02/09/2015 16h42 - Atualizado em 02/09/2015 17h42

Robin: smartphone Android que salva arquivos e apps na nuvem faz sucesso

Barbara Mannara
por
Para o TechTudo

O smartphone Robin, da Nexbit, está fazendo sucesso na Internet e já arrecadou além da sua meta inicial de US$ 500 mil no Kickstarter. O destaque do celular com sistema Android é que ele usa o armazenamento em nuvem para quase todas as funções, sem precisar lotar o espaço interno. A integração com a nuvem é direta e usa a conexão Wi-Fi para enviar fotos, vídeos e mais.

Celular Janus One fica ligado por 90 dias e serve de bateria extra

O smartphone Robin é otimizado para manter o hardware funcionando com espaço equilibrado, enviando os arquivos para um serviço de nuvem próprio. 

Robin oferece sistema operacional Android customizado (Foto: Divulgação/Kickstarter)Robin oferece sistema operacional Android customizado (Foto: Divulgação/Kickstarter)

As transferências são feitas sem a necessidade de aplicações extras: tudo de forma automática e simples. Por dentro do celular está um processador Snapdragon 808 com 3 GB de memória RAM. O armazenamento é de 32 GB internos e 100 GB online.

Smartphone Robin tem integração direta com a nuvem (Foto: Divulgação/Kickstarter)Smartphone Robin tem integração direta com a nuvem (Foto: Divulgação/Kickstarter)

Qual é a melhor assistência técnica para smartphones no Brasil? Comente no Fórum do TechTudo

A equipe da Nexbit é formada pelo CEO, Tom Moss, e pelo Co-fundador e CTO da empresa, Mike Chan, ambos envolvidos na formulação do Android, sistema móvel do Google, desde o início. O celular oferece uma tela de 5,2 polegadas Full HD e duas câmeras: uma lente traseira com 13 megapixels e outra frontal com 5 MP. A bateria tem potência de 2.680 mAh e há conectividades Bluetooth 4.0, NFC, Wi-Fi, GSM, GPS e mais.

Robin já arrecadou mais do que sua meta inicial de US$ 500 mil (Foto: Divulgação/Kickstarter)Robin já arrecadou mais do que sua meta inicial de US$ 500 mil (Foto: Divulgação/Kickstarter)

O Robin pode ser comprado por valores a partir de US$ 299 (cerca de R$ 1.118 em conversão direta), nas cores verde e cinza. A estimativa é de que o envio dos aparelhos seja iniciado a partir de janeiro de 2016. Os primeiros lotes estarão disponíveis para diversos países no mundo, mas o Brasil está fora da lista.

Via Kickstarter


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Eduardo Fiuza
    2015-09-03T10:34:22

    O salvamento automático em nuvem já deveria ser uma opção em todos o telefones. Eu deixo de salvar muitas coisas do dia-a-dia no celular porque é um aparelho sujeito a perda ou roubo. Muitas vezes as informações têm mais valor do que o aparelho em si.

  • Alessandro F
    2015-09-03T09:17:18  

    Eu trabalho num ambiente com 30 mega wifi, em casa tenho 120 mega com pouca perda no wifi, eu só ficaria no 3g / 4g durante o trajeto entre a casa e o trabalho. Para mim é um excelente opção um dispositivo em nuvem.

    recentes

    populares

    • Alessandro F
      2015-09-03T09:17:18  

      Independente do tempo que usa, se acessar o wi fi por algumas horas por dia com certeza a transferência seria bem significativa.

  • Victor Moore
    2015-09-03T09:11:50

    Em país que tem internet de verdade pode ate funcionar. Aqui quem sabe nos anos 2050...

  • Alex Santos
    2015-09-03T07:51:56

    o mais engraçado e que no final da matéria sempre tem, mais o brasil esta fora da lista..kkkkkkkkk.. os países sabe que para chega no brasil faz de tudo pra encher o produto de impostos.. e fora a burocracia ..

  • Dilminha
    2015-09-02T20:34:07

    Bang feio da pora .

  • Jonas Lima
    2015-09-02T19:10:15

    cade meu comentário globo ? cade a liberdade de expressão

  • Benedito Souza
    2015-09-02T19:01:12

    É um tijolo muito bonito