Notebook

10/10/2015 07h01 - Atualizado em 10/10/2015 07h01

Surface Book x Macbook Pro Retina: veja quem ganha briga de notebooks potentes

Paulo Alves
por
Por Paulo Alves Para o TechTudo

A Microsoft surpreendeu o público nesta terça-feira (6) ao lançar seu primeiro notebook, o Surface Book, com um hardware top de linha e um recurso inédito: o monitor pode ser destacado do teclado, onde está a GPU, para se transformar em um tablet potente. Feito para quem quer o melhor que o mercado tem a oferecer, ele bate de frente com outro gigante, o Macbook Pro com tela Retina, da Apple, inclusive no preço. Confira a seguir como esses dois monstros se comparam no duelo de especificações.

Surface Book da Microsoft com SSD de 1 TB vai custar mais de R$ 12 mil

Surface Book ou Macbook Pro 13: qual é a melhor opção? (Foto: Arte/TechTudo)Surface Book ou Macbook Pro 13: qual é a melhor opção? (Foto: Arte/TechTudo)

Desempenho: Surface Book

Apesar de fino, Surface traz GPU Nvidia GDDR5 (Foto: Divulgação)Apesar de fino, Surface traz GPU Nvidia GDDR5 (Foto: Divulgação)

O Surface Book traz hardware definitivamente superior ao Macbook Pro – segundo a Microsoft, a performance de seu notebook chega a ser duas vezes melhor. Culpa disso é a nova geração Skylake de processadores Intel, os quais o Surface aceita até o mais parrudo i7, ao contrário do Mac, que se limita ao i5 de quarta geração. O resultado deve ser perceptível principalmente em tarefas mais pesadas, como a renderização de gráficos 3D e edição de vídeos.

O notebook da Microsoft traz o mesmo suporte à memória RAM de, no máximo, 16 GB, mas vence no armazenamento. Enquanto a Apple oferece o Macbook Pro com até 512 GB de SSD, o Surface tem variante com até 1 TB de disco de estado sólido. Isso sem falar talvez no maior destaque do Surface, a placa dedicada de memória de vídeo GDDR5 Nvidia GeForce, que bate de frente com a Intel Iris 6100 presente no Macbook.

Design: Surface Book

Design do Surface se diferencia por saída de ar na parte do monitor (Foto: Divulgação)Design do Surface se diferencia por saída de ar na parte do monitor (Foto: Divulgação)

Apesar de ambos trazerem corpos feitos de liga de magnésio, seu design é bem diferente. O Macbook tem a aparência clássica da linha, com a logo da Apple na tampa e um aspecto sólido que atrai olhares, mas o Surface, à primeira vista, também tem seus méritos. Suas principais características ficam por conta do mecanismo de dobra da tela, com um ponto de apoio dinâmico, e das saídas de ar, presentes tanto na base quanto no monitor do notebook.

Surface tem dobradiça diferente, que se move junto com a tela (Foto: Divulgação)Surface tem dobradiça diferente, que se move junto com a tela (Foto: Divulgação)

Mas o Surface se destaca mesmo pelas dimensões compactas. Ele é, de longe, mais fino e leve que o Macbook Pro, com apenas 7,3 mm de espessura – mesma do iPhone 6S Plus – e só 726 g no peso. A comparação é até covarde, contra um Mac que pesa mais de 1,5 kg e mede 1,8 cm de espessura. A Microsoft disse ter feito o laptop com Core i7 mais fino e leve do mundo, e tudo leva a crer que essa afirmação é verdadeira.

Tela: Surface Book

Tela Retina do Macbook perde em densidade de pixels para a do Surface (Foto: Divulgação)Tela Retina do Macbook perde em densidade de pixels para a do Surface (Foto: Divulgação)

Um dos principais atrativos do Macbook Pro é, certamente, sua tela, e ela responde às expectativas. O painel LED de 13,3 polegadas tem tecnologia IPS com resolução de 2560 x 1600 pixels, resultando em 227 PPI e densidade. Por outro lado, a Microsoft conseguiu superar esses números equipando no Surface uma tela com 267 PPI com tecnologia PixelSense, que coloca o painel junto ao vidro, sem camada intermediária.

Isso torna o display do Surface sensível ao toque mesmo sendo tão fino, permitindo ao usuário realizar edições de foto, vídeo e outra atividades com os dedos, além do suporte à caneta Surface Pen.

Versatilidade: Surface Book

Tela do Surface se destaca do teclado para virar tablet (Foto: Divulgação)Tela do Surface se destaca do teclado para virar tablet (Foto: Divulgação)

Além de poderoso, o Surface Book pode ser destacado do teclado para se transformar em um tablet grandão de 13 polegadas e chip Intel Skylake. A Microsoft conseguiu a proeza ao separar a GPU do restante dos componentes, posicionando-a no teclado. Portanto, o Surface Book pode ser um tablet quando necessário, mas se torna um notebook capaz de lidar com gráficos pesados quando conectado de volta ao teclado – basta pressionar um botão por dois segundos para liberar o monitor da base.

Essa característica sozinha já torna o Surface mais versátil que o Macbook Pro, mas ainda traz consigo o suporte à caneta Surface Pen, que traz 1.024 pontos de pressão, acesso rápido à Cortana e possibilidade de interagir com programas de edição da Adobe ou AutoDesk, por exemplo.

Bateria: Surface Book

O desempenho da bateria do Macbook Pro pode chegar a 12 horas de uso, mas, segundo a Apple, somente ao assistir a vídeos no iTunes. A Microsoft promete performance superior no Surface, com a mesma quantidade de horas de bateria, mas considerando uso regular do computador. Esse, vale lembrar, é um quesito influenciado fortemente pelos novo chips Intel presentes no notebook com Windows.

Sistema Operacional: Empate

Ponto de maior impasse entre potenciais compradores dos dois modelos, OS X e Windows estão melhores do que nunca e são bons por questões distintas. O sistema desenvolvido pela Apple é fluido e sem travamentos, funcionando perfeitamente para DJs e artistas que trabalham com conteúdo gráfico. Por outro lado, o Windows 10 está mais refinado do que nunca e traz a sua vasta coleção de programas compatíveis, sem falar no catálogo extenso de jogos. Definitivamente, não há um vencedor nessa disputa.

Preço: Macbook Pro

Mesmo sendo caro, Macbook Pro ainda custa menos que o Surface nos EUA (Foto: Divulgação)Mesmo sendo caro, Macbook Pro ainda custa menos que o Surface nos EUA (Foto: Divulgação)

Macs em geral são tão conhecidos por sua qualidade quanto por seus preços altos. Ainda assim, o Surface Book começa a ser vendido nos EUA por US$ 1.499, US$ 200 a mais que a versão mais simples do Macbook Pro (i5 de 2,7 GHz e 128 GB de SSD). No Brasil, o mesmo modelo básico do Macbook Retina é vendido por R$ 8.499, então não se espera que o Surface chegue no país por um valor menor do que astronômico.

Conclusão: Surface Book

Versatilidade e configurações poderosas do Surface deixam o Macbook Retina para trás (Foto: Divulgação)Versatilidade e configurações poderosas do Surface deixam o Macbook Retina para trás (Foto: Divulgação)

É claro que somente testes em campo podem dar o veredito definitivo do primeiro notebook da Microsoft, mas, se as especificações falam por si – e elas influenciam muito no resultado final – o Surface Book tem tudo para ser superior do que o melhor notebook da Apple em quase todos os quesitos.

Esperar o Surface chegar no Brasil, importar ou comprar outro? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

É claro que, se você pensa em comprar um dos dois, vale esperar por um review completo no futuro, quando o Surface Book eventualmente desembarcar no Brasil – vale lembrar de que ainda não há qualquer previsão para isso ocorrer. Porém, do hardware potente ao monitor destacável e suporte à caneta, o conjunto promete atender à promessa da Microsoft de que esse é o laptop definitivo. Resta esperar para ver se isso se concretiza no mundo real.

Surface Book, novo notebook da Microsoft, levou a melhor (Foto: Arte/TechTudo)Surface Book, novo notebook da Microsoft, levou a melhor (Foto: Arte/TechTudo)
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Gibran Mafra
    2015-10-13T16:25:59  

    O jogo virou!

    recentes

    populares

    • Gibran Mafra
      2015-10-13T16:25:59  

      a

  • Professor
    2015-10-10T11:04:24  

    Era uma vez uma maça cara, viva a concorrência e o livre mercado.

    recentes

    populares

    • Professor
      2015-10-10T11:04:24  

      Viva o livre mercado!!!

  • Zé Zueira
    2015-10-13T20:38:06

    As especificações do Mac book pro de 13 polegadas pode ser bem melhor que essas, pois são personalizáveis. Porém, os preços ultrapassam em muito o nível do absurdo!