Antivírus

21/12/2015 11h00 - Atualizado em 21/12/2015 11h00

Golpe do falso currículo aproveita crise para espalhar vírus em PCs

Juliana Pixinine
por
Para o TechTudo

Hackers têm aproveitado a crise na economia do Brasil para promover um novo golpe virtual: o golpe do falso currículo. O esquema infecta computadores a partir de falsas candidaturas a vagas de emprego. As máquinas são invadidas e permitem que criminosos tenham acesso aos dados das vítimas na Internet.

Vírus do roteador: o que é, como se instala e quais são os 'sintomas'

Segundo especialistas do Kaspersky Internet Security, o público-alvo são os setores de Recursos Humanos de empresas, que estão acostumados a receber muitos arquivos anexados de candidatos a postos de trabalho. Com o golpe, os criminosos enviam currículos em várias versões, inclusive em inglês, para atacar dispositivos. 

Faz parte da rotina de quem trabalha no RH receber inúmeros currículos anexos por e­mail, o que facilita a infecção por meio desse golpe, já que a vítima não desconfiará do ataque”, afirma Fabio Assolini, analista de segurança da Kaspersky Lab no Brasil.

Golpistas enviam currículos falsos para infectar computadores (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab)Golpistas enviam currículos falsos para infectar computadores (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab)

Acompanhados de arquivos infectados, os e-mails vêm com mensagens típicas de alguém que procura por emprego, com o objetivo de estimular pessoas a abrir os documentos ou clicarem em links maliciosos. A partir disso, trojans são instalados no PC, permitindo que os cibercriminosos roubem credenciais de acesso de bancos e outros dados pessoais.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Além disso, alguns desses e-mails trazem arquivos anexos VBE (Visual Basic Encrypted), um tipo de malware que pode infectar totalmente o computador. Apesar de ser um golpe antigo, esse tipo de arquivo continua chegando ao destinatário, pois muitos filtros de spam não bloqueiam o formato. O vírus é capaz de instalar RATs (Remote Admin Tool), vírus financeiros e até mesmo malwares que podem até alterar boletos bancários.

Com o objetivo de parecerem e-mails livres de anexos maliciosos, muitas das mensagens são escritas até mesmo em outros idiomas. O perigoso disso é que os departamentos de Recursos Humanos têm acesso a diversas informações valiosas para hackers, como dados pessoais e endereços de e-mail dos funcionários. Para evitar ataques, é recomendado não abrir arquivos com as extensões .EXE, .SCR, .PIF, .CPL, .BAT, .VBS e .VBE e manter sempre atualizados programas como o Microsoft Office e o leitor de PDF. 

Qual é o melhor antivírus? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares