Câmera

04/09/2016 06h00 - Atualizado em 04/09/2016 06h00

Projeto usa caixa e lente macro para criar fotos com aspecto analógico

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Um fotógrafo desenvolveu um scanner ideal para digitalizar fotos em filme para versões digitais, poupando custos. Kun Xu usou uma caixa de sapatos como base, cola e fitas para fixar uma folha de Plexiglass (um tipo de acrílico), além de câmera, flash e lente macro para montar o projeto caseiro. Tudo funciona de forma bem simples e, segundo o inventor, o processo é ágil e os resultados são de alta qualidade, com a vantagem da economia.

Projeto de brasileiro transforma câmeras analógicas em digitais; entenda

O interessante do projeto de Xu, além da criatividade, são os resultados com aspecto analógico. Para capturar as fotos digitalmente é preciso iluminar o filme apoiado no acrílico com o flash e disparar a câmera. Segundo o fotógrafo, com os ajustes corretos para foco, tempo de exposição e flash, o processo de escanear um filme de 16 fotos leva apenas dois minutos.

À esquerda, o scanner caseiro completo, com caixa de sapato, tripé, disparador de flash e câmera com lente macro equipada (Foto: Divulgação/Kun Xu)Scanner caseiro completo e foto capturada com o projeto (Foto: Divulgação/Kun Xu)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Fotógrafos com grandes acervos de filmes podem se beneficiar da técnica porque, segundo Xu, o resultado permite obtenção de fotos digitais com aspecto analógico, já que a granulação de imagem, típica do uso de filmes, torna-se possível no processo caseiro.

Como a imagem gerada também depende da câmera usada no processo, ajustes e tratamento pesado torna-se viável em aplicativos como o Lightroom, ampliando o leque de possibilidades para quem deseja aproveitar para soltar a criatividade e ressaltar aspectos estéticos de fotos mais antigas.

A solução caseira de Kun Xu se coloca como uma opção muito mais em conta ao processo de revelação de fotos analógicas em digitais realizado por scanners profissionais. Um Epson Perfection V700, por exemplo, disponível no Brasil e com função de digitalização de fotos, pode sair por R$ 3.250. O PowerSlide 5000, scanner desenvolvido para profissionais que automatiza todo o processo de digitalização de filmes, não é vendido no Brasil e pode ser encontrado no exterior por US$ 950 (R$ 3.075, em conversão direta).

No vídeo abaixo, a partir de 2:55, confira o scanner em funcionamento. 

Via PetaPixel

Canon ou Nikon, qual a melhor câmera abaixo de R$ 1 mil? Comente no Fórum do TechTudo


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares