Fabricantes

09/10/2015 14h52 - Atualizado em 09/10/2015 14h52

Apple deleta adblocks da App Store como medida de segurança

Felipe Alencar
por
Por Felipe Alencar Para o TechTudo

A Apple removeu de sua loja de aplicativos, a App Store, alguns aplicativos, entre eles alguns adblocks – bloqueadores de anúncios digitais que tem sido alvo de polêmica desde o lançamento do iOS 9. A remoção ocorreu nesta quinta-feira (8). A justificativa é de que os apps têm acesso à raiz do sistema, podendo instalar certos tipos de certificados. Isso abre uma brecha de segurança em potencial para os usuários.

iOS 9: veja cinco problemas do sistema e saiba como resolvê-los

Na prática, ao instalar um aplicativo que tenha acesso à raiz do sistema operacional, os desenvolvedores têm acesso à todo o tráfego criptografado de informações.

App Store tem bloqueadores de anúncios removidos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)App Store tem bloqueadores de anúncios removidos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Os bloqueadores de anúncio funcionam da seguinte maneira: o app cria uma VPN que redireciona todo o tráfego para um servidor próprio, que se encarrega da remoção dos anúncios.

Como configurar o Internet Explorer para bloquear anúncios? Responda e participe no Fórum do TechTudo

O problema está justamente aí: todas as páginas que você acessa são processadas pelos servidores dos desenvolvedores. Nada impede que eles instalem malwares para espionar os usuários e conseguir dados confidenciais, como senhas de e-mail, cartão de crédito, etc.

Um dos apps que foram removidos se chama Been Choice, que utilizava exatamente a mesma prática descrita acima e também instalava certificados na raiz do sistema operacional para que tudo pudesse funcionar. Segundo a Apple, essa prática compromete soluções de segurança SSL/TLS do iOS.

No entanto, nem tudo está perdido. A Apple está trabalhando junto com esses desenvolvedores para que eles encontrem novas formas de fazer funcionar seus aplicativos sem violar qualquer regra de segurança da empresa. A promessa é de que os aplicativos removidos sejam novamente disponibilizados na App Store, mas não sabemos quando isso vai acontecer.

Via TechCrunch e The Next Web

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares