Internet

24/09/2016 08h00 - Atualizado em 24/09/2016 08h00

Blogger, WordPress, Tumblr ou Medium; qual a melhor plataforma?

Davi de Lima
por
Para o TechTudo

Na hora de escolher uma plataforma de blog para mostrar ao mundo o que tem a dizer, talvez o maior desafio seja saber qual delas possui as melhores ferramentas para suprir as necessidades do seu projeto — ou abrigam melhor o seu tipo de conteúdo. O Blogger, o WordPress, o Tumblr e o Medium oferecem os melhores recursos para publicações, ideais para uma grande variedade de conteúdo —  desde os mais simples aos elaborados. Saiba as principais características de cada uma destas plataformas e descubra qual é a ideal para publicar seu conteúdo.

Blogs WordPress hospedados fora também ganham segurança HTTPS

principalBlogger, Wordpress, Tumblr ou Medium; descubra qual é a melhor plataforma de blog para divulgar seu conteúdo (Reprodução/Davi de Lima)


Conheça as plataformas

O Blogger ou blogspot é mantido gratuitamente pelo Google e é uma das maiores plataformas para desenvolver blogs. Nela, o usuário pode criar números ilimitados de blogs com uma só conta e personalizá-los como quiser. Fora os temas gratuitos disponíveis dentro da própria plataforma, existem vários temas desenvolvidos para o Blogger disponíveis na internet. Além disso, o usuário ainda tem a opção de personalizar o design com seu próprio tema, pois a estrutura em HTML é livre para edição. O Blogger ainda conta com gadgets que ampliam as funcionalidades do blog – sem necessidade de alteração do código fonte –  e, como os temas, existe uma variedade disponível dentro da plataforma e pela internet.

WordPress é a mais popular plataforma de publicação online. Sua licença é open source e qualquer pessoa que deseja começar seu blog consegue usar o WordPress sem precisar de conhecimentos técnicos. A plataforma dispõe de uma comunidade com temas e ferramentas gratuitas exclusivas e, mesmo utilizando a versão free, o usuário consegue desenvolver um blog personalizado (apesar das limitações do plano).

O Tumblr é um serviço gratuito de blog, totalmente personalizável e disponível também em versão mobile. Com uma proposta que mescla blog e rede social, o Tumblr faz sucesso entre adolescentes e garante interatividade e dinamismo nas publicações. Por possibilitar postagens curtas, a plataforma caiu no agrado do público jovem e se tornou uma das mais usadas do mundo.

tumblr1O Tumblr é uma das plataformas de blog mais usada no mundo (Reprodução/Davi de Lima)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

O Medium oferece um serviço gratuito para publicação online e também possui versão mobile para Android e iOS. Com ferramentas fáceis de usar e um visual agradável, a plataforma foca na leitura limpa, ou seja, sem a interferência de objetos que tiram a atenção do texto. A sua característica de rede social garante a interação, permitindo seguir outros blogueiros, comentar, curtir e compartilhar publicações inteiras (ou trechos). Contudo, a plataforma do Medium ainda não está traduzido para o português.

medium1O Medium vem crescendo e se destacando entre as plataformas de blog apostando em uma interface focada na leitura de conteúdo (Reprodução/Davi de Lima)

Plataformas para publicar

A Plataforma de publicação do Blogger possui ferramentas tradicionais de edição e formatação de textos e opção para edição de HTML. Algumas funções que se destacam na hora de publicar conteúdo são: os marcadores (que possibilitam definir categorias com auxílio de um Gadget), a opção de programar data e hora para postagem, personalização de links, definição de localização e inserção de arquivos de várias fontes como computador, celular, o próprio blog, álbuns de fotos do Google, URL e YouTube.

blogger7O Blogger possui boas ferramentas para publicação de texto (Reprodução/Davi de Lima)

O WordPress tem um visual limpo, moderno e com cores de tonalidades suaves. As ferramentas de formatação de texto e edição de HTML não se diferem muito das do Blogger, contudo, os uploads de arquivos de vídeo e áudio só estão disponíveis nas versões pagas.

Na hora de criar e publicar textos, o WordPress tem vantagem em alguns pontos em relação ao Blogger e demais plataformas. As categorias do programa podem ser criadas antes e selecionadas no momento de desenvolver um texto, porém, também é possível criar uma nova categoria antes de publicar o conteúdo. No Blogger, é preciso usar marcadores e configurar um gadget específico para definir as categorias do blog.

No WordPress, existe a opção de exibir uma imagem destacada em cada postagem e ter o controle de exibição de botões de compartilhamento em redes sociais  –  que podem ser definidos em cada publicação. Além dessas funções, na área de edição de texto, é possível definir o formato do post como nota, galeria, citação ou link. Também é permitido inserir resumo da postagem, localização e programar o dia e a hora para publicação. Dentro do texto é possível inserir, com auxílio de uma ferramenta padrão, um formulário de contato, garantindo a possibilidade de ganhar assinantes para o blog.

wordpress5O Wordpress possui configurações mais avançadas para editar e publicar textos (Reprodução/Davi de Lima)

No Medium, as ferramentas de edição e formatação são ocultas e surgem de acordo com a ação de quem está usando a plataforma. Se o usuário escreve um texto e o seleciona, surgem as opções de formatação. Para inserir um arquivo de mídia, é preciso clicar numa área de edição de texto que esteja vazia e surgirá um ícone com as opções de uploads. As imagens são inseridas diretamente do computador e os vídeos podem ser inseridos a partir de URL externas como YouTube, Vine e Vimeo.

A opção de incorporar bloco de códigos (se bem aplicada) pode deixar a publicação interessante. Mesmo com ferramentas básicas para edição e formatação de texto, escrever no Medium é uma boa experiência tanto para iniciantes quanto para profissionais de conteúdo.

medium2A plataforma de publicação do Medium se destaca pela simplicidade e visual limpo (Reprodução/Davi de Lima)

O Tumblr é uma plataforma diferente das demais, o dashboard é semelhante a uma rede social, oferecendo maior interatividade com as publicações de outros blogueiros.

A forma de publicar também é diferente: antes de iniciar alguma postagem, é preciso definir o tipo de publicação e escolher se esta será texto, foto, citação, link, chat, áudio ou vídeo.  A área do tipo texto é similar ao do Medium, as ferramentas de formatação são ocultas e surgem de acordo com as ações do usuário  –  sendo possível inserir fotos do computador, vídeos de URL ou por incorporação em código de HTML. O maior destaque é a inserção de GIFs  disponíveis na própria plataforma. É possível escrever em HTML e em Markdown.

tumblr11O Tumblr oferece várias opções para publicar conteúdo (Reprodução/Davi de Lima)

Destaques das plataformas

O WordPress e o Blogger são bem completos em relação às ferramentas de edição de textos e configurações de postagens. Também possuem plataformas para edição de HTML mais liberais, dando ao usuário maiores possibilidades de criação de conteúdo. Contudo essa experiência é limitada em blogs gratuitos do WordPress.

O Medium e o Tumblr são as plataformas com interfaces mais limpas para escrever textos. As ferramentas de formatação não dispõem de muitos recursos, porém, isso não diminui a experiência de fazer boas publicações em ambas as plataformas.

O Medium tem uma proposta diferenciada das plataformas tradicionais de blog, o visual limpo não se limita somente à edição de texto. O leitor desfruta de uma agradável e confortável experiência de leitura. Outro destaque é a sua métrica (que não está focada somente na quantidade de acessos). O tempo de leitura dos artigos é a principal medida da plataforma e está sempre disponível no inicio de cada publicação. 

Domínio personalizado

O Blogger permite adicionar facilmente domínios personalizados, contudo não é possível comprar o domínio a partir da plataforma.

O WordPress permite o uso de domínio personalizado nos planos pagos. O usuário pode comprar o domínio pela plataforma ou adicionar um já existente.

Para usar um domínio personalizado no Medium, é preciso preencher formulário com informações solicitando a utilização do domínio.

O Tumblr permite o uso de domínio personalizado, porém, não é possível comprar o domínio através da plataforma e não permite certificado SSL. 

Ganhar dinheiro monetizando o blog

O Blogger é a plataforma mais aberta para monetizar blogs. É possível vincular a conta do Blogger com a do Adsense e exibir propagandas automaticamente. Além disso, é possível inserir blocos de propagandas de outras plataformas que ofereçam programas de afiliados e monetização em gadgets específicos e faturar com o blog.

blogger8O Blogger permite vincular a conta Adsense e publicar anúncios automaticamente (Reprodução/Davi de Lima)

O WordPress só permite monetizar o blog através de planos pagos e hospedados fora do servidor do Wordpress — se você usa a versão gratuita, não é possível. Quando hospedado dentro do Wordpress, mesmo usando um plugin para inserir o código do Adsense, por exemplo, o código é bloqueado e as propagandas não aparecem no blog. Além disso, no plano Free, o próprio WordPress pode exibir propagandas no blog, mas o proprietário não recebe por isso.

wordpress1O Wordpress não permite monetização no plano free (Reprodução/Davi de lima)

O Tumblr tem seu HTML aberto para personalização e permite inserir blocos de propagandas na área de edição de HTML do tema. Já o Medium possui plataforma restrita para edição de HTML, tanto para personalizar temas quanto para escrever artigos. Atualmente, está sendo testado um método de monetização para editores profissionais, mas por hora ainda não é possível ganhar dinheiro com anúncios dentro do blog. 

Interação com redes sociais

Todas as plataformas oferecem boas opções para compartilhar conteúdo nas redes sociais, incorporar blocos, links ou e-mail.

O Blogger tem um modelo padrão de opções para curtir e compartilhar, permitindo que o usuário compartilhe automaticamente suas postagens no Google+. Mas, como a plataforma do Blogger é bem aberta, o usuário pode adicionar seus próprios botões de compartilhamento.

No WordPress existe um plugin padrão para compartilhamento em redes sociais, via e-mail, Skype e WatsApp. Além disso, a configuração do plugin permite editar os botões de compartilhamento, ordená-los e escolher em quais lugares eles devem ser exibidos. A plataforma também possui uma ferramenta de conexão que compartilha, automaticamente, as novas postagens em todas as redes sociais conectadas ao blog – poupando tempo na hora de divulgar o conteúdo.

wordpress6O Wordpress permite compartilhar publicações automaticamente nas redes sociais (Reprodução/Davi de Lima)

O Tumblr oferece opções de compartilhamento entre as redes sociais Facebook, Twitter e Reddit. Entre outras formas de compartilhar conteúdo estão o envio por e-mail e incorporação –que pode ser compartilhado em qualquer lugar que aceite edição HTML. 

tumblr12Além das opções de compartilhamento, o Tumblr permite curtir, comentar e reblogar publicações (Reprodução/Davi de Lima)

O Medium dispõe das opções mais básicas de compartilhamento, não se estendendo além do Facebook e Twitter.

Como observado: o Blogger, WordPress, Tumblr e Medium possuem características próprias, sendo cada uma das plataformas a mais adequada para conteúdos distintos. Para assuntos mais descontraídos, compartilhar arquivos de mídia (sem se preocupar com textos bem elaborados) o Tumblr é o mais adequado. Para os amantes da leitura com o objetivo de escrever de modo artístico, o Medium é a melhor opção. Se a intenção é usar o blog para conteúdos mais elaborado, transmitir informação ou ganhar dinheiro, o Blogger ou WordPress, possivelmente, serão as melhores escolhas.

Como colocar fonte capitular em blog do WordPress? Descubra no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares