Celular

10/06/2016 06h00 - Atualizado em 13/06/2016 11h42

Xperia XA: veja as vantagens e desvantagens de comprar o celular no Brasil

Luciana Maline
por
de São Paulo*

 O Xperia XA pousou no Brasil na última quinta-feira (9) pelo "salgado" valor de R$ 1.799. O preço de chegada, além do esperado após o lançamento no MWC 2016, promete compensar no visual elegante, um conjunto de câmeras sedutor para um intermediário e uma bateria que se propõe a não decepcionar em uso diário. 

Testamos o Xperia X e o Xperia XA, os quase-tops da Sony do MWC

Além disso, o celular ainda sai de fábrica com a versão mais recente do Android, que rodou um pouco mais lento do que o esperado durante os testes, em um processador MediaTek octa-core de 2.0 GHz. O TechTudo esteve com o smartphone em mãos durante o evento de lançamento da Sony em São Paulo. Com base no custo-benefício e de olho nos concorrentes, como os populares Moto G 4 Plus e o Galaxy J7, listamos motivos para comprar e não comprar o aparelho. Confira. 

Veja nossas primeiras impressões do Xperia XA, durante o MWC 2016. 

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Vantagens do Xperia XA

- Visual premium para um intermediário 

O Xperia XA é um celular que, à primeira vista, agrada os olhos. Apesar de intermediário, o smartphone da Sony manteve o design elegante e resistente dos tops de linha, o Xperia Z5 e Xperia Z5 Premium, e o irmão da linha, o Xperia X.

O aparelho é formado por um corpo retangular com bordas levemente arredondadas, que facilita muito na hora de segurar e usar até com uma mão. Ele ainda conta com um visor de vidro curvo, sem moldura, que dá a impressão de unidade ao telefone, com a traseira e a frente da mesma cor. Além de bonito, o celular tem "peso de pluma". Com 137,4 gramas, ele é mais leve do que Moto G 4 Plus, Lenovo Vibe A7010 e o Galaxy J7, e não incomoda na hora de usar. 

Xperia XA é bem fino e leve  (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Xperia XA é bem fino e leve (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

O conjunto de medidas conta com 142,7 mm x 69,4 mm, o que faz dele um celular grande, mas, que cabe no bolso. A Sony ainda garante que este é o "smartphone com tela de 5" mais estreito do mundo”. Em um primeiro contato, ele também parece mais resistente do que Xperia X ou os irmãos da linha Xperia Z. O conjunto corpo+display não parece extremamente sensíveis ao atrito e arranhões, o que aumenta a vida útil do aparelho.

Traseira do Xperia XA (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Traseira do Xperia XA (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

- Conjunto de câmeras "profissional"

O conjunto de câmeras costuma ser uma especificação digna de se olhar nos aparelhos da Sony. A principal conta com um zoom digital de até cinco vezes, apesar de as imagens ficarem bem granuladas e com pouca nitidez em ambiente noturno, por conta dos 13 megapixels. Para compensar esse acidente de percurso, o sensor Exmor RS de 1/3” promete dobrar a sensibilidade luminosa.

Realmente, as fotos são claras mesmo em ambiente de pouca luz, mas pecam no contraste e na nitidez. Para fotos em movimento e vídeos, ela ainda conta com um autofoco preditivo, que a Sony promete “prever os movimentos antes deles acontecer”. No conjunto, ainda é possível usar o recurso do HDR e tirar fotos panorâmicas. No geral, o resultado fica bem honesto para um celular intermediário.

A câmera do Xperia XA é uma das vantagens do aparelho (Foto: Luciana Maline/TechTudo)A câmera do Xperia XA é uma das vantagens do aparelho (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

A cereja do bolo mesmo fica por conta da câmera frontal, que pode ser usada para selfies. Ela tem 8 MP, conta com foco automático e HDR e sensor de 1/4”. Ambas fazem vídeos em Full HD. 

Além disso, a câmera ainda pode ter acionada por um botão na lateral, o que a deixa facilmente acessível na hora de fotografar o cotidiano. Fácil de localizar, leve no uso e em um lugar bem oportuno, já que induz a uma pegada segura da câmera e evita fotos e vídeos mais tremidos. 

Câmera frontal do Xperia XA tem 8 megapixels (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Câmera frontal do Xperia XA tem 8 megapixels (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

- Bateria durável 

A bateria também promete ser um fator a ser levado em conta na hora de comprar o Xperia XA. Apesar de não ser possível conferir o comportamento da bateria em uso prolongado nos primeiros testes, o smartphone não esquentou mais do que o esperado, mesmo com apps em segundo plano e uso da câmera para fotos e vídeos.

Ela conta com 2.300 mAh, o que parece uma desvantagem em termos numéricos. Porém, a Sony garante dois dias de uso para usuário moderado. Para prolongar o uso, ela ainda vem com a tecnologia Qnovo de carregamento adaptativo, que garante mais tempo de uso e maior vida útil a bateria. A fabricante ainda garantiu ao TechTudo que o smartphone possui tecnologia de carregamento rápido. Assim, para uma recarga de 10 minutos, é possível usar a bateria por até 5h 30 minutos.

A bateria do Xperia XA promete dois dias de uso (Foto: Luciana Maline/TechTudo)A bateria do Xperia XA promete dois dias de uso (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Desvantagens do Xperia XA

- Preço superior ao da concorrência

Em um giro pela concorrência no mercado dos intermediários, é possível destacar o Moto G 4 Plus, da Motorola (empresa da Lenovo), que conta com um processador Snapdragon 617 octa-core de 1,5 GHz , 2 GB de RAM, tela Full HD de 5 polegadas e roda Android mais recente. Tudo isso por R$ 1.499. 

Já o Galaxy J7, da Samsung, vem com um processador Snapdragon 615 octa-core de 1,5 GHz, tela em HD de 5,5 polegadas, mas o Android que vem de fábrica é  5.1 Lollipop, que ainda vem com alterações e interface personalizada da fabricante. Ele sai por R$1.499.

Para engrossar o bolo, ainda é possível encontrar o Lenovo Vibe A7010 por R$ 1.299, que conta com processador octa-core da MediaTek de 64 bits, 2 GB de RAM e tela Full HD de 5,5 polegadas. O Android é 5.1 (Lollipop)

Na mesma balança, o Xperia XA vem com uma ficha técnica que conversa bem com os irmãos da categoria. No interior, o celular conta com um processador Mediatek MT6755 octa-core de 2.0 GHz e 2 GB de RAM. A tela é HD, inferior ao do Moto G 4 e equivalente ao do J7. Ela ainda apresenta desvantagem na densidade de pixels para uma telona (294 ppi) , apesar de não ter mostrado grandes diferenças durante os testes, diante da qualidade do IPS LCD do display. 

O valor, no entanto, é um pouco mais saldado do que a concorrência, saindo por R$ 1.799, para a versão de 16 GB. Ele não chegou à prova d’água, uma característica que costumava ser bem sedutora nos celulares da Sony da linha Z. 

- Desempenho mais lento

O Xperia XA sai da loja já com Android é 6.0 Marshmallow, versão mais recente do sistema do Google, que roda em um processador Mediatek MT6755. Porém, com o celular na mão por algum tempo, o casamento sistema + processador não parece ser dos mais bem sucedidos em desempenho.

Xperia XA tem visual premium  (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Os apps demoravam mais para abrir no Xperia XA  (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Os aplicativos demoravam um pouco além do esperado para abrir e os comandos também não responderam imediatamente, inclusive no uso da câmera fotográfica. A câmera ainda conta com o recurso Quick Launch, que promete acesso em 5 segundos, mesmo se você estiver em qualquer outra tela. Na prática, ela demorou um pouco mais do que o previsto não só na abertura do app, mas no clique.        

- Não tem sensor biométrico

Outra desvantagem do Xperia XA é que ele não apresenta sensor de digitais, uma característica presente no Moto G 4 Plus, que é mais barato, e no Xperia X, lançado no mesmo dia, no MWC 2016. 

A vantagem é basicamente a segurança e o controle de acesso no desbloqueio do dispositivo, já que o recurso funciona com a leitura da impressão digital do proprietário. Além disso, ele oferece praticidade e rapidez, em comparação ao tempo de digitar senhas.

Por que os aparelhos Sony não aceitam outros fones? Descubra no Fórum do TechTudo

O Xperia XA está disponível nas lojas a partir do dia 15 de Junho. Ele ainda apresenta variedade de cores: há modelos em rosé, amarelo, grafite e branco. 

*A jornalista viajou a convite da Sony Mobile

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Ronaldo Galloni
    2016-06-12T01:57:53

    Sony nunca mais, comprei um m4 aqua só da problema esse foi o primeiro e o último.

  • Julio Souza
    2016-06-10T23:44:12

    1.899 , viajou na maionese.

  • Paulinho Gogo
    2016-06-10T23:15:47

    Isso de bater o moto g ja ta ficando chato,moto g ja foi batido.

  • Jose Cunha
    2016-06-10T19:02:31

    O pior de tudo é ser Sony. O atendimento desta empresa ao consumidor é de péssima qualidade.

  • Wellington Loureiro
    2016-06-10T11:20:58

    O que mata nem é não ter o sensor biométrico, isso é o de menos, o que realmente me intriga é que está cada vez mais difícil encontrar intermediários com giroscópio, isso sim na minha humilde opinião é essencial.