Apenas citou que isto é algo que eles seriam capazes de realizar.

Via  Techradar

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • José Lima
    2015-09-09T15:44:31

    Quanta complexidade, hein. É a mesma "dificuldade" que uma pessoa tem de baixar qualquer outra coisa.

  • Guilherme Fauth
    2015-09-18T14:50:43

    Eu só queria a ultima temporada de varias series incompletas !