Drones

04/01/2016 10h56 - Atualizado em 04/01/2016 10h56

Patente mostra que Twitter pode lançar seus próprios drones no futuro

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O Twitter registrou um projeto referente a um drone ligado à rede social no começo de 2015. Segundo a documentação da patente, o aparelho seria capaz de postar conteúdos na rede automaticamente e poderia ser controlado a partir de interações realizadas dentro do microblog. Em entrevista ao site CNBC, um porta-voz da rede social deu a declaração “selfies via drones”, que revela intenções por trás do projeto.

Youtube ao vivo: Como fazer transmissões de vídeos em tempo real

Com a integração com o Periscope, um drone próprio do Twitter poderia operar como uma câmera interativa para a transmissão ao vivo, permitindo que usuários da rede participassem da criação do conteúdo.

Zano Drone (Foto: Divulgação)Trending Topics podem ativar voo de drones para locais com muitos tuítes (Foto: Divulgação/Zano Drone)


O documento que explica a ideia apresenta um equipamento que, mais do que um gerador de selfies aéreo, poderia ser usado para criar novas formas de interação entre os usuários do Twitter.

Qual melhor drone para comprar no Brasil? Comente no Fórum do TechTudo.

Um exemplo disso é a possibilidade de permitir que aspectos do voo, como direção e altitude, sejam controlados via engajamento na rede social: um volume específico de tuítes (um trend topic local), poderia fazer com que o drone voasse em determinada direção, por exemplo.

A patente explica que o aparelho poderia contar com uma tela e microfone próprios para que sua performance como câmera se tornasse ainda melhor. Embora rumores sobre a possibilidade de um drone do Twitter já tenham surgido no passado, vale lembrar que a existência da patente não confirma o desenvolvimento do produto.

Via Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares