01/12/2015 06h00 - Atualizado em 01/12/2015 06h00

Lâmpada smart é controlada via Wi-Fi e ajuda a economizar energia

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

Ter uma lâmpada inteligente que se desliga sozinha pode ajudar bastante a economizar energia. Foi pensando nisso que uma equipe de desenvolvedores de São Francisco criou o Qube. O dispositivo de LED multicolorido se conecta à rede Wi-Fi e pode ser controlado por meio de qualquer navegador web, permitindo controlar a iluminação da casa a qualquer hora e lugar.

Lista traz as cinco principais lâmpadas com funções smart já lançadas

Ele também conta com apps para iOS e Android, que facilitam o gerenciamento de seus vários recursos.

Qube, lâmpada inteligente de LED se conecta a rede Wi-Fi (Foto: Divulgação)Qube, lâmpada inteligente de LED se conecta a rede Wi-Fi (Foto: Divulgação)

Uma das principais funcionalidades chama-se Qube Sense. Ela detecta a presença do dono da casa através do sinal de Bluetooth emitido por smartphones ou vestíveis que a pessoa esteja carregando consigo. Com isso, o usuário pode programar a luz para acender automaticamente ao entrar em um cômodo e apagar quando sair dele. O sistema também envia notificações ao proprietário quando algum membro da família chega em casa, por exemplo.

O Qube também avisa ao usuário quando ele está recebendo uma chamada ou mensagem no celular, por meio das luzes. Ele pode ser usado inclusive como despertador, iluminando o quarto suavemente pela manhã. Através do recurso Mood, os moradores podem ainda configurar a iluminação de acordo com a ocasião, alterando-a se for um jantar romântico ou uma festa animada.

Qube pode ajudar a iluminação de acordo com a situação (Foto: Divulgação)Qube pode ajudar a iluminação de acordo com a situação (Foto: Divulgação)

O gadget não requer a hub externo. Ele atua como hub, que se comunica com outras lâmpadas da marca. O Qube também consegue se comunicar com dispositivos de terceiros e, em breve, os desenvolvedores planejam integrá-lo ao IFTTT, que possui suporte a 234 serviços até o momento. A vida útil da lâmpada smart é de 50 mil horas, o equivalente a 27 anos.

Como funcionam as casas do futuro controladas por iPads? Comente no Fórum do TechTudo.

A grande vantagem do aparelho é o preço. Segundo os inventores, a um típico bulbo smart Wi-Fi custa, em média, US$ 50. Enquanto isso, o Qube teve preço inicial de US$ 16 (R$ 60), valor similar ao de uma lâmpada LED comum.

A primeira leva de US$ 16, no entento, já se esgotou. A partir de agora, a unidade é vendida por US$ 19 (R$ 70) no site Indiegogo, onde a campanha fica aberta até 15 de dezembro. O envio será feito a partir de junho de 2016 e, para o Brasil, é cobrada taxa de US$ 5 (R$ 18) adicionais.

Via Indiegogo 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marcelo Alonso
    2015-12-01T12:57:37  

    Mas será que só pagaremos o valor do site dos caras convertido pro real ou chegando aqui vão cobrar aquela multa que cobram no caso de valores acima de 50 dólares????

    recentes

    populares

    • Marcelo Alonso
      2015-12-01T12:57:37  

      Essa compra com o frete dará U$21,00 apenas. No mais é contar com a sorte de a RF não pegar, senão, a taxação será cruel.

    recentes

    populares

    • Marcelo Alonso
      2015-12-01T12:57:37  

      Paga sim. Uma vez eles não cobravam se fosse uma pessoa que estivesse mandando pra outra pessoa. Agora não tem mais esse esquema dos $50,00. Tudo está ficando retido na alfandega e só pode ser retirado se pagar o imposto exorbitante que cobram de tudo aqui no brasil.

  • Mauro Silva
    2015-12-01T11:44:36

    pura novidade....20 anos depois....eeeehhh brasil!