Sistemas Operacionais

14/04/2016 12h06 - Atualizado em 14/04/2016 14h09

Google Chrome abandona Windows XP e Windows Vista e fica mais rápido

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

Google lançou nesta quarta-feira (13) o Chrome 50, mais nova versão do navegador mais usado do mundo. A principal novidade desta build estável é a velocidade e a ausência de suporte para os sistemas Windows XP e Windows Vista. Em outras palavras, se você ainda usa um destes dois sistemas, você não poderá usar a 50ª versão do Chrome no seu PC.

Google encerra Chrome App Launcher para Mac, Windows e Linux

Além disso, para os usuários Apple, é importante lembrar que as versões OS X 10.6 Snow Leopard, OS X 10.7 Lion e OS X Mountain Lion (10.8) também não contam mais com o suporte ao Chrome, ficando assim estagnados na versão 49 do navegador.

Chrome chega a versão 50 (Foto: Divulgação/Google) Chrome chega a versão 50 mais rápida e sem suporte ao Windows SP e Windows Vista (Foto: Divulgação/Google)

Logicamente, os usuários do Windows XP e Vista, bem como das versões anteriores do Mac OS X, poderão continuar usando as versões anteriores do Chrome. Entretanto, qualquer outra atualização, correção de segurança ou novas funcionalidades não irão mais chegar aos usuários de tais sistemas.

Essa novidade pode impactar especialmente  computador corporativos, que, por diversas questões, ainda precisam usar versões antigas do Windows. Como atualmente os navegadores são uma grande porta de entrada para malwares e invasores, é sempre bom  mantê-los atualizados e com as últimas correções de segurança instaladas. Caso contrário, os dados dos computadores ficam mais vulneráveis e podem ser interceptados por hackers.

Qual é o melhor navegador de Internet da atualidade? Comente no Fórum do TechTudo.

Google Chrome mais rápido

Como de praxe, a nova versão do navegador trouxe várias correções de segurança e melhorias de estabilidade. Porém, o navegador do Google recebeu novas funcionalidades. As notificações do navegador foram melhoradas e agora estão mais personalizáveis.

Os sites que implementarem o sistema de "push" agora terão mais informações sobre os usuários, como por exemplo, quando ele fecha a notificação e se ele clica para abrir a matéria. As notificações também podem enviar alertas, por meio de sons ou vibrações.

Uma outra novidade é o pré-carregamento de páginas aprimorado. Os sites passam a contar agora com o link “rel=’preload”. Esse link assegura que todos os elementos da página sejam pré-carregados, aumentando a rapidez com que elas são renderizadas pelo navegador e apresentadas completas ao usuário.

Infelizmente, uma novidade que ainda não chegou ao Chrome de forma oficial foi o Material Design, que agora permeia toda a linguagem visual do Android. Espera-se que ele seja aplicado na versão 51 do Chrome.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • João Silva
    2016-04-14T19:04:38

    Eu discordo! Infelizmente o Chrome esta cada vez mais parecido com o IEca do passado! Eu acho o Firefox bem mais leve e rápido!

  • Andre
    2016-04-14T12:33:29  

    Windows X ???? Tá errado na chamada da matéria....... padrão estag !

    recentes

    populares

    • Andre
      2016-04-14T12:33:29  

      Windows X??? Só pra ganhar cliques né???

    recentes

    populares

    • Andre
      2016-04-14T12:33:29  

      eu entrei exatamente por causa do Windows X......... já trocaram a chamada lá fora, mas o título aqui continua errado........

  • Eduardo Fp
    2016-04-14T13:36:43

    Para quem quiser usar o Chrome 52, a versão dev e instável , pesquise por "Google Chrome Canary"