Impressora 3D

23/02/2016 06h00 - Atualizado em 23/02/2016 06h00

Scanner 3D usa Arduino e pode ser montado com peças impressas

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O Cowtech Ciclop é um scanner 3D desenvolvido no formato open source a partir de uma placa Arduino. O conceito de fabricação visa baixar custos e tornar a tecnologia bastante acessível, já que scanners tridimensionais comercializados atualmente podem custar caro. De acordo com os criadores, qualquer usuário poderá montar o aparelho com as peças do kit ou impressas em casa. 

Impressora 3D: conheça modelos da linha Cube e veja preços no Brasil

Apresentado com grande sucesso no Kickstarter, o projeto precisou de poucas horas para atingir a meta de arrecadação. O Ciclop é vendido em um kit formado por lasers, motores elétricos para rotacionar peças em análise, webcam, Arduino, peças em acrílico impressas em 3D, uma placa Uno, cabo USB e fonte de energia.

Scanner 3D promete ser alternativa mais acessível em termos de preços aos concorrentes profissionais (Foto: Divulgação/Cowtech)Scanner 3D promete ser alternativa mais acessível em termos de preços aos concorrentes profissionais (Foto: Divulgação/Cowtech)

Os scanners 3D funcionam emitindo um feixe de lasers na direção do objeto do qual o usuário deseja extrair as formas. Uma câmera capta os pontos em que os raios encontram o objeto e mapeia a localização espacial. Assim, um software usa as coordenadas para unir cada um dos pontos, criando um arquivo digital tridimensional que pode ser usado para edição em softwares específicos, como a suíte CAD, ou usado para impressão 3D.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Segundo os idealizadores do projeto, o Ciclop tem resolução de 0,5 mm, tempo de escaneamento ajustável entre dois e oito minutos e capacidade de analisar as formas de objetos que caibam na área de 20,0 x 20,5 cm. Completamente open source, o aparelho também permite que modificações de hardware e software sejam desenvolvidas por usuários mais avançados.

Quem comprar o produto na forma de kit terá de montar o dispositivo. No entanto, os desenvolvedores garantem que o processo não é complexo e requer apenas 30 minutos para ser concluído. Como alternativa, é possível usar impressoras 3D para criar peças substitutas àquelas enviadas com o kit.

À direita, um exemplo de objeto impresso a partir do escaneamento do original, realizado com o Cowtech Ciclop (Foto: Divulgação/Cowtech)À direita, um exemplo de objeto impresso a partir do escaneamento do original, realizado com o Cowtech Ciclop (Foto: Divulgação/Cowtech)

No momento, interessados no produto podem adquirir o kit mais básico por US$ 79 (R$ 320), valor bastante inferior ao cobrado por alguns scanners, que podem custar até US$ 800. Os inventores do Ciclop prometem enviar o produto para o Brasil e as entregas começam no mês de abril.

Via Kickstarter

Para que serve uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares