Fabricantes

20/03/2016 07h00 - Atualizado em 14/03/2018 14h44

Quick Charge: saiba como funciona e veja quais celulares são compatíveis

Gabriel Ribeiro
por
Para o TechTudo

O Quick Charge é uma tecnologia proprietária da Qualcomm que tem se tornado cada vez mais popular em celulares. Com baterias de maior capacidade lançadas a cada ano, o recurso é bastante útil, já que permite carregar uma porcentagem considerável em pouquíssimo tempo. A promessa, nas versões mais recentes, é ter cinco horas de autonomia em apenas cinco minutos com o smartphone ligado à tomada.

A seguir, entenda melhor como funciona o Quick Charge, incluindo as diferenças entre as gerações, e veja alguns dos principais smartphones que trazem o recurso.

Xperia X (Foto: Ana Marques/TechTudo)Xperia X conta com Quick Charge 2.0 (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Bateria do celular dura pouco? Lista traz opções de carregador portátil


O que é o Quick Charge?


O Quick Charge foi desenvolvido pela Summit Microeletronics, uma empresa incorporada à Qualcomm em 2012. A primeira versão, o Quick Charge 1.0, foi lançado oficialmente em 2013.

A ideia por trás do Quick Charge é oferecer uma carga maior ao telefone de uma forma segura, sem danificar os componentes internos do aparelho. Para isso, o recurso é gerenciado pelo processador em conjunto com o carregador. Eles trabalham para identificar qual é a carga máxima que o smartphone pode receber sem que ocorra qualquer tipo de dano.

Os carregadores comuns trazem cerca de 5 V de tensão e uma corrente entre 0.5 A a 1 A, gerando uma potência de cerca de 5 W. No Quick Charge, os valores podem superar 20 V com uma potência ultrapassando 36 W, dependendo da geração.

Galaxy S7 e S7 Edge contam com Quick Charge 2.0 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo) (Foto: Galaxy S7 e S7 Edge contam com Quick Charge 2.0 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo))Galaxy S7 e S7 Edge contam com Quick Charge 2.0 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)



Vale deixar claro que é necessário que todos aparelhos envolvidos no processo sejam compatíveis com o Quick Charge. Ou seja, se um smartphone é carregado junto a um acessório que não traz o suporte à tecnologia, o aparelho vai carregar normalmente, mas não na velocidade prometida pelo carregamento turbo. O mesmo vale para um smartphone sem suporte que seja plugado a um carregador Quick Charge.

Outras empresas também apostam em carregamento rápido próprio, como é o caso da OnePlus e o Dash Charge; e a Motorola e o turbopower. Ou seja, mesmo que um smartphone traga um chip da Qualcomm, a fabricante pode optar por uma tecnologia própria de carregamento ou, até mesmo, nem inserir esta especificação, já que são necessárias adaptações de hardware.


Evolução do Quick Charge


Desde quando foi lançada, a tecnologia por trás do Quick Charge tem evoluído bastante. Além do aumento de carga, a Qualcomm inclui o uso de algoritmos que calculam desde a tensão até mesmo a temperatura, tudo para garantir que o carregamento mais rápido não comprometa o hardware do smartphone.

Quick Charge 1.0

O Quick Charge 1.0 veio para revolucionar a forma como um celular é carregado. A promessa era ser até 40% mais rápido do que outros modelos sem a tecnologia lançados em 2013. A tecnologia trabalha em uma voltagem de 5 V e uma potência máxima de 10 W.

A seguir, veja modelos que contam com o Quick Charge 1.0:

 SamsungLG Motorola Nokia Sony  Xiaomi
Galaxy S3Nexus 4Atrix HD LTELumia 820Xperia SX SO-05D Mi 2
Galaxy Tab 2 10.1 (LTE)Optimus GRAZR HDLumia 920Xperia VL SOL21 -
Galaxy Tab 2 7.0 (LTE)Optimus RegardRAZR MLumia 822Xperia T -
Galaxy Tab 7.7 PlusOptimus LIFE L-02E-Lumia 920TXperia TL -



Quick Charge 2.0

O Quick Charge 2.0 trabalha de uma forma diferente, em três níveis de voltagem (5 V, 9 V e 12 V) e uma potência máxima de 24 W em entradas micro USB e até 36 W para aparelhos com USB-C. A promessa é carregamento até 75% mais rápido em relação aos carregadores padrão.

A seguir, veja a lista com celulares que contam com Quick Charge 2.0:



Quick Charge 3.0

Em torno de 38% mais rápido do que o Quick Charge 2.0, a versão 3.0 traz a promessa de carregar 80% de um celular em apenas 35 minutos. A tecnologia trabalha em voltagens variáveis de 3,6 V a 20 V e uma potência máxima em torno de 36 W. Esta versão estreia o INOV (Intelligent Negotiation for Optimum Voltage), que permite o aparelho definir a potência em tempo real e de forma fracionada, para garantir uma melhor eficiência.

Veja, abaixo, celulares que contam com Quick Charge 3.0:

 LGAsus Xiaomi 
LG G5 Zenfone 3 Deluxe Mi 5 / 5S / 5S Plus
LG G6  - Mi 6
LG V20 - Mi Max / Max 2
LG V30  - Mi Note 2 / Note 3
 - - Mi Mix / Mix 2





Quick Charge 4.0 e 4.0+

O Quick Charge 4.0 foi lançado em 2016. Ele traz uma série de evoluções em relação a versão anterior, com um INOV aprimorado. A geração traz o Dual Charge, que divide o carregamento em duas partes para uma melhor eficiência, além de trazer controles de temperatura. Tanto o carregador quanto o celular trazem sensores para o monitoramento de calor. A promessa é que em cinco minutos o celular tenha carga suficiente para funcionar por cinco horas. 

O Quick Charge 4+, apresentado em 2017, traz algumas melhorias de temperatura, proteção extra contra curto da porta USB. Ele promete carregar a bateria até 15% mais rápido do que a versão 4.0.

A tecnologia foi introduzida junto com o Snapdragon 835, mas não foi adotada por muitas fabricantes. Apenas o Nubia Z17 e o Razer Phone estão na lista de aparelhos habilitados pela Qualcomm.

Quais são os prós e contras da bateria removível do LG G5? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Vinicius Reis
    2016-07-26T16:37:00  

    moto g3 nao e compativel ?

    recentes

    populares

    • Vinicius Reis
      2016-07-26T16:37:00  

      Moto G3 turbo edition

    recentes

    populares

    • Vinicius Reis
      2016-07-26T16:37:00  

      moto 3 é ultrapassado.

  • Lucas Renan
    2017-05-09T20:49:40  

    Moto G5 é compatível com o Quick Charge 3.0? Ele tem o SnapDragon 430

    recentes

    populares

    • Lucas Renan
      2017-05-09T20:49:40  

      se tratando de um top de linha com certeza ele tem, pois em um top de linha eles normalmente utilizam todos os recursos do processador.

  • Vanderlei Aparecida
    2017-06-01T08:25:05

    comprei um carregador turbo motorola e coloquei para carregar o meu Zenfone 2, demorou 25 minutos para carregar 4%. Será que deve haver alguma incompatibilidade.

  • Eudemar Santos
    2017-05-08T22:09:59

    Para se ter noção, podem fazer um teste cronometrado no seu aparelho usando seu carregador convencional de 1a, samsung por exemplo, o tempo de 5 minutos carrega apenas 1%. Abraços.

  • Elias Souza
    2017-02-23T16:44:59

    usei esse carregador(TURBO) da motorola no meu Nokia Lumia 820 e fiquei impressionado com a velocidade da carga, mesmo jogando ele consegue carregar muito rápido, será que meu Smartphone (2014) possui tal tecnologia?

  • Marcos
    2017-01-01T22:12:13

    Olá. Sentei sem querer em cima da porta pequena do meu carregador Fast Charging( Quick Charging) e gostaria de saber se o carregador deixou de ser fast charging ou ficou lento, não sei. Podem me responder ?

  • Marcelo Reis
    2016-09-28T12:06:57  

    pode carregar o moto g3 com o carregador turbo power super caralha do moto g4 ???

    recentes

    populares

    • Marcelo Reis
      2016-09-28T12:06:57  

      Só p Moto G3 turbo

  • Erisson Gambetta
    2016-11-14T23:31:37  

    Funciona em iPhones? Tá tá, eu sei quê a entrada do carregador é USB e a dos iPhones são lightning, mas esse não é o problema. O quê quero saber é: Se eu colocar um adaptador de lightning para USB e colocar essa carregador no meu iPhone, o "serviço" funcionará normalmente?

    recentes

    populares

    • Erisson Gambetta
      2016-11-14T23:31:37  

      Apenas para celulares com processadores Qualcomm

  • Dyémerson Xavier
    2016-06-07T17:58:39  

    Meu S7 Edge, carrega até que rápido, creio que em menos de 1 hora! Além de uma ótima duração da bateria no decorrer do dia!

    recentes

    populares

    • Dyémerson Xavier
      2016-06-07T17:58:39  

      Ao meu ver uma "ótima" duração de bateria teria que durar mais do que 1 dia, 1 dia é razoável...

  • Biel Hoff
    2016-08-25T22:06:34

    moto g4 plus vai de 5% à 50% em cerca de 15 minutos... 80% em 35 minutos, mas pra carregar totalmente leva no total 2 horas... isso desligado ou modo avião...testei ontem A bateria dura razoavelmente..

  • Ily Santana
    2016-08-09T16:35:19

    Tenho um L90 ele é Qualcomm MSM8226 Snapdragon 400, serve?

  • Marcleide Pereira
    2016-07-14T22:15:42

    Queria saber se posso usar o carregador turbo no samsung j7? ? Fui em uma loja e me venderam ele me falando que era próprio pro ju e carregava mas rápido.

  • Nara Martins
    2016-03-20T14:27:48  

    O meu Sony M4 Aqua carrega em até uma hora. Não vejo necessidade.

    recentes

    populares

    • Nara Martins
      2016-03-20T14:27:48  

      O meu z2 carrega em 50 minutos,,, o problema é q descarrega na msm velocidade kkkkkkkkkkkkkkk

    recentes

    populares

    • Nara Martins
      2016-03-20T14:27:48  

      Nara Martins eu também possuo um m4 aqui e não consigo carregar nesse tempo, qual carregador você usa?

  • Pedro Drummond
    2016-03-21T02:44:13

    Legal. Mas sugiro ao Techtudo que passe a usar os termos corretos: tensão e corrente, em vez de "voltagem" e "amperagem".

  • Bruno Augusto
    2016-03-21T00:37:42

    esse techtudo só fala asneira

  • Ideraldo Amorim
    2016-03-20T17:08:44

    Esqueceram o Moto Maxx, apesar do aparente abandono deste aparelho por parte da Motorola /Leno o.

  • Colorado Sul
    2016-03-20T15:59:30

    Meu Moto X 2 com o Turbo Charger carrega em 80% em 40min. Um dos muitos recursos q me faz adorar ele. Me livrei do Samsung...

  • Rômulo
    2016-03-20T14:40:45

    faltou o zenfone 2 q carrega 70% em 30 minutos