Câmera

12/05/2016 07h00 - Atualizado em 12/05/2016 07h00

Veja dicas de como fotografar um céu estrelado

Daniele Starck
por
Para o TechTudo

Fotografar estrelas não é algo tão simples quanto parece. Mesmo que você esteja em um local favorável para isso, pode não conseguir captar a beleza do momento sem um bom equipamento e um pouco de técnica.

Como usar uma lente macro para fotografar flores e insetos

Confira a lista a seguir com dicas para conseguir belas imagens de um céu estrelado. Os passos podem ajudar no registro de detalhes que vão além do que o olho humano é capaz de visualizar. Para o procedimento, o equipamento e a configuração da câmera são essenciais.

Céu estrelado (Foto: Reprodução/Pixabay)Aprenda a fotografar o céu estrelado com uma DSLR ou câmera compacta (Foto: Reprodução/Pixabay)

1. O equipamento

Para a astrofotografia, você precisa de uma câmera DSLR ou uma boa câmera compacta com modo manual, além de um tripé. Essa é a combinação de material que vai permitir o melhor registro.

Uma boa câmera e um tripé são essenciais para registrar os momentos (Foto: Daniele Starck/TechTudo)Uma boa câmera e um tripé são essenciais para registrar os momentos (Foto: Daniele Starck/TechTudo)

2. O ambiente perfeito

Para registrar um céu estrelado, além de uma noite limpa e sem nuvens, o ideal é buscar um local com pouca iluminação artificial. A praia, uma chácara, montanhas ou qualquer lugar que fique longe da luz urbana é essencial, já que esse tipo de iluminação pode ofuscar as pequenas estrelas. Além disso, é recomendado evitar noites de lua cheia, já que é outro ponto de luz muito forte.

3. A configuração da câmera

Cada câmera, lente e ambiente podem pedir um tipo específico de configuração. O que você precisa é trabalhar abertura, ISO e, principalmente, velocidade do obturador para conseguir a imagem perfeita.

O ideal é usar as lentes com um bom ângulo de abertura, entre 50 mm e 18 mm de distância focal. O ISO não pode ser muito alto para a imagem não ficar com muito ruído e a abertura deve estar em um número médio, não sendo necessário utilizar a abertura máxima.

Posicione a câmera sobre o tripé e tente alguma dessas combinações:

- ISO entre 400 e 800 e a abertura entre f/5.6 e f/8

- para a distância 18 mm, variar a captura entre 30 e 40 segundos

- para a distância 28 mm, 20 segundos

- para 50 mm, o ideal é não passar de 10 segundos

Brinque com as configurações da câmera (Foto: Daniele Starck/TechTudo)Brinque com as configurações da câmera (Foto: Daniele Starck/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Lembre-se que as estrelas estão sempre em movimento. Portanto, se você deixar a velocidade do obturador muito lenta, pode ter estrelas borradas — o que também cria um efeito muito interessante.

4. O momento da foto

Com uma velocidade de captura mais demorada, qualquer movimento sobre a câmera pode fazer com que a imagem fique borrada, e não queremos isso. Por esse motivo, indicamos que você utilize um controle remoto para acionar o disparador e evitar, assim, qualquer impacto.

Caso você não tenha o controle, é possível utilizar o temporizador da câmera, colocando 2 ou 10 segundos para que a máquina dispare automaticamente, sem precisar colocar o dedo no botão principal e causar danos irreparáveis na sua foto.

Canon ou Nikon, qual a melhor câmera abaixo de R$ 1 mil? Comente no Fórum do TechTudo

Pronto. Com essas dicas simples você pode registrar os mais diferentes céus estrelados e criar imagens incríveis. 

Fotos no campo são as mais indicadas (Foto: Reprodução/Pixabay)Fotos no campo são as mais indicadas (Foto: Reprodução/Pixabay)


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares