Internet

14/12/2015 13h33 - Atualizado em 15/12/2015 11h37

YouTube vai suspender gravação de video por webcam no site em 2016

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

A partir de 2016, quem mantém canal no YouTube não poderá mais gravar e fazer upload de vídeos com a webcam a partir do site do Google. A mudança passa a valer em 16 de janeiro e o encerramento do recurso é motivado pelo fato de que a função é pouco utilizada e depende de tecnologias que não são mais suportadas. É importante destacar que quem usa a webcam para gravar conteúdos para a plataforma terá a possibilidade de usar apps dedicados, como o Câmera do Windows 10 e o Photo Booth, do Mac OS.

YouTube TV: como usar interface de televisão no PC

A mudança não vai afetar os aplicativos móveis do YouTube. Nas versões para celulares e tablets, o app continuará permitindo a gravação e publicação de vídeos criados com as câmeras dos dispositivos.

Webcam pode ser acessada de forma indevida por hackers (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo) (Foto: Webcam pode ser acessada de forma indevida por hackers (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo))Vídeo capturado por webcam não poderá ser usado (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


A função que permitia a captura e upload do vídeo a partir da webcam via site do YouTube é construída em torno do Flash, da Adobe. Como o YouTube caminha para abandonar completamente essa tecnologia em favor do HTML5, a manutenção do serviço que, segundo o blog de suporte do YouTube é pouco usado, acabaria sendo muito onerosa.

O detalhe interessante sobre a aposentadoria da funcionalidade de captura e publicação via webcam no site do YouTube é que ela é uma das mais antigas da plataforma e remete ao período em que o Google assumiu o controle do YouTube, no ano de 2006.

Como fazer legendas em vídeos musicais? Comente no Fórum do TechTudo.

Via Support YouTube

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares