Impressora 3D

16/08/2016 06h00 - Atualizado em 16/08/2016 06h00

Inventor cria mini NES com cartuchos usando Raspberry Pi e impressora 3D

Filipe Garrett
por
Para TechTudo

Uma das aplicações mais recorrentes do Raspberry Pi é o uso da placa em emulação de videogames antigos. O inventor britânico Daftmike criou um case em impressora 3D que imita as formas e características do NES (ou “Nintendinho”, como ficou conhecido no Brasil), reproduzindo o console de 8 bits dos anos 1980 em escala e em proporções que chegam a 40% do tamanho do original. Não satisfeito com a reprodução do console em 3D, o britânico também desenvolveu projetos para pequenos cartuchos, que podem ser introduzidos no aparelho, além de controles.

Raspberry Pi 3 ganha suporte integrado a Wi-Fi e Bluetooth

O NESPi (como foi batizado) permite que os cartuchos sejam inseridos para rodar os respectivos games, promovendo uma funcionalidade retrô, inexistente na maioria dos consoles feitos a partir do microcomputador.

NESPi tem todos os detalhes do Nintendinho original reproduzidos em escala (Foto: Divulgação/Daftmike)NESPi tem todos os detalhes do Nintendinho original reproduzidos em escala (Foto: Divulgação/Daftmike)


Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Para entender porque o NESPi é tão interessante, é preciso saber como um Raspberry Pi opera. Suponha que você siga nosso tutorial sobre como construir um console com a placa: todos os jogos carregados no sistema rodarão a partir de um cartão microSD. Para abrir um game, é necessário ligar o Raspberry Pi, conectar o controle e selecionar o título desejado numa lista via interface gráfica, da mesma forma como seria feito em um videogame atual, como o Playstation 4.

Case não apenas abriga o Raspberry como oferece recurso de leitura de cartuchos via NFC (placa marrom na tampa branca à direita) (Foto: Divulgação/Daftmike)Case não apenas abriga o Raspberry, como oferece recurso de leitura de cartuchos via NFC (placa marrom na tampa branca à direita) (Foto: Divulgação/Daftmike)

A solução de Daftmike permite que, ao colocar os cartuchinhos no interior do case, o Raspberry identifique o respectivo game, carregando o título imediatamente, dispensando o método mais moderno e dando ao NESPi uma pegada retrô muito mais interessante.

Cartuchos servem para acionar os jogos e reproduzem fielmente os originais (Foto: Divulgação/Daftmike)Cartuchos servem para acionar os jogos e reproduzem fielmente os originais (Foto: Divulgação/Daftmike)

Isso foi possível usando a tecnologia NFC, muito usada em celulares: o cartucho de um jogo como o Mario Bros 3 tem uma assinatura digital única que é reconhecida pelo Raspberry no interior do case. Quando detecta que o cartucho foi inserido, o sistema carrega o jogo, salvo no cartão microSD (no fim das contas, os cartuchos não têm jogos, mas apenas o NFC card para serem reconhecidos pelo Raspberry).

Vale a pena comprar o raspberry pi 2? Comente no Fórum do TechTudo.

Assista o vídeo abaixo que mostra como tudo funciona:

Para quem ficou encantado com a ideia e entusiasmado para criar um NES retrô mais interessante que a versão oficial a ser lançada pela Nintendo no fim do ano, é possível fazer download dos arquivos STL criados pelo britânico no site Thingsverse (comunidade dedicada para o compartilhamento de modelos 3D para impressão) para realizar a impressão do case e dos cartuchos em casa.

Via 3DPrint, Daftmike, Thingsverse

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Juan Ribeiro
    2016-08-16T16:58:38  

    criativo!

    recentes

    populares

    • Juan Ribeiro
      2016-08-16T16:58:38  

      Educativo.