Jogos de ação

09/10/2015 09h07 - Atualizado em 09/10/2015 09h07

Quantum Break mostra história complexa com game e série na BGS 2015

Cássio Barbosa
por
Da BGS 2015

Quantum Break, jogo exclusivo do Xbox One, foi apresentado a portas fechadas pela Microsoft durante a Brasil Game Show 2015 (BGS), em São Paulo. Desenvolvido pela Remedy, ele une a jogabilidade clássica dos games com uma série live action. A história gira em torno de Jack Joyce (interpretado por Shawn Ashmore, de “X-Men”) e de seu irmão, os quais começam a manipular o tempo após um evento misterioso.

Call of Duty: Black Ops 3 reinventa sua fórmula sem perder a essência

Tudo muda, no entanto, quando o vilão Paul Serene (Aidan Gillen, de Game of Thrones) viaja no tempo e retorna 17 anos mais velho para, em seguida, assassinar o irmão de Jack. Confira, abaixo, todos os detalhes da exibição de Quantum Break na BGS:

Quantum Break: Shawn Ashmore é a estrela do game (Foto: Divulgação/Microsoft) (Foto: Quantum Break: Shawn Ashmore é a estrela do game (Foto: Divulgação/Microsoft))Quantum Break: Shawn Ashmore é a estrela do game (Foto: Divulgação/Microsoft)

Novo conceito multimídia

A companhia ainda não confirmou maiores detalhes a respeito da trama. Mas o diretor de mídia da Remedy, Thomas Puha, revelou durante a apresentação que jogo e série   apresentarão pontos de vista diferentes sobre os mesmos eventos. Assim, durante o game, o jogador segue o que acontece com Jack, enquanto a série mostra como os vilões reagem aos mesmos acontecimentos.

Quantum Break (Foto: Divulgação)Quantum Break tem game e série com pontos de vista diferentes (Foto: Divulgação/Microsoft)

Quais são as novidades mais esperadas da BGS 2015? Comente no Fórum do TechTudo!

Embora sejam experiências diferentes, as duas mídias são adquiridas de uma vez com a   compra do título, de modo que o jogador desbloqueie capítulos da série à medida que progride no game. Ao todo, serão quatro episódios de cerca de 22 minutos desbloqueados de acordo com o progresso do jogador e que mostram pequenas cenas do futuro em relação à trama do jogo. Ao mesmo tempo, de acordo com escolhas tomadas, certas cenas da série podem gerar alterações na história final (a ponto de decidir a sobrevivência ou não de alguns personagens, por exemplo).

Por conta disse, Puha comentou também que ao longo tanto da trama, tanto do game quanto da série, o jogador terá questões que ficarão em aberto. Ao menos até que ele encontre a resposta para cada pergunta na mídia complementar. Para exemplificar, foram mostrados dois trechos apresentando o mesmo evento durante uma cena live action e durante o jogo.

Quantum Break (Foto: Divulgação/Remedy Entertainment)Quantum Break terá questões que ficarão em aberto (Foto: Divulgação/Remedy Entertainment)

No primeiro caso, dois personagens discutiam com armas apontadas um contra o outro enquanto decidiam o que fazer com Jack, preso no porta-malas de um carro. De repente, as armas dos dois somem, juntamente com o protagonista. Em seguida, durante o game, o jogador descobrirá no controle de Jack como a fuga foi realizada. 

Tempo é poder 

Nos trailers já lançados de Quantum Break, é possível notar muitas cenas de tiroteio   carregadas com os poderes especiais do protagonista. Há, por exemplo, a possibilidade de   parar o tempo em um ponto específico do mapa para congelar oponentes. Além disso, outra habilidade permite que o jogador atravesse grandes distâncias rapidamente ao diminuir o   tempo a sua volta. 

Apesar de os poderes serem de uma grande ajuda, nem sempre é possível contar com eles. Em uma cena presente na demonstração, um grupo de atacantes vestia roupas especiais que os tornavam capazes de resistir às distorções temporais. 

Quantum Break (Foto: Reprodução/YouTube)Quantum Break tem muitas cenas de tiroteio (Foto: Reprodução/YouTube)

Nem tudo é combate, no entanto. Em outra cena, Jack precisa atravessar um prédio em   demolição em uma área onde o tempo foi congelado. Em vez de tudo estar estático, as estruturas caem e voltam ao normal constantemente. Desse modo, o jogador pode esperar   seções de plataforma em que é necessário resolver desafios envolvendo as distorções   temporais.

Além disso, para quem gosta de explorar todos os detalhes de uma trama terá muito para   vasculhar em Quantum Break. Por ser um jogo focado principalmente na história, Puha   promete uma recompensa aos jogadores que quiserem saber mais sobre a história e ao explorar o mundo do game. Também é importante conversar com todos os personagens, uma vez que o título tem como elemento principal a sua trama.

Assista ao trailer abaixo:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Carlos Fonseca
    2015-10-15T15:24:00  

    Esse jogo me fez decidir pelo Xbox One. Esse jogo vai ser fantástico.

    recentes

    populares

    • Carlos Fonseca
      2015-10-15T15:24:00  

      Estou ancioso tambem mas lendo a proposta do jogo não passa de um "until dawn" da microsoft...

  • Carlos Carvalho
    2015-10-09T17:07:28  

    Tenho a leve impressão de que eu não vou gostar desse jogo. Esses games focados demais em história não me agradam mt :(

    recentes

    populares

    • Carlos Carvalho
      2015-10-09T17:07:28  

      O que agrada você ? Minecraft ?

  • Junior Caetano
    2015-10-09T14:56:46

    tenho uma leve impressão de que esse jogo vai ser mais um unity

  • Victor
    2015-10-09T12:31:07

    De ser zica....

  • Hugo Fraga
    2015-10-09T12:15:37

    Não vejo a hora de chega Natal pra eu pegar o meu One

  • Hugo Fraga
    2015-10-09T12:14:29

    Esse e o jogooooo !!